Prognósticos para Apostas Desportivas Online - Aposta Ganha

Corinthians vs Internacional – Copa Brasil

SUBSCREVER
19768
166.13
+0.84 %
UNIDADES INVESTIDAS
SALDO
ROI

Copa do BrasilO Internacional visita o Pacaembu em busca de um bom resultado para levar para o estádio do Beira-Rio no Rio Grande do Sul para que as chances de titulo não sejam ceifadas com uma péssima derrota no primeiro confronto. Sem dúvida o Internacional é a melhor equipe do futebol brasileiro até o momento no ano, foi campeã estadual invicta, na Copa do Brasil perdeu apenas 2 jogos, o primeiro contra o Rondonópolis na primeira rodada da Copa do Brasil e no último confronto diante do Coritiba fora de casa depois de ter vencido a equipe do Paraná por 3X1 no primeiro confronto da semifinal.

A equipe tem um elenco muito bom, um dos melhores do futebol brasileiros capaz de fazer reposições de titulares sem maiores implicações para a equipe principal. Isso ficou ainda mais comprovado com a ótima campanha que o time vem fazendo no campeonato brasileiro e que tem sido realizada majoritariamente com a equipe alternativa do Inter já que o time principal tem sido poupado para a Copa do Brasil que é o grande objetivo do semestre do clube.

E é o principal objetivo por dois motivos, a equipe comemora o centenário neste ano de 2009 e o desejo clube e diretoria é que no ano que vem o time volte a disputar e vencer a Taça Libertadores da América, e o titulo da Copa do Brasil dá vaga direta na Libertadores do ano que vem, além de ser o segundo titulo nacional mais importante do ano, só perdendo para o Brasileirão da série A.

A empolgação é tanta que todos os ingressos do jogo da volta já estão esgotados. O time do Internacional é um time muito técnico que aposta muito no toque de bola e no desequilíbrio que alguns jogadores fora de série da equipe podem trazem ao desenvolvimento do time. Durante o ano pudemos perceber dois tipos de atitude na equipe atuando em casa e sob os olhares de sua barulhenta torcida o time do Internacional assume como com uma marcação muito agressiva sobre o campo do adversário tentando afogar o adversário como um rola compressor, ocupando os espaços no campo do adversário e não dando nenhum minuto de tranqüilidade.

A equipe tem um meio campo em losango com Sandro na cabeça de área e Guinazu e Magrão formando o trio de volantes alternando a esquerda e direita, embora ambos sejam volantes voluntariosos que ocupam todos os campos do campo, ocupando a posição de número 1 da equipe fica D´Alessandro um meia canhoto genial que nunca se firmou na Europa, mas isto não diminui sua qualidade, o argentino tem ótimo passe, arma muito bem a equipe e bate faltas também. Porém, o argentino não irá atuar e em seu lugar entrará Andrezinho, que não tem o mesmo talento do argentino, mas é muito bom jogador e assim como o titular bate faltas de forma magistral.

No ataque temos Tailson, uma das maiores promessas atuais do futebol brasileiro, rápido, veloz e um ótimo finalizador o garoto alterna entre a direita e esquerda com Nilmar e flutua muito no setor ofensivo, mas prefere o setor esquerdo. O centroavante Nilmar dispensa maiores apresentação, leve, habilidoso e técnico, porém, servindo atualmente a seleção deverá ser substituído por Alexssandro que diferente de Nilmar é um jogador mais pesado e menos móvel, mais centroavante e menos atacante do que é o titular . Este tipo de tática que contando com jogadores como D´alessandro, Nilmar, Taison, e bons marcadores como Guinazu e Magrão tem sido bastante eficiente tornando o Beira Rio hoje uma obstáculo quase intransponível para os visitantes.

Mas fora de casa, nas últimas rodadas do Brasileiro principalmente pudemos observar um Inter Diferente atuando no contra ataque e aproveitando os erros do adversário e não apresentando nem de longe o mesmo volume de jogo que o time apresenta em casa onde joga como uma avalanche. Falou falar mais da defesa: O time começa com o bom goleiro Lauro, apesar de não ter sido destaque em nenhum grande clube brasileiro, apesar de ter passado pro alguns, ele se firmou de fato no Internacional e tem se apresentado com segurança a frente do gol da equipe, Kleber é o lateral esquerdo titular da seleção brasileira, mas em minha opinião a equipe ganha mais sem ele do que com ele atuando na equipe titular, será substituído por Danilo Silva.

Bolivar é o titular pela direita, mas não irá jogar e será substituído por Marcelo Cordeiro, ótimo lateral destaque do Vitória ano passado e que propiciara mais qualidade a frente ofensiva do que o titular que é mais um zagueiro que atua pela lateral.

Destaques Individuais

Indio

Zagueiro muito bom na bola aérea, o que o transforma num bom defensor, numa poderosa arma ofensiva na bola alçada na área no ataque da equipe principalmente na cobrança de escanteios e de faltas.

Magrão

Um batalhador. O volante Magrão é o primeiro esteio do setor defensivo da equipe e depois da sair desacreditado do Corinthians se recuperou no sul do País e hoje é um dos maiores destaques da equipe.

Guinazu

Volante que se tornou quase que instantaneamente um ídolo do clube. Voluntarioso, incansável, o volante é um dos melhores marcadores do Brasil, mas tem grande qualidade na saída de bola e chega bem no ataque.

Taison

Uma das maiores promessas do futebol brasileiro atual. Atacante muito rápido, driblador e ótimo finalizador. Em pouco tempo estará atuando na Europa devido a sua qualidade. Além de tudo é a principal arma da equipe no contra ataque.

Últimos jogos

Last 5 Home Internacional RS

14.06.2009 D1 Série A Internacional RS Vitoria BA 0-0
31.05.2009 D1 Série A Internacional RS Avai SC 2-1
28.05.2009 Cup Semifinal Internacional RS Coritiba PR 3-1
21.05.2009 Cup Quarterfinal Internacional RS Flamengo RJ 2-1
17.05.2009 D1 Série A Internacional RS Palmeiras SP 2-0

Last 5 Away Internacional RS

07.06.2009 D1 Série A Cruzeiro MG Internacional RS 1-1
04.06.2009 Cup Semifinal Coritiba PR Internacional RS 1-0
23.05.2009 D1 Série A Goias GO Internacional RS 0-1
14.05.2009 Cup Quarterfinal Flamengo RJ Internacional RS 0-0
10.05.2009 D1 Série A Corinthians SP Internacional RS 0-1

Caminho até a Final

Semifinal

Internacional RS* 3 – 2 Coritiba PR
04.06.2009 Coritiba PR 1-0 Internacional RS
28.05.2009 Internacional RS 3-1 Coritiba PR

Quartas de Final

Internacional RS* 3 – 2 Coritiba PR
04.06.2009 Coritiba PR 1-0 Internacional RS
28.05.2009 Internacional RS 3-1 Coritiba PR

Oitavas de Final

Nautico PE 0 – 5 Internacional RS*
07.05.2009 Internacional RS 2-0 Nautico PE
30.04.2009 Nautico PE 0-3 Internacional RS

Segunda Fase

Guarani SP 1 – 7 Internacional RS*
23.04.2009 Internacional RS 5-0 Guarani SP
09.04.2009 Guarani SP 1-2 Internacional RS

Primeira Fase

União Rondonópolis MT 1 – 2 Internacional RS*
04.03.2009 Internacional RS 2-0 União Rondonópolis MT
19.02.2009 União Rondonópolis MT 1-0 Internacional RS

O Corinthians é a equipe mais popular do estado de São Paulo e uma das maiores torcidas do País. O desafio da equipe paulista será levar para o Rio Grande do Sul uma vantagem que permita o time a administrar a pressão que o Internacional costuma infringir ao seu adversário no Beira Rio. O Corinthians é um time escolado na Copa do Brasil e sabe das dificuldades que um empate em casa ou um resultado pouco largo pode trazer de negativo.

Ano passado depois de vencer o Sport Recife em casa por 3X1, a equipe foi derrotada por 2X0 no Recife e acabou perdendo um titulo que a maioria considerava praticamente ganha. O time e a torcida não estão menos empolgados do que o adversário, 2010 será o centenário da equipe paulista e o desejo do presidente da equipe é conseguir vencer a Taça Libertadores da América, um titulo o qual a equipe nunca conquistou e é motivo de vergonha para o clube e torcedores já que é uma chaga aberta para todos os rivais, é sem dúvida o maior sonho do clube vencer a competição continental e disputar o Mundial de Clubes.

A base do Corinthians, boa base diga-se por sinal, foi formada no ano passado na série B, em 2007 a equipe foi vergonhosamente rebaixada para segunda divisão e o presidente Sanchez começou uma renovação total no clube. Trouxe o ótimo técnico Mano Menezes que havia feito campanhas espetaculares com um time muito modesto no Grêmio, e começou a montar um elenco praticamente do zero. A equipe fez uma ótima campanha na série B, foi campeão da segunda divisão e voltou por cima a principal divisão do campeonato nacional. E provando que o trabalho havia sido bem feito neste ano de descanso a equipe sagrou-se campeã paulista dominando outros times muito fortes como o São Paulo, tricampeão brasileiro, e o Santos que foi derrotado na final da competição.

A equipe nunca escondeu a prioridade que deu a competição nacional neste primeiro semestre, quer vencer a copa do Brasil e chegar logo a Libertadores. O time começa com o bom goleiro Felipe, as vezes ele é muito espalhafatoso, mas não se pode negar sua grande contribuição em muitos jogos nos quais o Corinthians se viu diante de muitas adversidades e poderoso ataque do adversário.

O esquema da equipe varia muito, as vezes é um 4-2-3-1, que varia para 5-3-1-1, 4-3-3 e para um 3-4-3. Quando se defende o time honra a origem gaúcha do seu técnico e se defende com 5 jogadores na linha defensiva formando um ferrolho muito complicado de vazar. A equipe tem uma ótima dupla de zaga com Chicão e William, entrosados e responsáveis, são dois zagueiros que não inventam, e Chicão bate falta muito bem. Nas laterais temos Alessandro ex-Santos, que tem jogado bem, principalmente nas triangulações ofensivas da equipe e na esquerda o melhor jogador da equipe André Santos que é uma arma muito bem utilizada pelo técnico Mano Menezes, mas para este jogo ele infelizmente para a equipe não estará disponível já que está servindo a seleção, sendo substituído provavelmente por um zagueiro Diego fechando ainda mais o time diante do Inter.

Christian, Elias e Douglas formam um meio campo sem cabeças de bagres, Elias tem atuado muito bem e tem sido o principal dinamizador da equipe na criação, Douglas alterna jogos com atuações bestiais e outras completamente bestas e não caiu muito no gosto da torcida, mas sem dúvida é o cérebro do time onde a criação de jogadas nasce. Christian é o único volante do time, mas sempre foi segundo volante, tem ótima saída de bola e chuta muito bem ao gol. O ataque é formado por três jogadores que foram o tridente ofensivo da equipe, flutuando entre a direita e a esquerda.

Dentinho e Jorge Henrique, ambos muito rápidos e acostumados a voltar correndo e formar o meio campo quando o time se defende, Dentinho é o de mais qualidade com boa habilidade e finalização, Herique é incansável, apesar de menos dotado tecnicamente. De centroavante um velho conhecido Ronaldo, ex-Barcelona e Real Madrid está distante de sua melhor forma, mas ainda é um tormento para as defesas nacionais. O esquema de Mano Menezes é feito para ele se desgastar o mínimo possível e poupar suas energias somente para quando o time atacar.

Para defender Ronaldo é nulo e visivelmente fora de forma nem consegue fechar o meio, forçando os outros jogadores a se desdobrarem no sistema defensivo idealizado por Mano na contenção do jogo do adversário.

Destaques Individuais:

Felipe

Goleiro meio espalhafatoso, mas que com seu impeto e agressividade é capaz de por fogo no jogo e incentivar a equipe em momentos de complicações.

William

Zagueiro experimente, ótimo pelo alto e o esteio da defesa corintiana. Dizem até que ele é o técnico do time em campo, tamanha a sintonia entre ele e Mano Menezes( foi a primeira indicação do treinador ao Corinthians).

Elias

Meia muito rápido que dinamiza muito o meio campo corintiano. Chega muito bem na frente e tem sido um dos principais artifices do setor ofensivo da equipe, finaliza muito bem e tem razoável habilidade. Além disso, tem capacidade fisica para ir e voltar todo o tempo e fechar a marcação no meio campo.

Dentinho

Jovem promessa da equipe já almejada pelos principais clubes europeus. Hábil, forte, rápido e muito bom finalizador, Dentinho é o principal atacante do time.

Ronaldo

Gordo, Lento, pesado, mas na finais do Paulista o atacante que decidiu para a equipe. Mano já disse que com ele em campo se sente mais tranquilo com a capacidade de finalização da equipe e da capacidade de desequilibrio do equipe.

Últimos jogos

Last 5 Home Corinthians SP
07.06.2009 D1 Série A Corinthians SP Coritiba PR 2-0
04.06.2009 Cup Semifinal Corinthians SP Vasco da Gama RJ 0-0
23.05.2009 D1 Série A Corinthians SP Barueri SP 2-1
14.05.2009 Cup Quarterfinal Corinthians SP Fluminense RJ 1-0
10.05.2009 D1 Série A Corinthians SP Internacional RS 0-1

Last 5 Away Corinthians SP
14.06.2009 D1 Série A Goias GO Corinthians SP 0-0
31.05.2009 D1 Série A Santos SP Corinthians SP 3-1
28.05.2009 Cup Semifinal Vasco da Gama RJ Corinthians SP 1-1
21.05.2009 Cup Quarterfinal Fluminense RJ Corinthians SP 2-2
17.05.2009 D1 Série A Botafogo RJ Corinthians SP 0-0

Caminho até a Final

Semifinal:

Vasco da Gama RJ 1 – 1 Corinthians SP*
04.06.2009 Corinthians SP 0-0 Vasco da Gama RJ
28.05.2009 Vasco da Gama RJ 1-1 Corinthians SP

Quartas de Final

Corinthians SP* 3 – 2 Fluminense RJ
21.05.2009 Fluminense RJ 2-2 Corinthians SP
14.05.2009 Corinthians SP 1-0 Fluminense RJ

Oitavas de Final

Atletico PR 3 – 4 Corinthians SP*
07.05.2009 Corinthians SP 2-0 Atletico PR
30.04.2009 Atletico PR 3-2 Corinthians SP

Segunda Fase

Misto MS 2 – 0 Corinthians SP*
16.04.2009 Misto MS 0-2 Corinthians SP

Primeira Fase

Itumbiara GO 2 – 0 Corinthians SP*
05.03.2009 Itumbiara GO 0-2 Corinthians SP

Comparação Posições Chaves:

Goleiro: Felipe v Lauro

Vantagem: Corinthians

Zaga : Chicão v Indio

Vantagem: Empate

Zaga: William v Alvaro

Vantagem: Corinthians

Lateral Esquerda: Diego v Danilo Silva

Vantagem: Empate

Lateral Direita: Alessandro v Marcelo Cordeiro

Vantagem: Internacional

Meio Campo: Christian v Sandro

Vantagem: Corinthians

Meio Campo: Douglas v Andrezinho

Vantagem: Corinthians

Ataque: Dentinho v Tailson

Vantagem: Internacional

Ataque: Ronaldo v Alexcssandro

Vantagem: Corinthians

Conclusão: Uma final, e uma final muito equilibrada entre entre dois clubes que são favoritos em quaisquer competições que disputam. Ambos com problemas de jogadores indisponíveis, mas sem dúvida o Internacional sofre mais já que sem Nilmar e D´Alessandro perde grande parte do potencial ofensivo e da qualidade ofensiva que o time apresentou até agora.

O Corinthians perdeu o ótimo André Santos para seleção nacional e sem ele perde grande força no setor de mais agressividade do time, o lado esquerda onde ele tem sido uma arma quase mortal. Cabe frisar que ambos times perderam muito, e perderam alguns de seus principais jogadores. Tite já tem armado o Internacional fora de casa para jogar no contra ataque e agora não acredito que será diferente já que não contará com seus principais jogadores do setor, Tailson irá liderar o time para contra atacar, ele é veloz e habilidoso e será capaz de atormentar a defesa corintiana principalmente quando o Corinthians estiver em cima do adversário aproveitando os espaços abertos.

Mas Mano Menezes sabe disso, e o Corinthians se defende muito bem e ele deve ter aprendido no final do ano passado que apenas 1 gols sofrido em casa pode decidir o titulo, como decidiu em 2008, e não irá querer incorrer no mesmo erro outra vez. A escalação de um zagueiro na lateral esquerda já mostra que mesmo jogando em casa o Corinthians irá se precaver muito vem, os setores de marcação de ambas as equipe funcionam muito bem, mas de formas diferentes: Enquanto o Corinthians conta o o retorno e a velocidade de seus meias e atacantes, o Inter tem dois volantes de marcação muito bons, Guinazu e Magrão deverão fechar o meio campo do Internacional as investidas de Elias e Douglas.

Os times sabem do potencial um do outro, e em tese o Corintihans não pode sofrer gols e o Internacional deve sofrer o menos possível. Vocês dirão, isso é óbvio, todos os jogos são regidos por esta regra! Mas neste caso acredito que a questão será ainda maior, o Corinthians perdeu o titulo ano passado devido a um gol fora e deverá se proteger muito bem contra as investidas do Internacional. E o visitante precisa desesperadamente levar o jogo para o Sul onde é muito forte, nos últimos jogos fora de casa o Internacional jogou muito fechado. Acredito num jogo de pouquissimos gols aqui, muita marcação e sem muito espaço de parte a parte.

Prognóstico para ApostasQuotaUn.CasaEstado
Under 2.5 Goals
1.90
5
ganha

Adicionar um comentário

Este e-mail já foi cadastrado. Usa Forma de entrada ou introduze outro.

Digitou login ou senha incorreta

Desculpe, para comentar precisa de entrar no site.