Prognósticos para Apostas Desportivas Online - Aposta Ganha

Riccardo Ghedin vs M Crugnola – Wimbledon

SUBSCREVER
95
-30
-31.58 %
UNIDADES INVESTIDAS
SALDO
ROI

Terceira ronda da fase de qualificação para o Wimbledon, onde teremos Riccardo Ghedin, 256º do ranking ATP frente a Marco Crugnola, 176º.

Riccardo Ghedin, jogador de 23 anos. A melhor posição que este jogador já alcançou na sua carreira foi o 238º lugar do ranking, em 2009.
Ghedin concentra-se ainda pelos Futures e Challengers, onde se destaca no piso duro mas tem alguma (pouca) experiência em relva. O record de relva deste jogador está em 9-6, onde as 9 vitórias foram adquiridas na classe de Future, onde estão presentes jogadores com um ranking habitualmente abaixo do 300º posto.

A sua época é muito fácil de resumir, no inicio de 2009 participou de 3 torneios em piso duro onde num primeiro ganhou duas rondas do qualifying e perdeu na primeira do quadro principal; no segundo tentou qualificar-se para o Australian Open mas apenas ganhou a primeira ronda da qualificação; no terceiro perdeu logo no encontro inicial. Seguiram-se dois torneios de terra batida, onde volta a conseguir duas vitórias nas qualificações, mas assim que chega ao quadro principal e vê-se fora do torneio. É então que consegue a sua primeira vitória numa primeira ronda de um torneio, o Challenger de Jersey, torneio em piso duro e onde derrota Bachinger Matthias (259º), na segunda ronda perde para Chaunac (193º). Que dizer do padrão seguinte? 4 torneios, 4 derrotas, 0 vitórias.

No mês passado consegue uma vitória numa primeira ronda de um torneio (contra Grigelis [1342º] ) e outro numa qualificação para Roland Garros, onde se seguiram derrotas perante Stephane Robert (228º) e Dominik Hrbaty (158º).

Antes de participar desta qualificação, Ghedin tentou qualificar-se para o Challenger de Nottingham (o seu primeiro torneio em relva no ano de 2009), mas após passar Oliver Evans, perde para Grigor Dimitrov (341º) e fica assim sem participar no quadro principal.

Riccardo Ghedin, chega aqui após vencer por desistência Izak Van Der Merwe e Alexandre Kudryatsev (216º) por (5-7) (7-6) (6-2).

Marco Crugnola, jogador de 26 anos e que conta com 5 como profissional. Crugnola não está muito longe da sua melhor marca de carreira, já que esta se situa no 175º posto.
Ao contrário do seu compatriota, Crugnola já participou de encontros para o circuito principal do ATP, mas contra si tem o facto de nunca ter disputado encontros sobre relva. Crugnola é um jogador de terra-batida e daí também a justificação da falta de registo neste piso.

A época de 2009 de Crugnola é bem recheada de torneios, mas nada semelhante ao nível de derrotas do seu adversário para hoje, portanto passo a citar as suas melhores caminhadas e os maus momentos que acho por bem destacar.

Em Março, Crugnola conseguiu chegar aos quartos-de-final do Challenger de Bergamo, torneio que é disputado em piso duro (não o seu melhor piso…), onde venceu Andrey Golubev (111º) e Brendan Evans (148º), perdendo para Mikhail Kukushin (147º). Demonstra aqui ter chegado mais longe que em todos estes 6 meses de época de Ghedin e derrotando dois excelentes jogadores neste nível.

No mês seguinte o italiano consegue chegar a uma semifinal, agora em terra-batida e num torneio no seu país, este foi o melhor torneio de 2009 para Crugnola. Um mês mais tarde volta a conseguir chegar a uns quartos-de-final, novamente em Itália e onde vence um dos melhores jogadores de terra-batida dos Challengers, David Marrero (164º).
Os pontos negativos desta sua época fora: o inicio de 2009, onde nos três primeiros torneios somou 2 vitórias e 3 derrotas, e onde nunca chegou ao quadro principal, e os últimos 2 torneios em que participou, onde perde na primeira ronda de qualificação para Rui Machado (123º) num encontro de loucos (6-2) (5-7) (5-7) e no seu primeiro encontro em relva, perante Taylor Dent (271º), em (6-2) (6-3).
Crugnola chega aqui após ter derrubado Íllya Marchenko (255º) em três sets e Pere Riba (142º) em (7-6) (6-3).

Estes dois jogadores já se encontraram em 2007, onde jogavam sobre o piso predilecto de Ghedin mas este veio a retirar-se, dando a vitória a Marco Crugnola.

Conclusão: Eu tenho acompanhado bastante as épocas destes dois jogadores e tenho uma opinião formada para quando vejo um encontro onde entra Riccardo Ghedin, apostar sempre na derrota do italiano. Ghedin tem sido um peso morto este ano… como devem ter reparado são mais as derrotas que as vitórias, e ter derrotas e derrotas consecutivas é algo bastante duro para um jogador. É fácil caracterizar Ghedin, um jogador que luta o quanto pode nas qualificações, mas chegado ao grande palco do torneio não tem soluções para justificar a sua presença perante os melhores. Foram 13 os torneios em que participou e duas as ocasiões onde passou à segunda ronda do torneio, uma perante um inexperiente jogador posicionado na 1342ª posição e outra perante Bachinger (259º). Crugnola não tem feito uma época brilhante, não. Mas vejamos… Ghedin chega aqui por desistência de um jogador, e depois derrota outro que já conhece e que até na ultima vez que se cruzaram levou a melhor… E depois temos Crugnola que vence Marchenko, não muito a dizer sobre isso, mas depois vence Pere Riba, um jogador que já lhe deu dores de cabeça, que já o venceu, e vence-o aqui…

Num piso onde este ano faz a sua estreia e já leva duas vitórias e uma bem importante… Ora agora tem Ghedin que é para mim um jogador a menos em todos os torneios que participa, e se vamos a ver que para o Wimbledon se querem jogadores com qualidade, Ghedin não tem estofo para isso e penso que nem estofo para quebrar o seu compatriota tem, que consegue melhores resultados e apresentar melhores soluções que este seja no seu piso favorável, como em piso duro. Ora, Crugnola está como dog num encontro perante um fraquinho Ghedin, para mim esta é uma aposta à qual eu não posso fugir, existe valor em toda ela e acredito plenamente que Marco até vença em dois sets. A minha aposta recai para o melhor jogador destes dois, desvalorizando a experiência em relva de Ghedin, que a tem perante jogadores abaixo do 300º/400º posto do ranking…


Prognóstico para ApostasQuotaUn.CasaEstado
Marco Crugnola
2.00
5
perdida

Adicionar um comentário

Este e-mail já foi cadastrado. Usa Forma de entrada ou introduze outro.

Digitou login ou senha incorreta

Desculpe, para comentar precisa de entrar no site.