Num ano incontornavelmente marcado pela pandemia de covid-19 a vários níveis, os portugueses investiram mais de quatro mil milhões de euros em apostas no jogo online. O valor em questão é referente apenas aos três primeiros trimestres de 2020 e revela que a média por hora do valor apostado beira de forma bastante aproximada os 600 mil euros.

4 BILIÕES APOSTADOS EM 9 MESES, COM MÉDIA DE 600 MIL EUROS POR HORA

De acordo com os dados recentemente dados a conhecer por parte do Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ), o ano que findou há quatro dias atrás foi absolutamente histórico, com vários recordes batidos relativamente a apostas realizadas em território nacional.

Uma situação que ganha especial destaque por ter acontecido num ano fortemente marcado pela covid-19, um problema de escala mundial que causou uma forte crise económica em vários setores da sociedade global, com efeitos já sentidos e, mais ainda, por sentir.

Ora, durante os primeiros nove meses de 2020, os jogadores portugueses investiram um total de 3.937,3 milhões de euros no jogo online, que contou com uma forte aderência em virtude do encerramento circunstancial de salas de jogo e casinos físicos durante o confinamento, que vigorou na primeira vaga da pandemia em Portugal.

Em média, foram apostados 598,7 mil euros a cada… 60 minutos. Um valor astronómico e que, no total, supera o marco dos três primeiros trimestres de 2019, o ano anterior, em 63,1%.

A contribuir com uma fatia esmagadora estiveram os jogos de fortuna e azar, com um montante total de 3.474,7 milhões de euros, que representam um crescimento de 68,9% em relação ao mesmo período temporal de 2019.

Nas apostas desportivas à cota, a interrupção da gigantesca parte das competições desportivas a nível mundial durante o segundo trimestre de 2020 levou a que o volume de aposta total se cifre em 462,7 milhões de euros, uma subida na ordem dos 29,4%.

4 BILIÕES APOSTADOS EM 9 MESES, COM MÉDIA DE 600 MIL EUROS POR HORA

CASAS DE APOSTAS LUCRARAM MAIS DE 220 MILHÕES DE EUROS EM 2020

Ao nível da receita bruta por parte dos operadores legalizados em Portugal, que revela o valor encaixado pelas casas de apostas com “puro lucro” (já descontado os valores pagos aos jogadores em prémios), o montante é de 223,1 milhões de euros, uma subida de 48,7%.

No setor dos jogos de fortuna e azar (onde a pura sorte é fator exclusivamente determinante para o sucesso), as receitas registadas chegaram aos 125,4 milhões de euros, mais de 15 milhões acima do valor registo nos 12 meses referentes a 2019.

Já em relação às apostas desportivas à cota, apesar da paragem das competições por hora da primeira vaga da pandemia, foram responsáveis pelo encaixe de 97,8 milhões de euros, uma ascensão de 32,7%.

Quem também ficou a ganhar mais com o gasto da comunidade portuguesa de jogadores online foi o próprio Estado português, com a receita fiscal para os cofres estaduais em sede de imposto especial sobre o jogo online (IEJO) a subir para os 68,3 milhões de euros.

Uma subida de 19,2%, correspondentes a 11 milhões de euros, referente aos primeiros nove meses de 2019. No terceiro trimestre de 2020, foram ainda bloqueados 83 sites ilegais de jogo.

RECORDE TRIMESTRAL DE MAIS DE 84 MILHÕES DE EUROS

Entre os dados divulgados pelo SRIJ, destaca-se o valor recorde de 84,2 milhões de euros de receitas arrecadadas pelos operadores licenciados de jogo online no terceiro trimestre de 2020.

Um aumento de 55,7% relativamente ao mesmo período de 2019 e 21,6% acima da receita registada no espaço temporal relativo aos meses entre abril e junho de 2020.

Valores que indicam uma subida exponencial da procura das apostas online no período coincidente com o regresso das maiores competições desportivas a nível mundial, nomeadamente no futebol europeu, como foram os casos da Bundesliga alemã, Premier League inglesa, La Liga espanhola ou a Liga NOS portuguesa.

O número de novos clientes registrados subiu em 5,2% (156.800) em relação a 2019, enquanto que os clientes ativos trimestralmente subiram mais de um terço, para 473.200.

casino online em Portugal

Quanto à receita proveniente de jogos de casino online em Portugal, os 41,7 milhões relativos ao terceiro trimestre de 2020 representam uma subida de praticamente 48% do valor homólogo em 2019, mas, em simultâneo, uma queda de cerca de 10% em relação ao valor recorde registado no segundo trimestre do último ano.

Ainda em relação apenas aos meses de julho, agosto e setembro de 2020 no contexto nacional, perto de 45% dos jogadores portugueses operaram de modo exclusivo no ramo das apostas desportivas, enquanto um terço atuou apenas em jogos de casino, com cerca de 22% a jogar nos dois lados da barricada.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube e assiste aos nosso Podcasts de Apostas. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Canal de Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




CASAS DE APOSTAS LEGAIS
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a apostas desportivas online.
4,0 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis com o Código Promocional: apostaga
mais Bónus no primeiro depósito até um máximo de 100 euros.
3,0 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 100€ euros.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
3,8 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.