A escolha dos campeonatos: Factor importante para uma estratégia de lucro

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / A escolha dos campeonatos: Factor importante para uma estratégia de lucro

Lucky_Lucas

A maioria dos apostadores aposta nos campeonatos/equipas mais conhecidas do mundo do desporto e mesmo quando não existem jogos tão vistosos apostam as suas unidades em campeonatos onde a estatística pura é a única informação que temos. Na minha opinião a longo prazo esta não é uma estratégia de sucesso.

Se acompanharmos os campeonatos de 2 ou 3 países conseguimos estar sempre por dentro dos pontos fortes/fracos de cada equipa, valorizar ou desvalorizar uma ausência de um jogador, enquadrar modelos de jogo de equipas adversárias, etc, algo que não acontece se nos dispersar-mos por muitas competições.

Uma das primeiras coisas com que nos devemos preocupar quando vamos escolher os campeonatos que queremos seguir com intuito de apostar é se vamos ter maior facilidade na recolha de informação sobre as equipas que neles participam que as próprias casas de apostas. Sendo Portugal um país pequeno e apenas com 3, 4 clubes de top permite que se fizermos um bom acompanhamento deste campeonato possamos ter alguma vantagem em relação às casas de apostas nos jogos das restantes equipas onde a informação é mais dispersa e não é tanto do conhecimento geral.

Optar por campeonatos de países onde se fala a mesma língua que a nossa ou uma língua perceptível e semelhante também é uma vantagem. Neste mundo das apostas todas as informações são importantes e para isso têm que ser claras. A facilidade de interpretação na linguagem pode evitar alguns mal entendidos que valem dinheiro quer para o bem quer para o mal.

A duração das provas que acompanhamos pode ser outro factor a ter em conta. Qual é o apostador que não tem o bichinho de apostar na grande maioria dos dias? Pois é! Se optar por países onde os campeonatos têm um interregno grande e em simultâneo pode levar-nos a gastar os possíveis lucros até aí alcançados em outras ligas apenas para “estarmos entretidos”.

Como referi no capítulo anterior acompanhar as divisões inferiores é bastante importante pois são estas que os bookies menos conhecem e onde podemos tirar maior vantagem se tivermos melhores fontes. Não nos podemos esquecer que quem manda nas odds é o dinheiro pois é por ele que as odds se ajustam. Um mercado menos conhecido pode catapultar os lucros de quem tiver melhores informações pois são mercados mais voláteis, com menor liquidez logo os ajustamentos para os valores certos não são efectuados com tanta rapidez e assertividade.

As minhas escolhas pelas competições, portuguesas, espanholas e brasileiras preenchem todos os requisitos que falei anteriormente. Acessibilidade na linguagem das fontes de recolha de informação, o facto de não existir uma fase onde os 3 campeonatos parem em simultâneo e um acompanhamento da 2ª Liga Portuguesa, Liga Adelante e 2ª Divisão B espanholas e estaduais brasileiros, divisões de menor expressão mas onde os meus lucros são significativamente melhores são as razões que me levaram a optar por acompanhar o futebol que se disputa nestes três países.

Até Já!

 

lucky-lucas-signature

 

 

3 Comentários para “A escolha dos campeonatos: Factor importante para uma estratégia de lucro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Casas de Apostas
Solverde Apostas

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.

Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.