Apostas Online em Portugal – Aposta Ganha

A manta de retalhos do futebol português

Jogos de poder, alianças entre clubes, impugnações e destituição de dirigentes são apenas alguns dos termos habituais no futebol português, e que voltam a estar na ordem do dia esta semana. Ora confira:

PEDRO PROENÇA COM CABEÇA A PRÉMIO

A paragem forçada no futebol nacional e as decisões que têm sido tomadas desde então levaram a uma deterioração na relação entre vários clubes e o próprio presidente da Liga de Clubes que parece agora com os dias contados à frente dos destinos das duas principais ligas nacionais.

A manta de retalhos do futebol português

Em causa estará uma rebelião por parte dos clubes naturalmente encabeçada pelo Benfica, mas também pelo FC Porto que visa destituir Pedro Proença do seu cargo, sendo de notar que boa parte dos clubes da Liga PRO estará de acordo com este movimento após o segundo escalão do futebol nacional ter sido dado por encerrado de modo algo inusitado por comparação com outras ligas europeias, onde as competições profissionais prosseguiram todas de igual modo.

Uma vez mais, e embora o Sporting não esteja a favor ou contra esta aparente rebelião, a verdade é que foram Benfica e FC Porto a arrasar a liderança de Pedro Proença e a assumirem este novo movimento de clubes que visa a destituição do ex-árbitro internacional português.

Em tempos conturbados para o futebol português, é caso para dizer que só faltava mais esta para adensar o autêntico imbróglio em que se tem tornado o futebol nacional nos últimos meses, até porque os problemas não ficam por aqui como verá mais adiante neste artigo.

PATROCINADOR PRINCIPAL ESTÁ DE SAÍDA

Ao longo das últimas épocas, a Liga NOS tem beneficiado grandemente com o patrocínio da operadora de telecomunicações NOS que tem injetado grandes quantidades de dinheiro não só na própria liga, como também em vários clubes de grande nomeada do nosso futebol.

Mas ao que tudo indica, a recente crise pandémica que tem afetado empresas e pessoas em todo o mundo terá levado a empresa a refletir sobre os seus gastos e o patrocínio à competição pode estar em causa, sendo que o mesmo não sucederá com o Sporting – igualmente patrocinados pela marca – por conta das partes terem celebrado contratos de longa duração que ainda estão longe da sua extinção.

De certo modo, todo o trabalho que Pedro Proença vinha desenvolvendo nos últimos anos no sentido de dar corpo a uma liga mais competitiva e financeiramente atrativa pode agora estar a cair por terra e, aparentemente os clubes não estarão do seu lado para dar a volta por cima optando por mudar a cara da Liga de Clubes.

Como se sabe, o futebol português é movido por interesses e jogos de bastidores e certamente que FC Porto e Benfica já estarão a desenvolver os seus contactos privilegiados no sentido de colocarem um novo presidente que os favoreça nas mais variadas decisões que venha a tomar num futuro próximo. Sempre assim foi e assim continuará a ser no futebol português…

MARÍTIMO IMPGUNA DECISÃO DE ENCERRAR II LIGA

Como se não bastasse todo este problema numa altura em que a Liga Portuguesa ainda nem sequer retomou a sua atividade, agora foi a vez do Marítimo se imiscuir numa questão que, de certa forma não lhe dizia respeito apenas para ‘chatear’ o seu rival Nacional da Madeira que já havia sido promovido.

Ao impugnar a decisão de terminar a II Liga promovendo e despromovendo equipas de acordo com a classificação que se verificava aquando da paragem, as subidas de Nacional e Farense podem ficar suspensas enquanto o processo decorrer no TAD (Tribunal Arbitral do Desporto) em mais uma manifestação clara de que Carlos Pereira, presidente do Marítimo, quer manter-se como único presidente de um clube madeirense na I
Liga.

Algo perfeitamente lamentável, mas que reflete na perfeição o estado calamitoso e de constante guerrilha do futebol português.

QUEM QUER ENTRAR NESTA CONFUSÃO?

Ao olhar para tudo isto, já para não falar na confusão da escolha de estádios para a realização das jornadas em falta da liga, questiono-me sobre que tipo de empresa poderá ter interesse em se assumir como patrocinador principal de uma liga que mais parece um ringue de boxe?

A NOS parece estar de saída e não temos assim tantas empresas de grande porte para apostarem neste tipo de patrocínio: será que estamos prestes a receber um patrocinador asiático, por exemplo? Essa pode ser uma das opções, mas tal como já mencionei, não será fácil encontrar quem deseje se associar a este autêntico desfile de atrocidades a que temos assistido nos últimos meses e anos no futebol nacional.

 

Gostastes do nosso conteúdo? então regista-te no nosso canal oficial no Youtube. Além disso, entra em nossas redes sociais como o Instagram e Twitter para se manteres bem informado.

Um sitio perfeito para receberes tudo do AG é o canal no Telegram. Também no chat podes conversar com mais de 2.500 apostadores ao vivo sobre as melhores apostas. Se estas a procura dos Pros acede também os Tipster Profissionais.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *