Adrian Ungur vs Antonio Veic – San Marino

Aposta Ganha / Adrian Ungur vs Antonio Veic – San Marino
Sem categoria

Ungur, jogador romeno de 29 anos de idade que ocupa a 157ª posição do Ranking ATP. Ungur é um tenista de terra batida, tem um bom jogo nestes pisos onde se move bem e onde revela boa consistência de jogo. A sua esquerda batida a uma mão é tecnicamente bem executada e deste jogador também aprecio a sua execução do amortie.

Ungur tem bom ténis em termos gerais, mas peca pela falta de regularidade ao longo da temporada. Nesta temporada apenas apareceu bem em 2 torneios, um ATP romeno em que passou o quali e fez 2ª ronda no quadro principal e também uma meia final de um Challenger colombiano. Nas últimas semanas pouco fez, mas aqui tem praticado um ténis de qualidade, venceu Enrique Lopez Perez em 2 sets fáceis, Volandri em 3 sets, virou o encontro depois de ter perdido o Tie-break de 1º set.

Derrotou nos Quartos de Final Albert Montanes em 3 sets, levou 1-6 no 1º parcial e voltou a fazer uma excelente recuperação e por fim arrumou o italiano Gianessi por duplo 6-3 num jogo relativamente fácil. O ano passado fez aqui Quartos de Final.

Veic, jogador croata de 26 anos de idade que ocupa a 313ª posição do Ranking ATP. Veic é um tenista de terra batida, mas nem tem um jogo tão defensivo quanto isso. Gosta de atacar, por vezes faz as suas subidas á rede e no fundo do court aguenta-se como pode. Não é um tenista que tenha um estilo de jogo muito vistoso, mas tem um nível razoável. Este ano ainda não tinha passado dos Quartos de Final, mas aqui está claramente “engatado”, a viver uma semana de sonho.

Veio da fase de qualificação onde venceu 3 jogos, o último deles a Franco Skugor em 3 sets duros. Já no quadro principal venceu Luca Vanni em 3 sets duros, com tie-break de 3º set e na 2ª ronda o romeno Hanescu com mais uma reviravolta fantástica. Nos Quartos de Final passou em 2 sets Troicki tendo jogado um ténis muito bom e nas meias finais derrotou em 3 sets o brasileiro Guilherme Clezar num jogo em que ambos os jogadores foram algo inconstantes, tendo acabado por ser Veic o mais eficaz nos momentos chave.

Vindo do quali joga a final deste Challenger Veic que havia perdido aqui na 1ª ronda o ano passado. Aconteça o que acontecer, Veic irá entrar no TOP 300 na próxima semana.

Head to head: 3-0 Ungur. Vitórias de Ungur em 2011 e 2012 em terra batida, sempre em solo romeno e já este ano na Colômbia, vitória em 3 sets de Ungur novamente sobre o pó de tijolo.

Conclusão: Ungur é um jogador mais experiente, com um estilo de jogo mais bonito e eficaz e acima de tudo o seu nível de jogo é mais elevado do que o de Veic. Se Ungur acelerar as suas variações de jogo e se jogar bem dentro do court a comandar os pontos e abrir ângulos com a sua esquerda, Veic sentirá dificuldades e acabará por cometer mais erros. A semana do croata tem sido extremamente desgastante, veio do quali, venceu a esmagadora maioria dos seus encontros no limite, em jogos muito renhidos, mas com mérito acaba por chegar á final.

Ungur nunca perdeu para Veic e não acredito que isso aconteça nesta final. É certo que o romeno oscila um pouco, mas aqui tem estado a jogar um ténis fantástico com a sua esquerda a estar bem afinada e que seguramente será uma arma neste encontro. Ungur para vencer o jogo e ser campeão, é a minha aposta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CASAS DE APOSTAS
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.