Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

Antevisão da 30 Jornada da Liga NOS 2018/2019

As ilhas na luta pelo título

Marítimo e Santa Clara, as duas equipas que nesta jornada entram no “clássico a distância” que marca a luta pelo título entre Benfica e FC Porto.

O Marítimo assumiu a estratégia dos amarelos forçados que vai deixar de fora jogadores essenciais no seu onze base contra o Benfica.

O melhor central Zainadine e o melhor ponta de lança Joel, para além do melhor do flanqueador a dar equilíbrio a equipa, Edgar Costa.

Mesmo sem esses elementos, acredito numa equipa forte e compacta a defender, com meio -campo agressivo e sobretudo um grande guarda-redes ( do vasto grupo de excelentes goleiras brasileiros que brilham nas nossas equipas) Charles.

Ágil, forte entre e fora dos postes, voa para a bola nos momentos certos. Depois da exibição no Dragão, tem agora outro grande palco para brilhar, a Luz.

O Benfica depois de cair na Liga Europa contra o Eintracht Frankfurt num jogo em que falhou a abordagem estratégica ao apostar num posicionamento demasiado recuado que lhe retirou o perigo do contra-ataque, tem agora no campeonato o grande foco da época como Bruno Lage sempre assumiu.

Será tempo para voltar a ver João Félix no meio como segundo avançado solto de raids e golos, em vez de ficar desterrado na faixa esquerda, longe do seu habitat de craque, como sucedeu estranhamente na Alemanha.

Prognóstico
Benfica vs Maritimo – Liga NOS – Benfica HT 1.42 na Esc Online

O Santa Clara no Dragão

O Santa Clara é das equipas com melhor projecto de jogo deste campeonato dentro das equipas de nível médio- pequeno. Afastou desde cedo a ameaça da luta por não descer, com um argumento muito simples e o melhor: jogar bem com uma ideia positiva de jogo.

Mesmo perdendo na época jogadores importantes (por lesões ou transferências como Fernando Andrade) o treinador João Henriques soube sempre reinventar a equipa, passando por diferentes sistemas (aquele em que mais gostei de ver a equipa jogar foi no 4.4.2 losango).

Tem agora de regresso o ponta-de-lança Thiago Santana, daqueles que mesmo sozinho na frente como sucede a muitos n.9 nos relvados dos grandes pode criar perigo entre os centrais porristas tal a forma como luta e chega às bolas mais difíceis.

Na defesa Fernando Cardozo e no meio campo Rashid, são a garantia de tratar bem a bola tecnicamente.

Pode, assim, ser um jogo aberto em alguns momentos onde a importância dos laterais portistas (Manafá -Alex Telles) a atacar, será decisiva para fazer “dançar” (abrir espaços de penetração) na defesa insular que se alinha bem a toda a largura do terreno.

O “um- para-um” de Brahimi é sempre o melhor recurso nestes jogos em que o ataque do FC Porto vê a defesa adversária crescer de tamanho e concentração de corte a medida que o tempo avança e aguenta o resultado.

Este poderá ser, nesse sentido, mais um jogo para fazer crescer a ansiedade do “candidato perseguidor” se não aparecer o tal desbloqueador mental-táctico do “golo marcado cedo”.

Prognóstico para apostas
Porto vs Santa Clara – Porto AH -2 a 1.71 na Bet Pt.

Nacional de Costinha: A vida na Choupana

O Nacional muitas vezes passas uma sensação de querer exibir um projeto exibicional muito acima do que pode os níveis médios dos seus jogadores.

É a intenção e as ideias do treinador Costinha, que, após ter subido o clube da II para a I Liga, procura agora dar-lhe um novo impulso de qualidade mas faltam muitos argumentos (entenda-se jogadores) para o fazer.

Por isso, muita da irregularidade da equipa e sobretudo dificuldade de construção inicial da sua ideia de jogo que levou a equipa a perder muitos pontos.

Tem sempre a ideia positiva de dividir o jogo, mas muita vezes isso expõe demasiado a equipa, “partindo” o jogo sem controlo do meio-campo.

É quando os jogadores mais experientes, “homens da casa”, como Jota (médio que segura bem a bola e tem visão de jogo) e o avançado extremo Camascho aparecem, que a equipa aparece melhor, tendo na frente um ponta-de-lança, Brian Rochez, de passada larga e remate fácil, muito interessante que pode atingir níveis superiores.

Desde a defesa, um lateral direito muito rápido que era extremo de origem e cria perigo em cada investida que faz, Kalindi, pode se um perigo á solta para qualquer defesa.

No seu difícil campo da Choupana, onde tantas vezes o nevoeiro “esconde” a bola, vai receber o Sporting aparentemente estabilizado no terceiro lugar ao ritmo de Bruno Fernandes.

Olhando, porém, o calendário do Nacional (que também terá de jogar ainda com FC Porto) e o facto de esta um ponto abaixo da linha de água todos os jogos terão de ser do “seu campeonato”.

O projeto de Costinha mércia, em conceito, outro contexto de aplicação que pudesse tornar mais visível as sua ideias.

O Nacional tem muitas limitações o onze mas esta semana ao invadir a conferência de antevisão do treinador para lhes mostrar o apoio incondicional, ganharam já muito do jogo e da luta pela salvação. Existe equipa no balneário e isso é o primeiro passo para existir no campo.

Prognóstico
Nacional vs Sporting – Sporting vence a 1.58 na Betclic