Apostas Online em Portugal – Aposta Ganha

Aquecer para a Ucrânia em Alvalade

Portugal recebe a seleção luxemburguesa esta Sexta-feira em Lisboa, numa partida que servirá de aquecimento para o decisivo embate em solo ucraniano na próxima segunda-feira que poderá definir o rumo do Grupo B de qualificação para o Campeonato da Europa 2020.

Cristiano Ronaldo a caminho da história…

Numa fase adiantada da sua carreira, é natural que o maior goleador da história das seleções nacionais não queira enjeitar todas as possibilidades que tenha de fazer golos perante seleções mais acessíveis, o que deverá suceder diante do Luxemburgo.

Ronaldo marcou por quatro vezes na Lituânia no último embate internacional de qualificação para o Euro 2020 e saltou para os 93 golos de quinas ao peito, estando somente a sete de seguir as pisadas do iraniano Ali Daei (que só parou nos 109) e tornar-se no segundo jogador da história do futebol a atingir os 100 golos pela seleção do seu país.

Poderá ser prematuro dizer que Ronaldo terá dificuldades em lá chegar, uma vez que continua a ser um indiscutível na seleção nacional e dificilmente pendurará as botas nos próximos dois/três anos, portanto a expetativa em redor de mais um recorde para o sensacional Cristiano Ronaldo será um dos pontos quentes dos próximos embates lusos de qualificação para o Campeonato da Europa.

…e João Félix em busca de iniciar a sua contagem

Em sentido contrário a Cristiano Ronaldo, o jovem João Félix ainda procura afirmar-se na seleção das quinas conquistando a titularidade definitiva e marcando o seu primeiro golo.

Nos últimos embates competitivos de seleção, Félix foi intercalando um lugar no onze inicial com Gonçalo Guedes e nesta convocatória terá a concorrência adicional de André Silva que, estando novamente em boa forma, tende a recuperar o seu lugar ao lado de Ronaldo uma vez que se trata de uma dupla que vinha funcionando bem anteriormente.

De certo modo, muito dependerá do modo como Fernando Santos quiser arrombar a defensiva luxemburguesa nesta partida: irá optar pela capacidade de explosão de Guedes, pelo brilhantismo individual de Félix ou pela capacidade de trabalho e abertura de espaços de André Silva?

Aquecer para a Ucrânia em Alvalade

No meio disto tudo, só há uma coisa que parece garantida: Ronaldo será titular e provavelmente voltará a marcar com a camisola das quinas, cenário avaliado em somente 1.27 na Betclic.

Voltando a João Félix, tem sido visível no Atlético de Madrid que o jovem jogador luso está ainda numa fase de afirmação do seu futebol, intercalando exibições de qualidade com outras mais despercebidas pelo que não me espantaria que Santos optasse por coloca-lo já diante do Luxemburgo, numa partida de menor dificuldade, e posteriormente o delegasse para o banco de suplentes aquando da visita à Ucrânia.

Na verdade, o imenso leque de opções ao dispor de Fernando Santos em cada posição do terreno é realmente fascinante e sinónimo da qualidade do futebol nacional pelo que a utilização de um jogador em detrimento de outro de partida para partida se vem tornando num processo natural próprio de quem se pode dar a esse luxo sem que a qualidade exibicional sofra com isso.

Baixas de Rafa e William não devem assustar

Já durante o período de concentração da seleção nacional foram anunciadas as dispensas de Rafa Silva primeiro, e depois também de William Carvalho.

E se para o lugar do médio ofensivo do Benfica não foi chamado um substituto, para o lugar de William chegou André Gomes em mais um sinal da extensa qualidade dos jogadores à disposição do selecionador nacional.

William tem sido peça intocável no xadrez de meio-campo de Portugal, mas com Danilo Pereira, Rúben Neves, João Mário, João Moutinho, Bruno Fernandes e agora André Gomes, não se espera que a sua ausência seja muito notada.

Quanto a Rafa Silva, será a sua imprevisibilidade que poderá deixar saudades, mas Portugal continua a deter imensas opções ofensivas que devem abafar tal ausência.

Luxemburgueses em clara evolução

A seleção do Luxemburgo nunca foi uma potência do futebol, antes pelo contrário, no entanto vem trilhando um interessante caminho evolutivo que já lhe permitiu gerar algumas surpresas.

Já nesta fase de qualificação, eles empataram na Lituânia e depois venceram esse adversário em casa, vendendo também caras as derrotas perante a Ucrânia (ambas pela margem mínima) e Sérvia (1-3).

Assim, engane-se quem pensa que Portugal irá atropelar este adversário para confirmar as suas cotações de somente 1.04 para somar mais três pontos nas principais casas de apostas.

luxemburgo

Sim, o triunfo não deverá fugir, mas Portugal precisa jogar concentrado para facilitar a sua missão e evitar correrias e sobressaltos.

Uma vitória lusa por três golos de diferença – Handicap -2 – está cotada em 1.50 na Betano.pt, e embora nenhuma equipa o tenha conseguido ainda contra o Luxemburgo nesta fase de qualificação, acredito que Portugal tem condições para o fazer pois é a mais forte formação do Grupo B de qualificação para o Euro 2020.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *