Apostas Online em Portugal – Aposta Ganha

Balanço das apostas Online em 2019 e o que esperar de 2020

Hoje em género de balanço final de 2019 vamos retratar este ano que passou, 2019 e projetar o ano de 2020, claro falando de apostas.

Nada mudou em 2019

Tema forte logo de abertura, e em 2019 nada mudou e falo na legislação ou de algo que pudesse “transformar” o mercado de apostas em Portugal. O que tivemos foi mais do mesmo, lucros para as casas de apostas, que até permitiram oferecer noutros países o mesmo produto com outra marca.

Balanço das apostas em 2019 e o que esperar de 2020

Do regulador mais do mesmo, avisos atrás de avisos, com bloqueios de algumas casas de apostas, que em meia hora voltam a estar no “ar” e claro, de três em três meses os famosos relatórios do jogo online.

Sempre aumentar, os lucros também, pois é algo que continua a ter procura em Portugal, mas a conclusão é sempre a mesma, pois ainda é elevada a taxa de portugueses que apostam em casas ilegais/mercado ilegal.

O Regulador fez sem dúvida o seu trabalho, por vezes regulou e bem a favor do apostador, em casos que até aqui tivemos conhecimento no ApostaGanha, por questões de limitações ou de levantamentos.

Serviu também para perceberemos a questão da limitação das apostas em Portugal, através de uma “adenda” a Lei do jogo online onde o ónus fica sempre do lado das casas de apostas, desde que estas publiquem no site.

Mais uma vez, à semelhança do que se passa em Portugal o Regulador apenas “pune”, mas não “estimula”, esse protagonismo do ano de 2019 foi direto para as casas de apostas.

Casas de apostas em 2019

A Betano temos que falar dela, entrou forte no mercado, e arrisco-me a dizer que deve faltar muito pouco para ser líder do mercado regulado em Portugal, se é que já não o é.

Para além de ser patrocinadora de alguns clubes da Liga NOS, é aquela que mais investe em publicidade nas televisões e rádios portuguesas e que oferece também mais “cobertura” ao apostador.

Falo de mercados, promoções, bónus e ate os streams dos jogos. As famosas apostas ao vivo foi também a meu ver uma ApostaGanha desta nova casa de apostas que a meu ver veio para ficar.

As outras casas de apostas quase que “lutam” pelo que sobra, apenas a ESC online que ainda se destaca pelas suas odds internacionais em apostas múltiplas e de resto foi ver a bet.pt a sair de cena assim como a Betclic.

Casas de Apostas

Mas uma coisa é certa continuam no mercado e pelos vistos os lucros estão a aparecer, sinal que o mercado Português é mesmo muito interessante para estas empresas.

Aliás uma delas até se lançou além-mar e invadiu as terras de Vera Cruz para oferecer os seus produtos e know How nas apostas no Brasil, por exemplo.

Governo português

Falou-se do Orçamento de Estado, após este ter sido desvendado pelos jornalistas, onde descobriram que a Lei do jogo iria mudar, sobretudo a taxação e fez querer que o Trading poderia estar aí ao virar da esquina.

Mas, o que resultou disto? Nada, tudo na mesma até ao final deste ano, não se ouviu falar mais sobre as tais mudanças da taxação, que muito sinceramente, não iria trazer nada de novo ao mercado das apostas online.

Apenas o trading poderia ganhar um pouco isso e, nada, nem mesmo nada sobre isso. Poker sim, evolução esperada, de resto, mais uma vez, tudo na mesma.

As apostas no verdadeiro sentido da palavra.

Bem aqui foi um ano de 2019 nada animador, sentimos cada vez mais as odds e os payout’s das casas a contradizerem-se. Explico, odds mais baixas e com payout’s cada vez maiores, isto resulta nomeadamente de um ajuste claro das casas de apostas, sobretudo aqueles apostadores que são ganhadores.

A dificuldade aumentou ligeiramente, e nota-se uma vez mais e destaco, no odds de abertura e no CLV, cada vez é mais difícil apostar com o que nos dão. Claro estamos sempre reféns daquilo que nos dão e dão-nos mesmo cada vez menos a cada mês que passa.

Acabou-se a “fair line” os tick’s de entrada dos mercados, e começamos a apostar no limite da odd e das stats, e a procurar cada vez mais Gap’s nas casas.

Governo português

Em suma, uns apostam menos, outros, com menos conhecimento, apostam cada vez mais. Quem ganha? As casas de apostas, e assim foi o ano de 2019 das casas de apostas diria até.

Estes dois últimos meses, notou-se bastante este “ajuste” das casas, nas odds do que nos oferecem, e muitos tiveram que andar à procura de outros mercados e de outros campeonatos.

Falou-se durante quase todo ano de 2019 dos novos mercados como os de cantos e os cartões assim como ligas diferentes como K1 e K2 assim como Japão e China. Tudo em prol de um profit engraçado ao final do mês. Para uns resultou para outros não!

Mudar de ligas e de mercados de apostas não foi tarefa fácil para os apostadores, assim como ter que mudar as abordagens às odds, diria que este foi o mote de 2019.

Muitos jogos, mais apostas perdidas

Não é que fomos avisando para esta celeuma, que os jogadores andam com muitos jogos nas pernas e cada vez mais as equipas de topo vacilam ou têm prestações menos conseguidas que o “normal”.

Avisamos para isso, nos podcasts do ApostaGanha por exemplo, e temos visto equipas como a Juventus, Manchester City, Bayern a darem cabo das nossas “surebets” e daquelas múltiplas engraçadas com uns euros, do tipo, Fun Bet. Verdade?

Realmente os treinadores como, Kloop e Pep Guardiola assim como o recém despedido do Everton Marco Silva, lamentaram o calendário deste ano, ou melhor, época 2019/2020.

Tinham ou não razão? Claro que tinham e têm!

As apostas ou melhor os apostadores também levaram por tabelas, e neste ano que agora acaba, 2019, este foi um dos principais motivos de muitas apostas perdidas.

Viciação de resultados desportivos

Este ano diria que veio à tona que muitos resultados foram viciados, falamos do caso do ATP no ténis assim como o caso que se passou em Portugal envolvendo algumas equipas da Liga PRO.

Viciação de resultados desportivos

Claro que esta situação apanha os menos prevenidos e com isso tenham visto refletidas nas suas apostas, por causa do que se tem vindo a passar com a viciação de resultados ou Match Fixing.

Vamos então enterrar 2019 e vamos olhar para 2020

Pergunta da praxe, será melhor nas apostas?

Vamos responder uma vez mais como sempre fizemos ou eu tenho-o feito, por tópicos.

Em Portugal, taxação ou mudanças à Lei

Não acredito, uma vez mais, será algo que irá demorar a mexer, por “culpa” do atual Governo, ou simplesmente porque os impostos colocados às apostas online estão a gerar rendimento ao Estado, logo não se deve esperar mudanças neste capítulo.

Diz-se por ai, se está bom não mexe, certo?

Casas de apostas

Bem, aqui é a minha questão, e que deixo no “ar”, acredito que em breve elas terão que “levantar” o pé e abrirem mais um pouco os cordões ás odds que nos oferecem.

Até porque os apostadores que têm muito “poder” de stake estão cada vez mais a fugir para outros voos e apenas ficam os lúdicos, por um lado é bom por outro poderá não ser bom presságio, aliás o equilibro é o ideal neste mundo, certo?

Teremos também o Euro 2020 campeonatos ideais para as casas de apostas, que “apostam” tudo nestes redutos e acredito que possamos ter proveito disso também.

Dou como exemplos os bónus, ofertas e promoções será o mote para o próximo campeonato europeu de futebol, pela certa.

Campeonatos ou ligas e mercados emergentes

Será mais do mesmo, vamos andar à procura de mercados menos se deem a conhecer-se às casas de apostas e também que as casas ofereçam mais e melhores odds para nós.

Os mercados, acredito que os cantos e até mesmo as apostas ao vivo ou live como gostamos de chamar possa continuar a ser a aposta para o ano de 2020.

O live poderá ser sem dúvida a escolha do ano de 2019 e que possamos transportar para 2020, caso as casas de apostas não nos deem tréguas em relação ás odds.

O Live poderá servir de “desculpa” para irmos aquela odd que queríamos ou aproveitar o desvio que está a acontecer no jogo.

Conclusão:

Em 2020 será mais do mesmo, a luta continua, sermos nós contras os bookies e sempre em constante mutação para aqui e ali irmos procurar o edge e o Gap das casas de apostas.

A luta está a ficar um pouco “cansativa”, pois ao caminhar tanto tempo por terras sombrias, o caçador cansa-se e começa a achar ou a pensar que não vale a pena o esforço. Por isso o ano de 2020 será mesmo de luta e de esforço sempre em busca de procurar o que em cima referi.

O ano de 2020 será também um ano de mais oportunidades, e sou sincero, quero querer que as casas nos irão dar uma ligeira trégua e que nos vão oferecer mais condições para sermos lucrativos.

2020

Já vejo por exemplo em casas ilegais a caminharem um pouco para aquilo que as casas de apostas inglesas já fazem algum tempo. Falo por exemplo da construção da tua própria aposta, à semelhança da Bet365. A casa russa – 1xbet já o está a fazer por exemplo.

Espero dias menos negros, mas também vejo o nosso Regulador srij a colocar cada vez mais restrições ao mercado ilegal, falo das casas de apostas assim como aos Brokers por exemplo.

Acredito que esta luta e bem irá manter-se sempre em prol de defender os apostadores portugueses.

Um ano que poderá ser decisivo diria para muitos apostadores, onde muitos irão lá para fora e outros a mudarem de paradigmas, ou a estarem nas apostas de uma maneira mais lúdica do que profissional ou semi-profissional.

Por hoje é tudo, ou melhor, por este ano é tudo, para o ano temos mais, e claro contêm comigo para irmos acompanhando, mês atrás de mês, ir falando, escrevendo, sobre o que se vai passando no mundo das apostas online.

Bom ano e boas apostas.

Outros links Apostaganha onde podes obter mais informações:

Entra no nosso canal do telegram se queres Receber todos os Prognósticos, Destaques, Tutoriais, Promos e muito mais, assina o nosso CANAL. Se queres conversar connosco também no Telegram através de CHAT.

Assiste a todos os nossos podcast e dicas de apostas no nosso canal de Youtube. Se gostas de outras redes sociais segue-nos no Instagram e Twitter.

Um Comentário

  1. Avatar

    Valter Manuel Domingos

    6 de Janeiro de 2020 at 17:05

    Boas bom artigo, as casa tugas dão bónus mas depois tem o rollover, e limitam
    os apostadores e as odds são bem mais baixas, ai perdem para o mercado ilegal, e acho enquanto isto não mudar vai ser difícil os apostadores não continuarem a fugir.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *