De acordo com um relatório publicado esta segunda-feira pela FIFA, referente a várias vertentes do mercado de transferências do último ano civil, o Benfica é o oitavo clube que mais despendeu em contratações durante o ciclo de 365 dias que se fechou há pouco mais de duas semanas. Existem ainda outros destaques onde a bandeira portuguesa surge fortemente representada.

BENFICA É O CLUBE PORTUGUÊS QUE MAIS GASTA E JUNTA-SE A PORTO E BRAGA NOS QUE MAIS TRANSFEREM

Importa, desde já, apontar que os dados divulgados referem-se a celebrações ou cessações de ligações contratuais entre atletas e clubes e não necessariamente a entradas e saídas dos plantéis principais.

De acordo com a FIFA, o Benfica é o oitavo clube em todo o Mundo que mais gastou na contratação de jogadores em 2020, numa lista onde não são divulgadores os valores associados aos negócios celebrados.

O clube encarnado gastou em torno dos 100 milhões de euros no último mercado de transferências, num investimento que antecedeu o último ato eleitoral antes de Vieira reeleito sem contestação em ato histórico do Benfica .

Para o montante global, muito contribuíram as contratações, por exemplo, do uruguaio Darwin Núñez (que chegou proveniente do Almería, por cerca de 24 milhões) ou do brasileiro Everton ‘Cebolinha’ (que custou aos cofres da Luz em torno dos 20 milhões).

No topo da lista que mais despendeu no reforço das suas fileiras no último ano, figura o Chelsea, que realizou um investimento assinalável no último verão, e ainda mais dois clubes ingleses: o Manchester United, de Bruno Fernandes (ver abaixo), e o Manchester City, de Bernardo Silva, João Cancelo e Rúben Dias (ver abaixo).

No que concerne aos clubes que mais jogadores transferiram em 2020, Portugal tem três representantes entre o top-10. Ao Benfica (4.º classificado, com 40 atletas), juntam-se FC Porto e Braga, respetivamente na sexta e sétima posições, com 37 jogadores transferidos cada.

BENFICA É O CLUBE PORTUGUÊS QUE MAIS GASTA E JUNTA-SE A PORTO E BRAGA NOS QUE MAIS TRANSFEREM

BRUNO FERNANDES E RÚBEN DIAS ENTRE O TOP-5 DE MAIORES TRANSFERÊNCIAS DO ANO

Prova viva de que o futebol português se mantém em altas no planeta do desporto-rei a nível mundial, está o dado de estares dois jogadores de nacionalidade portuguesa entre as cinco maiores transferências de 2020, figurando no topo da lista o nome do alemão Kai Havertz, que trocou há cerca de seis meses o Bayer Leverkusen pelo Chelsea.

Bruno Fernandes, que deixou o Sporting para rumar ao Manchester United em janeiro de 2020, e Rúben Dias, que chegou ao Manchester City proveniente do Benfica no último verão num negócio que incluiu a chegada de Nicolás Otamendi a Lisboa (não oficialmente), aparecem, respetivamente, no 4.º e 5.º lugares.

O top-5 fica completo, além de Havertz como protagonista da maior transferência de 2020, com os negócios que levaram o brasileiro Arthur Melo (2.º) do Barcelona para a Juventus e o nigeriano Victor Osimhen (3.º) dos franceses do Lille para os italianos do Nápoles.

De resto, são destacadas as transferências que envolveram Mauro Icardi (do Inter para o Paris Saint-Germain), Miralem Pjanic (da Juventus para o Barcelona), Leroy Sané (do Manchester City para o Bayern Munique), Álvaro Morata (do Chelsea para o Atlético Madrid) e Thomas Partey (do Atlético Madrid para o Arsenal).

PORTUGAL EM 2.º, BRASIL EM 1.º ENTRE OS PAÍSES QUE MAIS JOGADORES RECEBERAM

Com um total de 1.015 atletas que chegaram ao futebol de terras de Vera Cruz, o Brasil é o país que mais jogadores viu entrar nos seus domínios, ao nível do futebol profissional em 2020.

Na segunda posição, aparece Portugal, com um total de 755 atletas, numa lista onde Inglaterra (698) e Espanha (690) aparecem bastante próximas entre si, nas terceira e quarta posições, respetivamente.

No que respeita apenas a saídas de jogadores, o líder é a Inglaterra (867 deixaram o futebol inglês), seguida de Brasil (820) e Portugal (753).

Contas feitas, o futebol português aparece como o terceiro que mais jogadores movimentou em todo o globo em 2020.

BRUNO FERNANDES E RÚBEN DIAS ENTRE O TOP-5 DE MAIORES TRANSFERÊNCIAS DO ANO

MUDANÇA NAS ODDS DO MERCADO DE LONGO PRAZO DO PRÓXIMO CAMPEÃO PORTUGUÊS

E como de futebol português estivemos a falar até agora, vale a pena atualizar a comunidade apostadora sobre as mudanças na dose de favoritismo dos três candidatos ao título na Liga NOS 2020/21.

🎯 De acordo com o mercado de ‘Vencedor Final’, odds patrocinadas pela  Betano, o FC Porto é agora a equipa mais favorita a suceder-se a si própria como a próxima campeã nacional, com odds de 2.07.

Curiosamente, o Sporting é a segunda equipa mais provável (2.32) para vencer o título, com uma queda acentuada no favoritismo conferido ao Benfica (2.77), que passou as 13 primeiras jornadas no topo das preferências das casas de apostas.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube e assiste aos nosso Podcasts de Apostas. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Canal de Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




CASAS DE APOSTAS
3,0 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a apostas desportivas online.
3,5 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis com o Código Promocional: apostaga
mais Bónus no primeiro depósito até um máximo de 100 euros.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 100€ euros.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
4,0 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.