As fragilidades exibicionais no maior candidato ao título na Liga NOS, de acordo com as casas de apostas, têm sido uma constante na temporada, mas, esta segunda-feira, acabaram mesmo por voltar a provocar uma nova perda de pontos a nível interno. A equipa de Jorge Jesus não conseguiu aproveitar a vantagem obtida, em São Miguel, e empatou (1-1) com o Santa Clara.

BENFICA LONGE DO TRIPLO PROMETIDO JÁ VÊ A LIDERANÇA DO ‘LEÃO’ A QUATRO PONTOS

Num jogo que ficou concluído esta segunda-feira, depois de se terem realizado cerca de cinco minutos no dia anterior (antes da interrupção do árbitro Hélder Malheiro, devido ao enxaguamento do relvado no Estádio de São Miguel, um dos piores, se não o pior, no primeiro escalão), o Benfica empatou a 1-1 com o Santa Clara e caiu para o 3.º lugar, em igualdade pontual com o FC Porto.

Na primeira parte, a equipa encarnada controlou bem o jogo ao nível tático, ainda que tenha sentido dificuldades para criar oportunidades de golo.

Na única vez que conseguiu desmontar a organização defensiva do Santa Clara, o Benfica chegou à vantagem, por via de uma finalização simples de Darwin Núñez, após boa jogada de entendimento entre o próprio uruguaio, Rafa e Waldschmidt.

No segundo tempo, o conjunto de Daniel Ramos transfigurou-se para muito melhor e aproveitou a apatia com que o Benfica regressou dos balneários para pressionar, até chegar ao empate, num lance em que a defesa das “águias” volta a facilitar na abordagem após um lance de bola parada.

Até final, foram os açorianos que conseguiram chegar com maior efetividade ao último terço e acabou mesmo por saltar à vista um dado estatístico que deverá preocupar Jorge Jesus: desde o golo sofrido, ao minuto 60, o Benfica não fez um único remate, nem desenquadrado, até aos descontos.

Apático parece também o ex-treinador do Flamengo, que não deu grandes sinais de descontentamento ou desilusão após o apito final, naquela que foi a terceira vez que o Benfica perdeu pontos no campeonato desde o regresso de Jorge Jesus a Portugal.

Em termos classificativos, as “águias” caem para o 3.º lugar, lado a lado com o FC Porto, e já estão a quatro pontos de distância da liderança do Sporting.

BENFICA LONGE DO TRIPLO PROMETIDO JÁ VÊ A LIDERANÇA DO ‘LEÃO’ A QUATRO PONTOS

RECEÇÃO AO TONDELA, ANTES DA VISITA AO DRAGÃO

A equipa volta a encontrar em campo já na próxima sexta-feira, depois de ter visto o jogo com o Tondela, no Estádio da Luz, passar para o dia 8, devido à interrupção do jogo na ilha de São Miguel no último domingo, devido às más condições do relvado.

Nas casas de apostas online, a vitória do Benfica paga a 1.20, com um surpreendente triunfo do Tondela a cotar a 13.50.

Apesar das dificuldades defensivas que as “águias” continuam a demonstrar, independentemente de quem jogue na sua linha defensiva, o mercado de ambas as equipas marcam continua inflacionado (sim a 2.12, não a 1.47).

Este é o último jogo da turma encarnada no campeonato, antes de novo “clássico” com o FC Porto, agendado para o dia 15 de dezembro.

NEGÓCIO DE LUCAS VERÍSSIMO ESTARÁ FECHADO

Novela que já dura desde o último verão, a situação em torno de Lucas Veríssimo parece estar próxima de conhecer fumo branco.

De acordo com a imprensa desportiva, o acordo entre o Santos e o Benfica para a transferência do defesa-central brasileiro (visto por muitos como o melhor na sua posição no Brasileirão) já está alcançado e a oficialização do negócio poderá estar por horas.

As “águias” deverão pagar 6,5 milhões de euros pelo passe do jogador, que ficará no Brasil até que o Santos conclua a sua participação na Taça dos Libertadores (a equipa paulista enfrenta o Boca Juniors nas meias-finais, a 6 e 13 de janeiro).

O acordo prevê o pagamento do montante total da transferência em três partes, com a primeira a ser creditada no imediato.
Andres Rueda, presidente do Santos, e o próprio Lucas Veríssimo já terão colocado o preto no branco na documentação relativa à mudança do brasileiro para Lisboa, faltando agora a assinatura por parte dos responsáveis do Benfica para que o negócio fique selado.

MAIS UM EXEMPLO DE UMA GESTÃO DESPORTIVA DUVIDOSA

Há cerca de um ano, no mercado de transferências de inverno, o Benfica contratou um pouco de forma inesperada e inexplicável (tendo a conta o número de soluções para a posição e a maior fragilidade do plantel noutras zonas do terreno) o médio alemão Julian Weigl, por 20 milhões de euros.

Desta feita, é Lucas Veríssimo (cuja qualidade individual não está, de todo, em causa) a recolher, para já, a preferência da administração da SAD encarnada, para um setor onde Jorge Jesus já conta com seis soluções: Otamendi, Vertonghen, Jardel, Ferro, Todibo e ainda Morato (contratado ao São Paulo por sete milhões de euros).

Órfão de jogadores credenciados para desempenhar aquilo que Jorge Jesus quer no meio-campo, o Benfica parece olhar de forma prioritária para o eixo da defesa, em mais uma movimentação de uma gestão que custa a compreender.

🎯Depois do tropeço nos Açores, o favoritismo do Benfica para vencer o título desceu ligeiramente, com a subida diretamente proporcional da odds (1.91 na Betano).

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube e assiste aos nosso Podcasts de Apostas. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Canal de Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




CASAS DE APOSTAS
3,0 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a apostas desportivas online.
3,5 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis com o Código Promocional: apostaga
mais Bónus no primeiro depósito até um máximo de 100 euros.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
4,0 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.