Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

Benfica testa invencibilidade de um Leipzig em estreia na Champions

A Liga dos Campeões arranca já esta Terça-feira e o Benfica terá um teste muito sério ao receber o atual líder da Bundesliga e ainda invicto em competições oficiais na presente temporada…

Benfica na Champions: Serviços mínimos antes de teste de fogo

O Benfica fez apenas a sua obrigação no fim-de-semana ao bater o Gil Vicente por 2-0 no Estádio da Luz numa exibição modesta, mas eficiente dos pupilos de Bruno Lage, que assim se mantêm na segunda posição da Liga NOS com menos um ponto que o sensacional Famalicão.

Benfica testa invencibilidade de um Leipzig em estreia na Champions

Agora, é tempo de iniciar a campanha europeia com um teste muito exigente frente ao magnífico Red Bull Leipzig que tem realizado um ótimo começo de temporada.

Os encarnados de Lisboa não devem poder contar ainda com várias peças nucleares do meio-campo como Florentino, Gabriel ou Gedson Fernandes e, nesse sentido, é provável que Andreas Samaris forme parelha com Adel Taarabt ou Ljubomir Fejsa no centro do relvado esta terça-feira.

Apesar da sua maior experiência internacional, a verdade é que o Benfica surge aqui ‘outsider’ no seu próprio estádio diante dos alemães orientados por Julian Nagelsmann. A formação portuguesa está cotada em 2.64 pela Betclic.

O atual campeão nacional tem realizado um começo de temporada relativamente sólido, excetuando a derrota diante do FC Porto, no entanto, o Leipzig pode ser um teste semelhante aquele que os dragões colocaram pelo que se espera que o Benfica possa dar uma melhor resposta desta feita.

Na frente de ataque, Haris Seferovic e Raul de Tomás continuam a preocupar os adeptos benfiquistas devido á sua evidente falta de inspiração nas últimas partidas, e só um Pizzi de enorme classe tem mascarado essas carências evidenciadas pelos seus atacantes.

RB Leipzig mostrou credenciais diante do Bayern

A jovem formação do Leipzig enfrentou este fim-de-semana o hegemônico Bayern de Munique e arrancou um empate caseiro a uma bola que permitiu conservar a liderança isolada da tabela ao cabo de quatro jornadas.

A equipa de Nagelsmann havia vencido as três primeiras partidas da competição e registou agora um empate frente aos bávaros que os mantém perfeitamente inseridos na luta pelo topo da tabela da Bundesliga.

Um dos trunfos desta equipa é o seu futebol apoiado graças a um sistema de três defesas com dois laterais com forte projeção ofensiva.

werner timo

Klostermann e Halstenberg conferem outra dimensão de jogo a uma equipa que conta com virtuosos como Emil Forsberg e Marcel Sabitzer, e um goleador de última geração como Timo Werner.

Por tudo isto, é com normalidade que esperamos uma partida renhida no Estádio da Luz esta terça-feira, mas será que os alemães justificam o seu atual estatuto de favoritos a 2.47 nas casas de apostas para vencer em Lisboa?

Talvez o empate com o Bayern tenha reforçado esse estatuto, no entanto, atendendo à inexistente experiência em Liga dos Campeões desta equipa, torna-se sempre algo discutível este seu favoritismo para o duelo de terça à noite…

Defensiva encarnada será posta à prova

O Benfica tem tido um começo de temporada algo curioso no aspeto defensivo, tendo em conta que ainda só consentiu golos diante do FC Porto, mas já poderia ter sofrido mais golos em diversas partidas.

Diante de Sporting, Belenenses, Sp.Braga e também do Gil Vicente este Sábado, o Benfica saiu com a sua baliza imaculada, embora os seus adversários tivessem criado algumas boas oportunidades de golo para alterar esse paradigma.

Nesse sentido, este duelo frente ao forte ataque do RB Leipzig será a oportunidade perfeita para a defensiva encarnada tentar demonstrar que está realmente em evolução de jogo para jogo, se bem que eu duvide que tal venha a acontecer visto que este Leipzig apresenta argumentos atacantes verdadeiramente imponentes.

Timo Werner e Yussuf Poulsen formam uma boa dupla atacante, enquanto Sabitzer, Forsberg, Klostermann e Halsetenberg providencia, o apoio vindo de trás numa combinação que tem gerado frutos até ao momento.

Importante revelar maior eficácia

Do lado contrário do campo, e ao contrário de partidas diante de Braga ou Gil Vicente, poderá ser fundamental para o Benfica revelar maior eficácia do que em partidas anteriores.

Por outro lado, a paupérrima exibição atacante evidenciada diante do Porto não pode ter réplica sob pena de novo desaire.

Rafa Silva tem andado mais apagado do que o normal nas partidas mais recentes, e isso não é positivo tendo em conta que a equipa está crescentemente dependente de Pizzi.

Num embate diante de um adversário que é considerado por muitos o favorito no Grupo G – apesar de ter vindo do Pote 4 – será crucial que o Benfica tire partido das oportunidades que surjam durante a partida, e arrancar com três pontos nesta fase de grupos seria de tremenda importância para as hostes benfiquistas.