Estalou a polémica ao redor do universo benfiquista. A poucas horas do próximo ato eleitoral, o treinador do Benfica decidiu comentar um texto publicado na véspera por Bernardo Silva, que criticou duramente a gestão liderada pelo presidente Luís Filipe Vieira nestes últimos anos. «Ingrato», foi este o adjetivo que se destaca das fortes declarações com que Jorge Jesus se referiu ao internacional português do Manchester City.

AS ELEIÇÕES, VIEIRA, JESUS E… A «INGRATIDÃO» DE BERNARDO SILVA

O mais que provável sucessor de Cristiano Ronaldo como maior nome do futebol português em voga na atualidade foi, esta segunda-feira, acusado pelo sempre controverso Jorge Jesus de ter iludido o universo benfiquista em matéria relacionada com a sua saída do Estádio da Luz.

Bernardo Silva é, hoje, uma das maiores figuras do futebol nacional no panorama mundial e figura da qual Pep Guardiola não quer abrir mão no Manchester City, mas começou a sua carreira nas camadas jovens do Benfica.

Um período em relação ao qual o criativo português (adepto benfiquista confesso) já mostrou, publicamente, desilusão, por não ter contribuído em campo para o sucesso coletivo do clube do seu coração, vincando mesmo o desejo de um dia voltar.

Num post publicado na sua conta oficial do Twitter, Bernardo Silva publicou um longo texto, no qual dissertou sobre a responsabilidade dos adeptos benfiquistas, dias antes das eleições marcadas para a próxima quarta-feira.

Após apontar uma série de incongruências no último mandato de Luís Filipe Vieira, o jogador que veste as cores do Manchester City apontou a necessidade de:

Uma mudança para melhor e que consiga voltar a meter o Benfica num patamar internacional. Mais ambição, seriedade, transparência e competência

Bernardo Silva é um jogador em torno do qual existe a crença de que poderia ter dado muito, no plano desportivo, ao Benfica, de onde acabou por sair ainda bastante jovem, na primeira passagem de Jorge Jesus – conhecido pela grande relutância em apostar na formação – pela Luz.

Confrontado com as declarações do internacional português na conferência de imprensa que sucedeu ao jogo com o Belenenses, Jorge Jesus não esteve para meias medidas.

AS ELEIÇÕES, VIEIRA, JESUS E… A «INGRATIDÃO» DE BERNARDO SILVA

«Nunca quis falar muito sobre o Bernardo Silva, porque ele durante muitos anos se meteu comigo do ponto de vista da relação jogador/treinador.

Comigo tudo bem, agora com o presidente do clube que o ajudou a crescer, que dá todas as condições aos jovens como ele de sair para clubes melhores, é de uma ingratidão muito grande», disparou o técnico das “águias”.

ÁGUIA DE JESUS CHEGA À SÉTIMA NA QUINTA-FEIRA?

O calendário não perdoa e é já na próxima quinta-feira que o Benfica volta à ação, em nova jornada da fase de grupos da Liga Europa, onde procurará chegar à sétima vitória consecutiva e aos seis pontos no Grupo D.

No Estádio da Luz, frente ao Standard Liège, o Benfica poderá, cerca de sete meses depois, voltar a contar com a presença de adeptos nas bancadas, depois da permissão da DGS na venda de bilhetes em 7,5% da correspondência à lotação máxima do recinto.

Na Betano, a equipa de Jorge Jesus é altamente favorita para tornar a ganhar, como indicia a odds de 1.22, num jogo onde a surpresa (leia-se, vitória do Standard) cota a 10.00.

BENFICA METEU A «SEXTA» COM EXIBIÇÃO Q.B. FRENTE AO BELENENSES E DARWIN EM DESTAQUE

Desde a temporada 1982/83 que a equipa do Benfica não conseguia somar por vitórias as partidas relativas às cinco primeiras jornadas do campeonato português.

É, por isso, um registo histórico aquele que Jorge Jesus conseguiu, ontem, após o confronto com o Belenenses de Petit, com que as “águias” protagonizaram, sem que muito se desse por isso, mais uma edição de um dos mais antigos “derbys” da cidade de Lisboa.

Depois da queda no apuramento para a Liga dos Campeões, os encarnados não mais voltaram a tropeçar, somando já seis vitórias consecutivas, cinco no campeonato e o triunfo na Polónia, da última quinta-feira, contra o Lech Poznán.

No jogo da 5.ª jornada da Liga NOS, a equipa do Benfica começou muito bem, abrindo a contagem ainda antes dos 10 minutos, por Haris Seferovic, que desta feita marcou depois de começar a titular.

O destaque da partida foi, no entanto, o jovem avançado Darwin Núñez, contratação mais cara da história do Benfica e da Liga Portuguesa, que, para já, tem feito por justificar o avultado investimento de cerca de 24 milhões de euros que o Benfica pagou ao Almería pela sua contratação.

Depois do hat-trick feito em Poznán, na Liga Europa, Darwin estreou-se a marcar com a camisola encarnada ao quinto jogo no campeonato português, onde já somou várias assistências para golo e onde tem impressionado pela sua capacidade física (alia velocidade de execução a destreza de pensamento na hora de jogar e fazer jogar), de combate e de movimentação.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube e assiste aos nosso Podcasts de Apostas. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Canal no Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Casas de Apostas
3,8 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis mais Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
4,0 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Aposta de 5€ Grátis com o Código Promocional: APOSTAGANHA1 mais 50% de Bonus até um máximo de 50 euros.