Apostas Online em Portugal – Aposta Ganha

Brasil seguirá tranquilo na Copa América

Na madrugada de terça para quarta-feira o Brasil entrará em cena pela segunda vez na Copa América para enfrentar a Venezuela na Arena Fonte Nova em Salvador. Depois do previsivelmente acessível triunfo na estreia diante da Bolívia, espera-se um resultado idêntico diante de uma rejuvenescida, mas inexperiente seleção venezuelana.

Copa América: Brasil sóbrio e eficiente

A principal diferença extraída da postura da formação brasileira no encontro diante da Bolívia face aquilo que vinha fazendo com Neymar em campo teve haver com a organização e sobriedade com que a formação de Tite atuou.

Geralmente, com Neymar dentro do terreno de jogo o Brasil tende a jogar de modo um pouco mais caótico em termos ofensivos e a descurar mais no ponto de vista defensivo, no entanto não se viu isso no embate de estreia com todos os jogadores a revelarem um interessante sentido coletivo que poderá gerar dividendos mais à frente na competição quando os adversários realmente o exigirem.

Esse triunfo de 3-0 sobre os bolivianos foi perfeitamente natural e só reforçou a ideia de que o Brasil está inserido num grupo francamente acessível que lhe deverá permitir selar a qualificação já esta noite, caso vença a Venezuela.

Com a qualificação muito bem encaminhada e a Argentina em problemas logo na jornada inaugural, é normal que o Brasil esteja mais destacado como principal favorito à conquista do troféu, agora a 2.20 na ESC Online.

Philippe Coutinho em busca da redenção

Após uma temporada verdadeiramente decepcionante com a camisola do Barcelona – onde nunca se conseguiu impor – Philippe Coutinho pode ter nesta Copa América a ocasião ideal para se reabilitar como um dos grandes jogadores do panorama internacional.

Sem Neymar a comandar os destinos ofensivos da equipa, pede-se que alguém se chegue à frente para assumir a batuta e Coutinho cumpriu no encontro de estreia apontando os dois primeiros golos da equipa e desbloqueando uma partida que persistia igualada a zeros em tempo de descanso.

Brasil seguirá tranquilo na Copa América

Coutinho tem sido associado a uma saída do Barcelona com clubes como Manchester United, Liverpool ou Chelsea aparentemente na linha da frente para o acolherem, no entanto, uma forte campanha nesta competição até pode fazer o Barcelona recuar na sua intenção de o vender.

Independentemente do seu destino após a Copa América, parece claro que o talentoso médio-ofensivo brasileiro está apostado em mostrar todas as suas credenciais nesta prova a fim de ajudar a sua nação a conquistar um título ao mesmo tempo que se reabilita como jogador de topo mundial.

Venezuela tem muito crer, mas pouco estofo

Um empate sem golos diante do Peru na partida de estreia não se pode considerar um resultado negativo para os venezuelanos que surgem nesta competição com uma equipa muito jovem e inexperiente.

De qualquer modo, ficou a ideia de que a formação venezuelana foi algo afortunada nesse empate visto que os peruanos tiveram dois golos anulados durante a partida.

rondon

Ainda assim, esta jovem formação deu bastante luta e dividiu as despesas do jogo durante largos períodos pelo que não deve ser subestimada com base nisso.

Mas enfrentar o Brasil será todo um novo desafio ao qual me parece difícil que possam resistir.

O triunfo da Venezuela está cotado em 20.00 na Bet.pt e o mesmo espelha na perfeição a enormidade da missão que terão em mãos, ou seja, bater uma das melhores seleções do planeta em sua própria casa.

Brasil tende a desfilar até à próxima fase

Atendendo à diferença de qualidade técnica e tática entre as duas equipas, ao fator casa que estará do lado brasileiro e à superior experiência dos canarinhos é difícil discordar das suas fracas cotações de 1.12 na Betclic para vencerem esta partida.

Um triunfo brasileiro irá qualificá-los desde já para a fase seguinte e até poderá permitir alguma gestão no derradeiro encontro diante do Peru, embora o primeiro lugar ainda possa estar em jogo.

Com tamanha riqueza ofensiva na equipa de Tite – Richarlison, David Neres, Coutinho, Roberto Firmino, Gabriel Jesus, Willian ou Everton – o técnico brasileiro pode dar-se ao luxo de praticamente rodar todo o seu quarteto ofensivo sem perder propriamente qualidade, mas isso não é um hábito em Tite pelo que até é provável que o mesmo mexa muito pouco no onze inicial para este duelo com os venezuelanos.

Independentemente do tipo de mudanças que o técnico da Canarinha venha a operar na sua equipa para esta partida, parece perfeitamente evidente que o Brasil será sempre claramente favorito a somar mais três pontos e até de modo folgado rumo aos quartos de final da Copa América.

Fique sempre atento aos prognósticos de futebol para a Copa América no Apostaganha!

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *