Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

Prognostico Brasil vs Belgica

Brasil vs Belgica – Mundial 2018: A selecção brasileira é apontada desde o início como a principal favorita à conquista do título mundial

As razões que levaram a esta premissa foram várias. Primeiramente há que dizer que desde que Tite assumiu o comando da selecção a consistência defensiva desta selecção saltou logo à vista

e não me recordo de ver uma selecção brasileira tão coesa e confortável no processo defensivo como esta.

Depois a qualidade dos intervenientes desde o sector mais recuado com Marcelo ou Thiago Silva, ao sector atacante com Coutinho, Willian e Neymar.

A verdade é que este mundial não começou muito bem para os brasileiros que claudicaram frente à Suiça num jogo em que acusaram muito a pressão e o favoritismo e estiveram desinspirados no processo ofensivo.

Depois seguiu-se um triunfo justíssimo mas que chegou tarde frente à Costa Rica e penso que a partir daí o Brasil soltou-se. Com maior ou menor dificuldade venceu os restantes jogos.

Parece-me uma equipa em crescendo, que tem valores individuais de grande qualidade e que ajuda a disfarçar alguma rigidez no processo ofensivo em ataque posicional.

De realçar os primeiros jogos de Coutinho que desbloqueou os obstáculos iniciais e no último jogo frente ao México o grande jogo que o Willian fez.

Ele que vinha sendo acusado de estar desaparecido. Quem, na minha opinião, teima em não aparecer é Gabriel Jesus, e já se justificava a titularidade de Roberto Firmino.

Para este jogo o Brasil não poderá contar com o castigado Casemiro e deverá entrar para o seu lugar Fernandinho, que vai conferir mais qualidade na saída de bola e de construção à equipa brasileira.

Marcelo deverá voltar para o lugar de Filipe Luís enquanto Douglas Costa se mantém como incógnita sobre a sua possível utilização. Em risco de suspensão encontra-se Coutinho, Neymar e Filipe Luís

Onze Provável (1-4-3-3): Alisson – Fágner – Thiago Silva – Miranda – Marcelo – Fernandinho – Paulinho – Coutinho – Willian – Neymar – Gabriel Jesus

A selecção belga tem vindo a apresentar um esquema extremamente ofensivo neste Mundial mas que não tem conseguido tirar um rendimento consistente do mesmo.

Isto pode parecer estranho, quando se fala de uma equipa que tem 4 vitórias em 4 jogos mas a verdade é que o desempenho deixa algo a desejar comparativamente aos resultados apresentados.

A Bélgica é, na minha opinião, a par de Brasil e França aquela selecção que tem maior profundidade e qualidade individual na sua convocatória.

Normalmente apresenta-se com o sistema de três centrais, todos eles de grande qualidade e a jogar na Premier League, casos de Alderweireld, Kompany e Vertonghen, dois homens a promover a largura no jogo e fazer os corredores laterais, Meunier na direita e Carrasco na esquerda,

no meio dois elementos com qualidade técnica, Witsel e De Bruyne, um dos melhores jogadores do mundo e na frente solta-se a mobilidade e exploração do espaço entrelinhas de Mertens e Hazard no apoio ao possante Lukaku.

Isto tinha tudo para ser uma ideia genial de jogo mas tem apresentado muitas falhas. Defensivamente, o espaço nas costas de Meunier e Carrasco tem sido um problema para a Bélgica e neste jogo enfrentando Neymar e Willian isso vai tornar-se fatal.

O facto de terem de fazer o corredor todo deixa a Bélgica muita exposta em situações de transição defensiva e tanto Vertonghen como Alderweireld têm tido dificuldades na coberturas aos seus dois alas.

No meio Witsel e De Bruyne ficam constantemente em situação de inferioridade numérica e o espaço central para os adversários aproveitarem é muito, além do médio do Man City precisar de mais liberdade para sair no ataque

e num meio-campo a dois fica muito preso a tarefas defensivas o que por si só o desgasta mentalmente e leva o a ter por vezes menos empenho nas suas tarefas, exemplo disso é o 2º golo do Japão nos oitavos-de-final.

Ofensivamente e apesar de meter muitos homens no processo ofensivo a Bélgica tem tido também problemas,

principalmente pela incapacidade dos centrais rasgarem metros com passes interiores preferindo quase sempre passes lateralizados para Meunier e Carrasco em zonas pressionadas levando a muitas perdas de bola.

Salva-se a qualidade individual e nesse aspecto Hazard e Lukaku têm estado em bom plano ao contrário de Carrasco que a meu ver tem o seu lugar em risco perante a excelente entrada de Chadli no último jogo.

Acredito que se a Bélgica quer ter alguma chance perante a coesão da selecção brasileira tem de alterar o seu sistema para uma defesa a 4 e entrar com Dembele de inicio, algo que não me parece em equação.

Acredito que haja mexidas no onze mas que mesmo assim será difícil de adivinhar. Meunier, Vertonghen, Tielemans, Dendoncker e De Bruyne estão em risco de ficarem de fora das meias-finais em caso de verem amarelo

Onze provável (1-4-2-3-1): Courtois – Meunier – Alderweireld – Kompany – Vertonghen – Witsel – Fellaini – De Bruyne – Mertens – Hazard – Lukaku

Prognóstico Brasil vs Belgica:

Conclusão: Se a Bélgica não alterar a sua forma de jogar temo que sofram bastante. O espaço para os brasileiros saírem em transição poderá ser fatal aos europeus

e jogadores como Marcelo, Neymar, Coutinho e Willian vão aproveitá-lo ao máximo. Acredito que poderá ser um jogo com golos e se o Brasil marcar primeiro e cedo na partida vai ser um jogo bastante aberto.

Prognóstico para Apostas Quota Un. Casa Estado
Brasil over 1.5 golos
2.11
10
ESC-Online perdida

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *