Chaves Liga NOS 2018/2019 – Guia e Análise

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / Chaves Liga NOS 2018/2019 – Guia e Análise

Chaves Liga NOS 2018/2019 – Guia e Análise

DESPORTIVO DE CHAVES • OLHAR PARA CIMA

O Desportivo de Chaves regressou ao convívio dos grandes, muitos anos depois

e para isso criou um projecto que ano após ano tenta consolidar. Um projecto que vai muito além da permanência no principal escalão do futebol português.

Em 2016-2017 foi 11º classificado, e na temporada passada foi ainda mais longe ficando no 6º lugar, numa grande época para os flavienses.

Um dos obreiros desse percurso foi Luís Castro que rumou a Guimarães. O homem da sucessão é outro treinador de créditos firmados, nesta Liga NOS. Daniel Ramos fez obra no Marítimo, e logo na primeira época alcançou o 6º lugar.

No ano seguinte ficou em 7º lugar, mas fez dos madeirenses uma equipa altamente competitiva, e quase intransponível nos jogos na Madeira.

Defender bem, possuir uma equipa equilibrada, e eficiente nas transições são imagens de marca de Daniel Ramos. Fica a grande expectativa para perceber se fará do Municipal de Chaves um dos terrenos mais difíceis da Liga NOS.

Os Flavienses perderam jogadores importantes, sobretudo Pedro Tiba, Domingos Duarte, Matheus Pereira ou Davidson. Estes dois últimos seriam jogadores importantes para as dinâmicas jogo que Daniel Ramos pretende incutir para esta temporada.

No entanto chegaram reforços em quantidade e com qualidade, alguns da confiança de Daniel Ramos que o acompanham do Madeira para Chaves, como Ghazaryan, ou Luís Martins.

Repetir o 6º lugar seria novamente uma excelente campanha, pelo que tudo que que vier a mais será excepcional. Acima de tudo, o objetivo maior passa por olhar para cima, ou seja posicionar-se de forma consistente nos primeiros 7 lugares da tabela classificativa.

MERCADO DE TRANSFERÊNCIAS • ENTRADAS E SAÍDAS

mercado transferencias

Entradas: Filipe Brigues (U.Leiria), Luís Martins (Marítimo), David Moura (Vilafranquense), Gevorg Ghazaryan (Marítimo), Avto (A.Viseu), João Paredes (Vizela), Hugo Basto (Arouca), Bruno Gallo (Qatar SC), Marcão (Rio Ave), João Teixeira (V.Setúbal)

Saídas: Pedro Tiba (Lech Poznan), Matheus Pereira (Sporting), Domingos Duarte (Deportivo Corunha) Emanuel Novo (Varzim), Pedro Queirós (Estoril), Rafael Furlan (Estoril), João Patrão (Estoril), Tiago Galvão, Jorge Intima (CSKA Sófia), Davidson (V.Guimarães).

Treinador: Daniel Ramos (47 anos) – Daniel Ramos, apesar de já ter alguma experiência, começou a ter maior visibilidade depois do excelente trabalho no Santa Clara.

Daí rumou ao Marítimo onde fez duas temporadas de bom nível. Mais do que as boas classificações, o técnico mostrou capacidade de colocar o Marítimo em altos índices de competitividade, e bateu recordes na invencibilidade no Estádio dos Barreiros.

EQUIPA BASE • FIGURAS DA EQUIPA • PONTOS FORTES E FRACOS

EQUIPA BASE

time aves

Daniel Ramos já indicou que irá aproveitar tudo o que de bom foi feito no Desportivo de Chaves, e que pretende que o clube continue a jogar um futebol positivo e atrativo.

No entanto será natural colocar uma boa dose de pragmatismo, pois essa é a forma de jogar que notabilizou o Marítimo nas duas últimas temporadas.

O rigor defensivo tenderá a ser maior com Daniel Ramos, e até mesmo os ataques deverão ser de menor duração, explorando muito os momentos de transição. Essa será a primeira grande transformação que deverá ser visível nas dinâmicas de jogo da equipa flaviense.

Para ajudar a construir mais rapidamente as dinâmicas pretendidas, Daniel Ramos trouxe consigo dois jogadores em que confia muito, como são os casos de Luís Martins (lateral esquerdo)

e o criativo Ghazaryan que deverá ter o apoio de Bressan, outro médio que deverá continuar a ser referência neste Desportivo de Chaves.

Com Eustáquio, ou mesmo Jefferson, o trio de meio campo será composto por dois jogadores que transitam da temporada passada, o que ajudará no entrosamento, sobretudo a nível defensivo.

Mais atrás, a linha defensiva, incluindo o guarda-redes também transitam, na sua maioria da equipa base do ano passado. Paulinho (lateral direito) e Maras (defesa central) deverão manter-se no onze, entrando Luís Martins (lateral esquerdo) e Marcão (defesa central).

Na baliza promete haver uma disputa saudável com dois bons e experientes guarda-redes: Ricardo e António Filipe dão garantias.

No ataque é onde existem maiores dúvidas, sobretudo pela poucas opções para as alas, pelo menos de uma forma natural.

A versatilidade de João Teixeira deverá dar para assumir a posição de extremo esquerdo; mas dificilmente dará a profundidade, velocidade e verticalidade que a posição exige.

Para esta posição é expectável que ainda chegue algum reforço, até porque João Teixeira poderá também jogar a médio centro, por exemplo quando Ghazaryan estiver indisponível.

Como homem mais avançado deverá continuar William, uma das boas surpresas na época transacta.

FIGURAS DA EQUIPA

figuras equipa

Maras – Este sérvio tem apenas 23 anos, mas é experiente, tem uma estampa física assinalável, muito forte na marcação, e foi uma das surpresas na época anterior.

Bressan – Um jogador altamente fiável, tudo o que faz faz com critério e qualidade. Defensivamente é um “mouro de trabalho”, é muito experiente, sabe definir os ritmos de jogo, e ainda é um especialista em remates de longa distâncias e bolas paradas.

William – É a referência ofensiva dos transmontanos. Um jogador veloz, evoluído tecnicamente e com capacidade de cair nos flancos e sair da posição. A tudo isto revela um bom faro pelo golo, pelo que é um avançado muito completo.

Novamente escolhemos as três figuras pela preponderância que terão no 11 de Daniel Ramos.

Claro que também poderia ser uma boa escolha o criativo Ghazaryan pois se estiver bem fisicamente será um jogador muito influente. No entanto entendemos que estes devam ser aqueles em que a qualidade e consistência sejam mais constantes.

jogos-primeira-fase

PONTOS FORTES

Daniel Ramos já deu provas da sua qualidade. Poderá demorar mais ou menos tempo, mas pelo que fez no Santa Clara, e sobretudo no Marítimo, os resultados deverão aparecer.

A manutenção dos principais jogadores, sobretudo na linha defensiva e meio campo ajudará este grupo a atingir uma solidez defensiva a curto prazo.

A forte empatia da gente de Chaves por Daniel Ramos, ele que passou pelo clube em 2004-2005.

PONTOS FRACOS

Lacunas ao nível de extremos. Perdigão é o único que reúne qualidade e experiência na Liga NOS. Também na lateral direito não há uma alternativa de idêntica qualidade à de Paulinho.

A fasquia está elevada, depois do 6º lugar na época passada. Esse será um fator de pressão adicional para Daniel Ramos.

A passagem de Luís Castro também trouxe uma forma de jogar apreciada pelos adeptos do Desportivo de Chaves.

Mesmo assim, houve momentos de ruptura entre Luís Castro e os adeptos, mesmo tratando-se da 1ª época do treinador português.

ATÉ ONDE PODE CHEGAR

aonde-pode-chegar

O Desportivo de Chaves terá a ambição de pelo menos repetir o 6º lugar da época passada.

Se exceptuarmos os 3 grandes, o Sporting de Braga e o Vitória de Guimarães, poderemos colocar o Desportivo de Chaves num patamar próximo do Marítimo e até Rio ave.

Sim será possível, pelo menos lutar pelo 6º lugar.

Não percas a chance de apostar e ganhar na Liga NOS 2018/2019

Abre tua conta nas melhores casas de apostas, aproveita os bônus e boa sorte:


Autor: Duarte Pinto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




CASAS DE APOSTAS LEGAIS
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a apostas desportivas online.
4,0 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis com o Código Promocional: apostaga
mais Bónus no primeiro depósito até um máximo de 100 euros.
3,0 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 100€ euros.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
3,8 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.