Depois de um defeso sem poder realizar contratações devido a um castigo imposto pela FIFA, na sequência de irregularidades detetadas pelo organismo máximo do futebol mundial, o Chelsea não tem pensado duas vezes em abrir os cordões à bolsa. Isto para atacar uma temporada onde procura somar troféus à sua galeria.

CHELSEA: THIAGO SILVA E CHILWELL OFICIALIZADOS PARA DAR ROBUSTEZ DEFENSIVA

O trabalho desempenhado na última época por Frank Lampard mereceu elogios de várias direções, sobretudo pelo futebol que se apresentou com uma boa envolvência ofensiva, onde se destacaram vários jovens valores, que fazem os adeptos “blues” sonhar com um futuro promissor a breve e médio prazo – tenha a direção capacidade para os manter.

A nível defensivo, porém, o Chelsea demonstrava várias lacunas, que causavam alguma preocupação dentro e fora de portas, pelo que o reforço dessa zona do terreno era vista como uma absoluta prioridade neste mercado de transferências.

Até à data, a formação londrina recebeu dois nomes de peso, além de ter contratado Malang Sarr, tendo em vista o futuro.

O jovem central francês de 21 anos atuava no Lille e chegou a Stamford Bridge a custo zero, depois de terminar contrato. Os “blues” já anunciaram que vão emprestar o atleta em 2020/21, por forma a acumular experiência.

Os nomes de peso são os de Thiago Silva e Ben Chilwell. O defesa-central internacional brasileiro atuou nas oito temporadas ao serviço do Paris Saint-Germain, que perdeu o jogador a custo zero.

Nem os 35 próximos de 36 anos de idade (22 de setembro próximo) impediram o desejo de Tuchel de continuar a contar com o brasileiro no plantel, nem o Chelsea de apostar forte na sua contratação, garantindo a adição de um valor inquestionável e que oferece enorme experiência a um setor que conta com vários jovens jogadores.

THIAGO SILVA E CHILWELL OFICIALIZADOS PARA DAR ROBUSTEZ DEFENSIVA

Para a lateral esquerda, o Chelsea não se coibiu de gastar cerca de 50,2 milhões de euros, para garantir a contratação de Ben Chilwell ao Leicester City, onde se notabilizou nas últimas temporadas, o que lhe valeu 11 internacionalizações A pela seleção de Inglaterra.

Com 23 anos de idade, Chilwell tem ainda margem de progressão na sua carreira, sendo, no entanto, um valor seguro e um acrescento competitivo de excelente nível ao setor mais recuado de Frank Lampard.

WERNER PARA ACRESCENTAR GOLOS

Ao eixo do setor ofensivo, que tinha como principais figuras na última época o experiente francês Olivier Giroud (33 anos) e o jovem inglês Tammy Abraham (22 anos), o Chelsea conseguiu uma adição de enorme categoria, batendo a concorrência de vários outros “tubarões” europeus, com destaque para o Liverpool, que foi insistentemente apontado como próxima paragem de carreira a Timo Werner.

O avançado alemão atingiu em 2019/20 o rendimento máximo da sua carreira, aos 24 anos de idade, com 34 golos apontados em 45 jogos ao serviço do RB Leipzig, onde se notabilizou ao longo das últimas quatro épocas, depois de chegar proveniente do Estugarda.

Com uma inteligência notável na movimentação e na procura de espaços, que não só lhe facilita o rendimento individual, como também proporciona a criação de oportunidades de golo para os colegas de equipa, Timo Werner procurará cimentar o seu nível qualitativo na exigente Premier League, tendo já se estreado a marcar, num jogo de preparação frente ao Brighton, no passado fim-de-semana.

Uma partida que contou com a presença de cerca de 2.500 espectadores, numa espécie de ensaio do governo inglês para avaliar a possibilidade de vir a ter adeptos nas bancadas na próxima temporada, que está prestes a arrancar.

…E ZIYECH PARA AUMENTAR A CRIATIVIDADE

Com a saída de Willian, o Chelsea preparou-se bem para garantir a permanência de talento individual com qualidade suficiente para poder vir a decidir um jogo por si só, através de rasgos individuais de técnica apenas ao alcance dos melhores.

É esse o caso de Hakim Ziyech, extremo criativo com uma notável capacidade no drible e na criação de desequilíbrios nas defesas contrárias.

O marroquino valeu 40 milhões de euros aos cofres do Ajax, onde foi uma das principais figuras nas últimas quatro épocas, não só com assistências, mas também com vários golos marcados (50 em 165 jogos).

KAI HAVERTZ PERTO DE ESTAR FECHADO

Se os nomes que já mencionei anteriormente já deixam água na boca do mais puro adepto de futebol, caso o Chelsea seja mesmo capaz de assegurar a chegada de Kai Havertz a exigência subirá ainda mais de tom no seio do clube.

KAI HAVERTZ PERTO DE ESTAR FECHADO

Nas últimas horas, a imprensa internacional fala de um acordo entre Chelsea e Bayer Leverkusen com valores entre os 80 e 100 milhões de euros, mas esta é uma novela que já dura há largas semanas, com muita informação e contrainformação.

Certo é que Peter Bosz, treinador do Leverkusen, já admitiu publicamente que não espera voltar a contar com Kai Haverz e Kevin Volland (de saída para o Monaco) nos treinos de preparação para o arranque de 2020/21.

Frank Lampard terá uma enorme responsabilidade sobre os seus ombros, mas é certo que terá um plantel com uma qualidade inquestionavelmente superior ao da época passada, onde conseguiu fazer uma boa campanha nas várias competições.

A próxima partida oficial do Chelsea está agendada para o dia 14 de setembro, uma segunda-feira que ficará marcada pela estreia dos “blues” na Premier League, frente ao Brighton, no Amex Stadium.

O arranque da nova equipa de Lampard já tem cotações na Betano, com a vitória do Chelsea a pagar 1.67, o Empate a 3.85 e a vitória caseira do Brighton a garantir 4.50 por euro apostado.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Chat no Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Casas de Apostas
3,8 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis mais Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
4,0 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Aposta de 5€ Grátis com o Código Promocional: APOSTAGANHA1 mais 50% de Bonus até um máximo de 50 euros.