Clássico FC Porto vs Benfica: Duelo de Gigantes com título em mente

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / Clássico FC Porto vs Benfica: Duelo de Gigantes com título em mente

Este Sábado, Portugal irá parar a partir das 20:30 para assistir a um Clássico do Futebol português que assume particular importância nas contas do título nacional 201819. FC Porto e Benfica estão separados por um ponto e o Estádio do Dragão ira engalanar-se para acolher o tira-teimas…

Dragão rejuvenescido na hora certa

O Futebol Clube do Porto parecia desfilar a caminho do título até final do ano civil, mas uma entrada em falso no novo ano com três empates em quatro saídas na Liga Portuguesa permitiu ao Benfica encurtar distâncias de sete para apenas um ponto no topo da tabela classificativa com ainda muito campeonato pela frente.

Felizmente para os Dragões, a formação de Sérgio Conceição consegui travar esse mau período de resultados com duas vitórias consecutivas na competição, a que se junta outro triunfo na passada terça-feira para a Taça de Portugal diante do Sp. Braga (3-0) que ‘escancarou’ as portas da Final da Taça no Jamor aos portistas.

porto lider

Curiosamente, esta reação deu-se numa fase em que as opções do técnico portista se reduziram substancialmente com os problemas físicos de Yacine Brahimi e as lesões de Danilo Pereira e Moussa Marega.

Pelo meio, Tiquinho Soares teve de cumprir um jogo de suspensão e Éder Militão foi ‘riscado’ da lista em Tondela por comportamento pouco profissional na sequência de uma saída noturna em véspera de jogo.

Acontece que o Porto reagiu bem a essa adversidade com o seu habitual espírito de equipa fomentado por Sérgio Conceição, e agora a lista de indisponíveis parece mais aliviada com as recuperações dos três jogadores anteriormente debilitados em termos físicos.

Com Danilo de volta ao meio-campo e Marega e Brahimi no ataque, o Porto ganha mais força, no entanto não é garantido que todos eles reentrem diretamente no onze inicial pois jogadores como Oliver Torres, Ótavio ou até mesmo Fernando Andrade têm dado boa conta do recado e certamente acalentam esperanças de jogar de início num dos jogos mais importantes da temporada do clube.’

Um histórico favorável no Estádio do Dragão

O passado recente traz boas memórias ao Porto das suas partidas caseiras contra o Benfica. A formação portista consentiu apenas uma derrota perante o rival lisboeta nos últimos nove confrontos em sua casa, tendo vencido em quatro ocasiões e empatado noutras quatro.’

Trata-se de um registo positivo que certamente galvaniza os jogadores e adeptos da casa, sendo que as Casas de Apostas alinham nessa tendência apontando o Porto como favorito a vencer o encontro a  2.34  na Esc Online.

A turma de Conceição sofreu uma derrota caseira inesperada numa fase prematura da época diante do Vitória de Guimarães, mas desde então conta por vitórias os jogos disputados numa sequência de nove partidas.

Se levarmos esta análise até todas as competições oficiais verificamos que o Porto só consentiu mesmo essa derrota no seu reduto em 19 partidas oficiais com destaque para os três triunfos na Liga dos Campeões diante de Galatasaray, Lokomotiv de Moscovo e Schalke 04.

Benfica de Lage terá prova dos nove

Hoje em dia ninguém duvida da evolução da equipa benfiquista desde a saída de Rui Vitória e entrada de Bruno Lage, inicialmente como técnico interino, mas rapidamente promovido a treinador principal e com contrato renovado.

A forma como o técnico português foi capaz de dotar esta equipa de sangue novo sem necessitar de ir ao mercado é algo realmente assinalável. Mesmo com Jonas, Ljubomir Fejsa e Jardel lesionados por várias semanas, Lage teve o condão de recorrer às camadas jovens do clube com grande sucesso, até ao momento.

Para além disso, a aposta declarada em João Félix tem colhido frutos e o jovem atacante luso tem contribuído com a sua versatilidade ofensiva num ataque encarnado absolutamente letal na transição ofensiva. Félix tem ótimas características para se firmar neste Benfica, nomeadamente através da sua velocidade de execução e ótima movimentação nas zonas adiantadas do terreno, estando a contribuir regularmente com golos e assistências.

Mas este ataque infernal não se limita às qualidades de um jovem, pois elementos como Rafa Silva, Pizzi ou Haris Seferovic têm sido preponderantes na forma como o Benfica estica o jogo com movimentos muito rápidos.

Desde a chegada de Bruno Lage, o Benfica só perdeu uma partida – precisamente frente ao FC Porto por 1-3 na semifinal da Taça da Liga – sendo que na Liga Portuguesa conta por vitórias os encontros disputados.

Nessa sequência, temos de destacar o excelente triunfo na casa do rival lisboeta Sporting por 2-4 numa verdadeira exibição de gala.

Agora, e já depois de eliminar o Galatasaray na Liga Europa, o Benfica terá um dos maiores desafios da sua época, pois este clássico com o FC Porto pode definir o futuro da Liga Portuguesa.

joao felix benfica 2

Em caso de vitória – cenário avaliado em  3.30  pela Bet pt – o Benfica saltará para a primeira posição da Liga Portuguesa, completando uma recuperação de sete pontos abaixo para dois acima em apenas sete jornadas de Campeonato.

Por outro lado, uma derrota na casa do Dragão deixará as hostes encarnadas novamente mais distantes do título – no caso a quatro pontos – e provavelmente com desvantagem no confronto direto – o Benfica venceu em casa por 1-0.

Um empate deixará tudo em aberto na corrida ao título, com o Benfica a somente um ponto do FC Porto, mas com vantagem no confronto direto pelo que qualquer deslize dos portistas poderá ser fatal e a luta pode prolongar-se até aos últimos minutos de Campeonato.

Poder Físico vs Velocidade e irreverência

O FC Porto é por estes dias um dos clubes mais poderosos em termos físicos no panorama do futebol nacional. Caso Sérgio Conceição volte a apostar numa dupla de centrais com Pepe e Felipe, remetendo Éder Militão para a lateral direita, o Porto terá três defesas de elevado poder físico. Para além disso, pode recorrer aos serviços de Hector Herrera e Danilo Pereira no meio-campo, compondo o ramalhete com Marega e Soares na frente.

Ora, aqui temos a chamada receita explosiva no que à capacidade física diz respeito e caberá ao ‘jovem’ Benfica com uma dupla de centrais relativamente inexperiente contrariar o possível assalto constante às suas fileiras.

Em contrapartida, e a confirmarem-se os onzes prováveis de parte a parte, o Porto só terá Brahimi e/ou Corona como elementos de maior versatilidade e irreverência, ao contrário do Benfica que apostará mais nesse departamento.

João Félix, Rafa Silva, Pizzi, Grimaldo ou até mesmo Seferovic são jogadores com qualidades para superar o poderio físico dos adversários com a sua irreverência e imprevisibilidade de movimentos pelo que teremos uma espécie de duelo de contrastes neste Clássico.

Se a partida for muito disputada a meio-campo com constantes disputas acirradas pela posse da bola, suspeito que o Porto poderá levar vantagem nesta partida, porém se as coisas forem para um patamar mais aberto com ambas as equipas a explorarem o ataque de modo desenfreado – um pouco como na semifinal da Taça da Liga – talvez o estilo de jogo do Benfica saia mais beneficiado com isso numa fase em que os seus atacantes respiram confiança a cada toque na bola.
Guerra comunicacional leva ‘vampiros’ a sair de casa

Após mais uma troca de ‘galhardetes’ entre gabinetes de comunicação dos clubes que foi originada por declarações de um comentador do FC Porto alegando que os jogadores do Benfica deveriam ser alvo de controlos anti doping, tivemos notícia de que jogadores preponderantes dos dois clubes que têm estado a contas com problemas físicos foram sujeitos a um controlo anti doping na antecâmara da partida, no caso concreto Jonas, do lado do Benfica, e Marega, do lado do FC Porto.

pepe porto

Embora seja sempre atípico que sejam os próprios clubes a de certa forma chamarem a atenção das autoridades para a importância destes testes de despiste, não deixa de ser um motivo de satisfação saber que ambos os clubes estiveram na mira dos ‘vampiros’ afastando assim toda e qualquer suspeita em relação a eventuais manobras ilícitas no sentido de colocar determinado clube na linha da frente para este desafio.

Em suma, temos todas as condições reunidas para um dos jogos chave na luta pelo título nacional da época 2018/19 com os portistas em busca de revalidar o título e os encarnados à procura da Reconquista depois de terem perdido o título na época passada pela primeira vez em cinco temporadas.

Esperemos que seja uma grande propaganda para o futebol nacional, e não mais um daqueles jogos repletos de quezílias e polémicas, com arbitragem e Video-Árbitro no centro das atenções como regularmente sucede no nosso futebol.

Será que estou a ser demasiado otimista quando estamos perante um jogo de importância extrema para ambos os emblemas? Talvez, mas espero estar enganado e assistir a um saudável esgrimir de forças dentro de campo de onde possamos extrair um vencedor justo sem azo a polémicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




CASAS DE APOSTAS LEGAIS
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a apostas desportivas online.
4,0 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis com o Código Promocional: apostaga
mais Bónus no primeiro depósito até um máximo de 100 euros.
3,0 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 100€ euros.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
3,8 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.