Apostas Online em Portugal – Aposta Ganha

CLV – Closing Line Value

Ora cá estamos, para quem leu o último artigo, estará certamente preparado para enfrentar esta bela dor de cabeça – CLV – Closing Line Value. Não irei transformar o CLV em dialeto português pois acredito que tem siglas e denominações que se deve manter, esta é uma delas.

Obviamente muitos sabem e já ouviram falar desta sigla ou conceito nas apostas desportivas, mas hoje vou tentar minimizar a dificuldade de compreensão ou a assimilação deste importantíssimo conteúdo para quem aposta profissionalmente.

Quem está neste mundo das apostas online vê tal como eu um investimento, algo que possas extrair valor, nas odds ou claro está, na nossa banca. A ideia central é sermos lucrativos, mesmo que as casas de apostas não nos deixem, a ideia passa sempre por ter rentabilidade do tempo que dispensamos nestas coisas das apostas, como muitos dizem.

Olhemos este artigo com um olhar de investidor, para chegarmos à explicação do CLV – Closing Line Value

No artigo passado expliquei as odds de abertura e as odd de fecho, para que percebam agora a ideia central do CLV.

CLV – Closing Line Value

Como já sabem, se leram o artigo, a opening odds, ou odds de abertura, são odds com pouca liquidez sobretudo nas casas europeias e muito ajustadas ao que foi feito mesmo agora no presente.

Ao contrário as odds de fecho – Closing Lines odds estas refletem a tendência do mercado, as variâncias, e todas as notícias até à hora do começo do jogo.

Estas linhas contam também com o dinheiro dos profissionais de apostas, aqueles que não andam aqui a “brincar” ou melhor contem que nestas odds está o “Public Money” e o dos profissionais.

É bom termos estes dois conceitos na nossa cabeça, para que já a seguir possamos perceber o CLV e com isso vocês possam extrair ainda mais valor no futuro próximo nas vossas apostas e métodos de apostas.

Quer queiramos quer não, apostar é sempre um resultado que procuramos que seja lucrativo, digamos que queremos e procuramos uma percentagem a mais do que estamos a investir. Por isso apostar no meu conceito está mais ligado ao investimento, as ideias da banca do que ao desporto por si só!

Atenção, quando queremos ser lucrativos tem algo que temos que ter em mente, o “juice” das casas de apostas e aqui nada temos a fazer, este “juice” é controlado única e exclusivamente pelas casas de apostas.

Só nos resta aqui, escolher aquelas que nos dão menos juice, ou nos compensem com melhores odds em relação á concorrência. Daí a importância de termos que trabalhar com a melhor, ou as melhores casas de apostas do mundo.

A chave do sucesso nas apostas passa por encontrar valor nas linhas e no mercado e estar constantemente apostar nas odds de fecho – Closing Lines.

CLV – Closing Line Value – A explicação simples:

Vamos imaginar que nas odds de abertura para o jogo Porto vs Benfica a linha estava no Handicap Asiatico 0.0 diria que uma vitória e uma Void num possível empate era a linha que achamos correta.

Após as entradas no mercado a linha já está no AH -1 por exemplo, significa que temos duas linhas de “avanço”, certo?

Bem acho que é melhor explicar pelos spreads por exemplo do basquetebol a ver se me faço entender melhor, Chicago vs Celtics a linha está em 2.5 pontos a favor da equipa da casa – Chicago.

Quando olhamos as Closing Lines a linha já vai em 5.5 pontos a favor dos da casa, e isso dá-nos 3 pontos a nosso favor, certo?

Calma, podemos não ganhar aposta, mas estamos muito á frente, como disse no artigo passado, temos “edge” em relação ao mercado, conseguimos perceber que o mercado abriu mal e que ajustou a nosso favor.

Closing Line Value passa por isto mesmo, ter valor e esperar encontrar valor nas linhas de abertura mal colocadas e bate-las com as de fecho!

CLV – Closing Line Value – A explicação simples

Vamos a outro exemplo, pois quero mesmo que vocês percebam isto, pois é mesmo, mesmo, muito importante.

Imaginem dois amigos que são doidos por NBA, ambos fazem apostas para a NBA, digamos toda a temporada cerca de 250 apostas.

O Ricardo Matos, é um apostador que entra mal as odds saem, e faz as suas apostas o mais antecipadamente possível, usando o CLV.

Por outro lado, o Rodrigo César, vai entrar no mercado algumas horas antes do evento começar, pois prefere ir á melhor cervejaria de Santos, e estar com a musa do Santos, em vez de estar á espera que as odds saiam.

Se fizermos as contas, o Rodrigo terá prejuízo a longo prazo, pudera a Musa do Santos é inspiradora, mas eu fico com olheiras e nem sinto o perfume da Musa! Mas a banca vai mostrar que tenho razão.

Exemplo:

BettorWin %Total BetsWinsLossesAverage OddsBet SizeTo WinProfit/Loss
Ricardo54%2501351151,90$110$100$850
Rodrigo54%2501351151,83$120$100-$300

 

Vamos então agora chegar à conclusão que não adianta muito esperar pela onda do mercado ou esperar pelo fecho para estarmos mais á frente do que nas odds de abertura.

Diria até por formula: CLV= Odds de abertura – Odds de fecho

Se for positivo estamos em “edge” se for negativo algo não conseguimos prever da melhor forma, não conseguimos fazer aquilo que os operadores de bolsa fazem que é antecipar-se ao mercado, nem que seja por segundos.

Estar com esta fórmula na cabeça e perceber este conceito, para muitos profissionais é saber que terão lucro a longo prazo. Se tivermos sempre ou a maior parte das vezes à frente do mercado conseguimos ser lucrativos e conseguir bater as linhas que nos dão.

Claro temos que ter várias questões em consideração, nem sempre podemos apostar neste “método” até porque como eu sei e vocês sabem, as casas abrem cada vez mais “justas” cada vez mais a linha no futuro caí em vez de subir, dando ainda menos margem ao apostador.

Como vos tenho dito anteriormente, as casas estão cientes deste “trabalho de casa” dos EV positivos, e estão cientes que os apostadores, cada vez estão mais informados e sabem como dar a volta a tudo isto.

A “guerra” continua desleal é certo, mas aqui e ali ainda se encontram brechas e linhas mal projectadas, mas cabe a nós saber entrar ou não nelas.

O conselho que vos deixo e tenho deixado até nos nossos Podcasts Apostaganha, e no Telegram do apostaganha, é que apostem mais qualitativamente do que quantitativamente.

Apostaganha no Telegram

Apostar menos e melhor e com mais qualidade, é a melhor maneira de ser vantajoso e lucrativo a longo prazo.

As casas sabem e monitorizam e sabem o que os apostadores lucrativos fazem para terem lucros, diria que somos os verdadeiros professores para eles, e depois criam estratégias para dar a volta a questão.

Estar sempre na onda, saber o melhor, pensar em estratégias diferentes, e abordar as coisas de maneira diferente é sem dúvida uma qualidade extra que o apostador hoje em dia deve ter em conta. Daí dizermos que não são todos os apostadores que são lucrativos.

Esta qualidade ou melhor, esta obrigação que hoje os apostadores profissionais têm que ter, deve-se muito a perspicácia e estar sempre á procura de novos métodos e ideias para sair sempre á frente ou bater a famosa CLV.

Posso dizer que estratégia que passam por EV+ ou CLV estão a ser combatidos pelas casas de apostas, elas sabem quando é que têm de virar a coisa a favor delas, elas monitorizam tudo.

Existem novos conceitos, onde as casas também sentem dificuldade, hoje em dia muito em voga os “expected goals”, algo mais complexo para as casas e para nós, mas que nos podem ajudar e chegar mais perto do que pensamos para um desfecho feliz.

A moda é feita de tendências, e nas apostas é exatamente o mesmo, mas diria que mais cedo ou mais tarde as casas saberão dar a volta a isto e não falta muito.

Quando falo que devemos extrair ainda valor nas apostas ao vivo, digo que quando as linhas estão mal projetadas, ainda conseguimos ir buscar ainda mais valor no live por vezes. Ou então no sentido contrário, quando elas caiem, podemos esperar que elas voltem a onde deviam estar.

Apostas ao Vivo

Posto isto, cada vez mais considero que uma ótima analise de pré live é o futuro nas apostas, a especialização a visualização de todos as equipas na liga que apostamos é uma mais valia e será cada vez mais.

Agora percebem porque é que eu trabalho as minhas entradas em Live e vejo valor estar a atuar em algo que não fazia sequer.

Espero que entendam que não podem parar, adormecer sequer, se querem ser lucrativos nas apostas, devem ponderar tudo e estar sempre a pensar como dar a volta, como encontrar maneiras de se aproveitarem daquilo que vos dão.

Hoje o tema foi sobre CLV, espero que percebam as ideias e do que tentei transmitir ao todo, todos os exemplos são meramente exemplos, não são reiais, nem estatisticamente viáveis, só demonstrações de ideias.

Usem e abusem dos conceitos, tentem vira-los a vosso favor, tentem criar novas abordagens as casas de apostas, pensem sempre que elas daqui a nada já vão saber o que vocês fazem.

E claro, de uma maneira ou de outra, se forem lucrativos levarão com as “armas” delas, limites, bloqueios e dificuldades em levantar a vossa banca de apostas, mais do mesmo, certo?

Bem amigos, por hoje é tudo, boas apostas e boa sorte, e no próximo artigo vamos gerir!

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *