Como analisar Tacticamente um jogo de Futebol

Aposta Ganha / Tutoriais e Dicas de Apostas / Como analisar Tacticamente um jogo de Futebol

Ultimamente tenho reparado que muitos apostadores analisam os jogos unicamente por estatísticas. Não estou a dizer que não seja um método válido, eu próprio adoro estatísticas e costumo aproveitar-me delas no momento de apostar, mas é fundamental também saber Como analisar Tacticamente um jogo de Futebol.

Como analisar Tacticamente um jogo de Futebol

Contudo, e principalmente nas apostas ao vivo, gosto de recorrer ao meu conhecimento sobre futebol em geral para analisar um jogo, e este método tem provado ser lucrativo para mim.

Por isso, gostava de partilhar a forma como eu analiso jogos sem recorrer a estatísticas. Não sei se vai ajudar alguém a gerar mais lucro, mas gostava de partilhar algum conhecimento que pode ser útil no futuro.

Zona 14

Primeiro, creio que é importante explicar o que é a Zona 14 no futebol. Vários pesquisaram sobre esta zona com especial atenção, mas todos deram respostas semelhantes.

A zona 14, também referida como “golden square” é uma zona no campo que quando explorada de forma eficaz se torna a zona mais provável para criar oportunidades de golos.

O estudo diz mesmo que a forma como se explora a zona 14 dentro de campo é a diferença entre boas e más equipas, pois quem explora esta zona de forma eficaz tem mais probabilidade de marcar golos.

Zona 14

Inicialmente, duas equipas foram alvo deste estudo para determinar a eficácia desta zona, a selecção francesa (98/2000) e o Man. United (98/99).

Ao observar a selecção francesa que venceu o mundial em 98 e o euro em 2000, concluímos que 81,3% dos golos marcados foram provenientes de assistências a partir desta zona.

Contudo, é também preciso notar que para ser eficaz nesta zona é preciso ter um jogador com grande técnica e que consiga jogar com rapidez, pois a chave é explorar a zona em menos de 2.7 segundos, caso a equipa tenha a posse nesta zona por mais de 8 segundos, não irá criar qualquer tipo de oportunidade, sendo muitas vezes obrigada a explorar as alas ou a reciclar a posse.

Para quem não sabia desta zona, conseguem agora pensar em momentos em que um jogador tem espaço para cruzar mas prefere passar para trás?

Não é tanto uma má decisão, é uma instrução do treinador, que prefere reciclar a posse para explorar uma zona que dá mais probabilidade de marcar golos, aliás, os cruzamentos são na verdade muito pouco prováveis de criar oportunidades, e dependem de vários factores, o que não quer dizer que não possa surgir golo a partir de um cruzamento, como sabemos.

Extinção do número 10

Estamos claramente a falar de uma altura onde os “número 10” brilharam. Jogadores com capacidade técnica, visão e grande qualidade de passe, exploraram muito bem esta zona, muitas vezes destacando-se não pelos golos marcados, mas pelo número de assistências.

No entanto, um problema surgiu. Quando os treinadores começaram a perceber que podiam explorar esta zona ofensivamente, consequentemente tiveram de pensar que esta zona teria de ser defendida com especial atenção.

Um dos treinadores mais eficazes na forma como defende esta zona, é José Mourinho, um treinador que venceu muitos titulos imediatamente após este estudo.

Não é preciso muito para perceber porque Mourinho adora o 4x2x3x1, com dois médios mais recuados a proteger a sua zona 14 mas sempre com um criativo à procura de atacar a zona do adversário.

Mourinho gosta ainda de jogar em contra-ataque porque assim o seu médio ofensivo tem mais oportunidades de encontrar o espaço quando o adversário está desequilibrado com jogadores fora de posição.

Depois de Mourinho foram muitos os treinadores que procuraram adaptar-se a este novo metodo de defender a zona 14. Um dos treinadores com mais sucesso é Conte, com o seu 3x5x2.

Defensivamente os dois alas fecham a defesa completando uma linha de 5, permitindo aos 3 médios fechar este espaço sem sentir a necessidade de sair da posição.

Estamos a falar de uma defesa à zona, o que não significa que não se esteja a marcar um homem, mas Mourinho falou disto numa entrevista para explicar como venceu o Barcelona com o Inter.

“Quando enfrentamos um jogador como Messi, que é muito móvel, é importante perceber quando o homem deixa de ser responsabilidade de um defesa e passa a ser de outro”,

esta organização defensiva vem da noção que cada jogador defende uma zona.

Mourinho Masterclass:

Como o Chelsea do Conte defendeu a zona 14 contra o Barcelona (5x3x2)

tatica mourinho

Treinadores como uma mentalidade “mais defensiva” também evoluem o futebol. Jogadores fixos nesta posição deixaram de ser tão eficazes, e tiveram de se adaptar a outras posições no campo para fazer um movimento, criando mais dificuldades.

Jogadores que tiveram bastante sucesso no passado, não se conseguiram adaptar a esta nova realidade, talvez por não terem características para jogar noutra zona, como é o caso de Ozil, que brilhou no Real Madrid mas que nunca chegou ao mesmo nível no Arsenal.

Revolução Guardiola e novos roles

Guardiola revolucionou o futebol pela forma como explora a zona 14. Na verdade, Guardiola adaptou a forma como se divide o campo, pois ele não o divide só na vertical mas também na horizontal.

As duas regras fundamentais da táctica do Guardiola são que não pode haver mais de 3 jogadores na mesma linha horizontal, e mais de 2 jogadores na mesma linha vertical.

Isto permite que a equipa consiga criar espaços. Basta repararem na movimentação dos jogadores do Manchester City quando tiverem oportunidade, muitas vezes podem ver o defesa-esquerdo a fazer um movimento para a frente da defesa, nem atrás o Guardiola permite uma linha de 4 jogadores.

Com esta nova forma de ver o campo, Guardiola também mostrou que a zona 14 continua a ser eficaz com o “Half Space” ou como os treinadores costumam referir “The Hole”.

É uma zona mais apertada, mas suficiente para fugir a um meio-campo congestionado.
tatica 3

Dennis Bergkamp’s magic ball from zone 14 (Como explorar o Half Space)

Com esta evolução no futebol e com a extinção dos “número 10”, outros roles foram aparecendo, sobretudo devido a jogadores que se adaptaram rapidamente a outras formas de jogar.

Médio defensivo vs Regista

Pirlo é provavelmente o melhor exemplo de um regista. Um regista não é mais que um número 10 adaptado, que joga à frente da defesa, responsável por criar jogo numa fase inicial, é um jogador com alta capacidade de passe, não só foge à primeira linha de pressão, mas também cria espaços com passes longos.

É até comum o regista trocar passes com a defesa de forma a reciclar a posse de forma a criar condições para sair a jogar.

Não é por um jogador posicionar-se à frente da defesa, que é um médio defensivo. Equipas com um regista são normalmente ofensivas, basta comparar-mos Casemiro com Pirlo.

As características dos dois são bastante diferentes, Casemiro é mais alto, tem mais físico, é menos móvel e não sobe tanto no terreno nem arrisca passes longos, Pirlo é baixo, fraco defensivamente, mas com alta capacidade de passe.

Raumdeuter

O termo foi dito por Thomas Muller quando lhe perguntaram qual era o seu papel dentro do Bayern em 2011, e é absolutamente perfeito para descrever aquilo que ele faz. Raumdeuter significa “space interpreter”.

Olhando para Muller, ele é fraco fisicamente, não é muito rápido, não é conhecido pelo seu remate, drible ou qualidade de passe, nem é muito forte no jogo aéreo.

Pensado assim, Muller nem parece ter qualquer característica física para ser um jogador top. Contudo, olhando para as estatísticas Muller marcou 23 golos em 2012/13, 26 golos em 2013/14, 21 golos em 2014/15 e 32 golos em 2015/16.

As características que fazem de Muller um jogador top é simplesmente inteligência e capacidade de antecipação.

Quer isto dizer, Muller é capaz de antecipar espaços vazios antes de estarem vazios, é perfeito a analisar o jogo, antecipar passes de jogadores sem bola, e movimentos da defesa adversária.

O melhor exemplo de um Raumdeuter actualmente é Dele Alli no Tottenham, basta ver os primeiros golos dele para perceber que ele ocupa bem os espaços, e muitas vezes aparece sozinho, ou simplesmente está no sitio certo, não é por acaso, ele consegue ver muito à frente do resto.

Basta observar os primeiros 10 golos para perceber como ele consegue sempre aparecer num espaço vazio, onde não tem de ser rápido ou disputar bolas fisicamente, para além disso ganha boas posições fáceis para finalizar, nem tem de ser um grande finalizador.

Falso 9

Como não podia deixar de referir o Falso 9. Um jogador que se posiciona na posição de avançado e recua no momento correcto para explorar espaços na Zona 14.

É muito raro um defesa seguir este movimento, pois sabe que deixa espaço atrás, e nos últimos anos temos visto Messi a explorar isto muito bem.

Mas, não só Messi, hoje temos por exemplo Firmino no Liverpool que consegue fazer este movimento muito bem.

Simeone é provavelmente o melhor treinador a defender este role, posicionando os seus jogadores naquilo que chamam “jaula”.

Podemos ver como Messi se adapta à ala, para explorar a zona 14 contra o Atletico.

Noutra altura posso completar a analise com outros aspectos. mas queria deixar apenas esta noção da zona 14. Espero que ajude em algo, mais em live.

Quando virem uma equipa a recorrer muito a cruzamentos há menos probabilidade de haver golos, mas quando uma equipa causa problemas na zona 14, há mais probabilidade em haver golos no encontro.

Outros links Apostaganha onde podes obter mais informações:

Entra no nosso canal do telegram se queres Receber todos os Prognósticos, Destaques, Tutoriais, Promos e muito mais., assina o nosso CANAL . Se queres conversar connosco também no Telegram através de CHAT.

Assiste a todos os nossos podcast e dicas de apostas no nosso canal de youtube. Se gostas de outras redes sociais segue-nos no Instagram e Twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Casas de Apostas
Solverde Apostas

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.

Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.