Como sobreviver á Pandemia do Covid-19 ou Coronavírus

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / Como sobreviver á Pandemia do Covid-19 ou Coronavírus

Primeiro, há guerras mais difíceis! É verdade que esta pandemia do Covid-19 ou Coronavírus, assassino silencioso veio parar o mundo e colocar-nos a todos em quarentena, mas pensem que se cumprirmos as regras não é uma guerra como as guerras mundiais. É ficar em casa, com net, tv, comida, água e luz. Se custa? Acredito.

Se vai fazer com que depois demos muito mais valor às coisas simples? Também. Percebendo que por esta altura já devem estar a perder a cabeça, aqui vão algumas dicas para seguirem.

Como manter a sanidade nesta Pandemia do Covid-19 ou Coronavírus

1 – Um tempo destes, em que o mundo nos obriga a parar e olhar para dentro, serve para podermos estabelecer objectivos para aquilo que queremos a curto, médio e longo prazer em áreas como a saúde, o trabalho, as relações e os hobbys. Depois de estabelecidos, importa firmar um contrato de compromisso para que tenhamos um sitio onde ir relembrar aquilo que determinamos.

Como manter a sanidade nestes tempos…

2 – Num mundo cada vez mais acelerado e movimentado, importa parar e tirar 15 minutos para nós mesmos.

Seja no banho, seja num momento de meditação, o que importa é olhar para dentro. Fechar os olhos e sentir o pulsar do nosso próprio corpo.

Faz falta ouvirmo-nos porque muitas vezes temos medo do que vamos encontrar. Mas é a meditar que nos centramos em nós mesmos e encontramos a tranquilidade necessária para olhar para o mundo com um olhar renovado.

3 – Quantas vezes não dizemos que não temos tempo para ler, ver filmes, ouvir música

porque temos as obrigações naturais da vida adulta?

Seja a sós, seja em familia, esta é uma boa altura para voltarmos aos momentos de cultura, de nos cultivarmos, porque só assim podemos aprender com as obras que se vão produzindo.

4- Num momento em que não temos a preocupação do trabalho, que tal estimular a capacidade de aprendizagem que vamos deixando preguiçar.

Com o maravilhoso mundo da internet e sites como o coursera (ou outros), podemos fazer cursos online em que aprendemos uma língua nova, um instrumento ou até sobre assuntos relacionados com a nossa área profissional. Estar em casa já não é sinónimo de não ter professores disponíveis.

5 – Muitos de vocês estão a passar esta quarentena em família.

E de forma a aproveitar da melhor forma, que tal estreitar os laços de família com jogos e actividades em conjunto? Jogos de mímica, dominó, cartas, puzzles construídos em grupo, tudo é legítimo para criar memórias positivas para mais tarde recordar.

Quanto aos outros que estão sozinhos em casa, já não há desculpa. Telegram, Youtube, Instagram, Facebook, Whatsapp, TeamSpeak, tudo nos aproxima através de chamadas e chamadas de vídeo. Aproveitem para saber como estão os familiares e amigos com que já não falam há muito.

6 – Nunca é tarde para descobrir um hobby ou talento.

A maioria de nós não tem um grande talento para o desenho ou para a pintura, mas é sempre divertido tentar e estimular uma parte do nosso cérebro que normalmente está bloqueada ou censurada: a criatividade.

Estão em casa! Ninguém irá julgar. Dêem largas à imaginação.

7 – Tal como a pintura e desenho, também a escrita é uma actividade que fomos esquecendo.

O que é mau até para a nossa motricidade fina e coordenação motora. Arrisquem-se a escrever cartas a amigos ou descrição de uma viagem ou crítica de cinema ou a vossa biografia ou até escreverem um romance. Quem sabe se não se descobre um talento literário escondido.

8 – Arrumar a casa!

Pode parecer mais um castigo do que algo bom, mas a verdade é que limpar e arrumar a casa pode ser uma boa metáfora para arrumarmos a nossa cabeça.

É verdade que não há nada glamouroso de andar a limpar wc e aspirar, mas também vos digo que no fim a sensação de dever cumprido e ordem irá dar-vos um tremendo orgulho e satisfação.

9 – Continuando a saga das arrumações, será que precisa mesmo de toda a roupa que se vai acumulando nos armários e garagens?

Parece-me que é a melhor altura para fazer essa triagem tantas vezes adiada. E com duas vantagens: irá ganhar espaço e se oferecer a uma instituição, irá provavelmente ser usada por alguém que necessita.

E esse altruísmo irá ser bem mais precioso que uma peça de roupa que não usamos há dez anos.

10 – Vivemos tempos de muita informação e pouco conhecimento.

E nestes dias temos sido inundados por notícias, contra-notícias, confirmações, desmentidos, etc. Poupem-se a isso.

Vejam apenas os noticiários principais, para estarem a par dos factos que estão confirmados e não especulações que nada trazem à nossa sanidade mental.

11 – Mantenham a vossa rotina, sobretudo de sono e refeições.

Apesar das mudanças, tentem não abandonar os horários de deitar, levantar e comer.

É importante para depois voltarem à normalidade. Eventualmente, aproveitem para fazer mais refeições leves ao longo do dia e as refeições principais como momento de confraternização e comunhão.

12 – Cozinhar pode ser terapêutico! E uma actividade familiar.

Se vivemos tempos em que pode não ser possível grandes jantaradas, pode ser um momento em que a criatividade de experimentar novos alimentos e sabores nos leve a descobrir coisas diferentes.

Experimentar novas culturas gastronómicas ou alimentos mais saudáveis pode ser o início de um novo regime alimentar. Atrevam-se a experimentar e podem até organizar um Masterchef familiar.

13 – Tal como a nossa casa física, pode ser importante limpar e organizar a nossa casa virtual.

Assim pode ser um bom momento para organizar o seu mail e redes sociais. Seja organizar os mails por pastas, seja retirar algumas imagens ou até remover pessoas indesejadas, a verdade é que importa também que a forma como o mundo virtual nos vê seja o mais real e verdadeira possível.

Lembrem-se que cada vez mais as redes sociais são a primeira impressão que as outras pessoas tem de nós.

14- Mantenham o bom humor! Filmes como “A vida é bela” ainda hoje são um marco para a nossa geração.

Vivermos um período terrível da História pode ser atenuado se a nossa visão for o mais positiva possível.

Temos sido inundados com humor nas redes sociais por pessoas que se recusam a ver apenas a tragédia. O humor é das melhores anestesias que existe. Recebam e espalhem humor à vossa volta, seja com piadas, memes, vídeos, etc.

15- Façam favor de ser felizes!

Pode parecer o conselho mais estranho porque temos como adquirido que queremos ser felizes. A verdade é que nos esquecemos. Deixamos a vida correr e não damos a verdadeira importância a algo em que só temos um crédito. Deixamos enredar no dia a dia e só sobrevivemos.

Que este tempo de quarentena seja mais do que isso. Seja a pausa que precisávamos para VIVER melhor no futuro. Um psicólogo não muda ninguém que não queira ser mudado. Que estes meus conselhos sejam só o guia para uma mudança que deve ser individual.

Neste momento pode parecer que não, mas isto vai passar. E quando o mundo voltar ao normal temos de ser pessoas diferentes e melhores.

 

Gostastes do nosso conteúdo? então regista-te no nosso canal oficial no Youtube. Além disso, entra em nossas redes sociais como o Instagram e Twitter para se manteres bem informado.

Um sitio perfeito para receberes tudo do AG é o canal no Telegram. Também no chat podes conversas com mais de 2.500 apostadores ao vivo sobre as melhores apostas. Se estas a procura dos Pros acede também os Tipster Profissionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Casas de Apostas
Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Adere ao grupo do Telegram!