Prognósticos para Apostas Desportivas Online - Aposta Ganha

Como construir um método de apostas

Como construir um método de apostas

Mais um artigo exclusivo ApostaGanha, onde desta vez o técnico passa mais a uma auto-ajuda num dos assuntos mais quentes nos últimos tempos, o método de apostas.

São diversos os apostadores que referem que seguem o “seu método” (…) “não fogem ao seu método” e muitas das vezes somos abordamos quem chega aqui pela primeira vez e nos pergunta, mas que método é esse, como se constrói esse método?

A resposta é complexa e foi por este facto que vamos aproveitar para explicar o que é um método, mas ainda melhor ajudar a TU mesmo criares o teu próprio método de apostas.

A explicação do conceito em si pode ser algo curta, mas um método de apostas, passa simplesmente por uma maneira que um determinado apostador tem de fazer as suas apostas.

Digamos que ele traça uma linha e não saí desse caminho. Para isto é necessário que o apostador não seja volátil nas suas apostas e muito metódico e frio.

Explicado está o conceito do método, não vamos explicar aqui um método de apostas em específico, pois cada um tem o seu método que foi desenhado e construído por si. Podemos dar apenas as linhas gerais, e conforme já anunciamos, ajudar a criar o vosso próprio método de apostas.

Para começarmos e antes de tudo, quem avançar para uma construção deve ter a consciência que a “brincadeira acabou”!

Explicando esta frase algo forte, depois de um apostador definir o seu método, não deve sair do seu trilho. Acabou aquela aposta ali, só para ver se dá Green, NÂO, acabou as tentativas, agora começa o plano.

Falta apenas referir que um apostador antes de traçar os seus planos/condições, existem ainda fatores a considerar.

Vamos ver quais são!

Definir-se como apostador, vamos explicar por pontos:

Primeiro ponto, se é um Punter simples, digamos se faz as suas apostas e espera pelo desfecho.

Segundo ponto, se é um Trader, aqui a questão é muito complexa e dava outro artigo com a explicação, deixamos para já este factor de fora.

Terceiro ponto, se é um Punter que corrige as suas posições em live – Aqui é aquele Punter que faz aposta num determinado evento e espera pelo jogo, para que se algo correr mal, ele corrigir a sua exposição, digamos tentar minimizar a sua possível perca ou potenciar ainda mais os seus ganhos.

Um bom apostador a trabalhar nestes dois campos em específico, tem rendimentos muito acima da média. Um dia vamos dedicar um artigo só a explicar este conceito.

Depois de o apostador se definir como tal, vamos dar então início, passo a passo para a construção do método.

Passo 1

Já nos definimos, somos Punter simples (exemplo). Logo somos obrigados por exemplo a preparar bem os jogos onde vamos entrar e tentar minimizar o nosso erro, e expor a nossa banca ao mínimo.

É importante entrar apenas nos jogos que temos a plena consciência que nada nos pode falhar.

Passo 2

Criar um registo que nos apoie, que nos diga como vamos e como estamos a nível de desempenho e de banca claro. É bom que nos diga também como e onde é que nós acertamos mais, ou perdemos mais.

Este fator ajuda-nos a decidir melhor na próxima aposta. P.S – Este registo já deve ter sido criado desde do vosso primeiro dia de apostador é tipo o vosso Cartão de cidadão/ bilhete de identidade de apostador.

Passo 3

Saber quais os mercados em que nós somos capazes de analisar melhor, a título de exemplo, over’s, Under’s, handicaps, ambas marcam.

Aqui é importante que o Punter já tenha conhecimento prévio qual é o seu mercado mais assertivo.

Passo 4

Escolher bem e definir quais são os campeonatos ou competições em que aposta.

Não colocar “moedas” aqui e ali, É importante definir que só aposta naqueles eventos ou campeonatos.

O método já vai a mais que meio, poderão sempre adicionar mais pormenores, do género, eu sempre que aposto no Nice eles perdem, e sempre que não aposto eles ganham – Aqui mais vale “eliminar” esta equipa das vossas escolhas7estudos.

Passo 5

Definir a exposição à banca, por outras palavras, definir quais serão as vossas stakes, exemplo, só um valor definido.

Ter dois valores conforme os campeonatos, equipas ect. Aqui parte muito de vós. Têm que se conhecer muito bem e saberem aproveitar onde e como acertam mais e usar as stakes a vosso favor.

Passo 6

Uma vez criado, não voltar atrás – É preferível vocês demorarem 1 semana ou 2 semanas a definir o vosso método, do que começar e depois reparar que algo está mal.

Sinceramente também não caí nenhum mal ao mundo, se vocês se aperceberem que algo está mal, não vão continuar a persistir com esse erro. É melhor então reformular, ou eliminar aquele aspecto que encontraram.

Avisos à navegação!

Neste ponto merece muita atenção e sobretudo o apostador terá que ter muita consciência que vai ser muito tentado a sair do seu método. É importante que o apostador tenha ideias fixas, que seja frio nesta decisão e levar o seu método até ao fim.

Sim aquele amigo apostador vai chegar com aquela opinião fantástica daquele jogo, e que desafia-o para o seguir. Aquele outro amigo que diz que sabe isto e aquilo e que aquele jogo acabará assim, é GARANTIDO, EU SEI!

O próprio apostador vai também sentir-se tentado em ir naquela equipa que apareceu agora daquele campeonato e que todos os apostadores estão a ir, tipo a equipa do momento.

Aqui mais uma vez referir que o apostador tem que coerente com a sua linha, com o seu método com a sua orientação.

Damos um conselho, se achas que não consegues levar isto a sério, cria uma conta numa outra casa de apostas, mete lá algum capital que não te faça falta, e faz aquelas apostas que te sentes tentado. Repara, que só deverás fazer isto em último caso.

A tua banca principal está agarrada ao teu método que tanto te dá dor de cabeça e que tanto te dá suores frios. É esta que tens que trabalhar é com esta que tens que te preocupar, pois certamente deverás ter mais capital investido, certo?

Com o passar do tempo, vais ver que tudo isto vai ser normal, vais sentir-te tentado sim, mais vais reagir normalmente, como se fosse algo natural. Como treinas-te a capacidade de não te deixar influenciar, vais lidar com tudo isto naturalmente.

Neste ponto essencial, e no final de algum tempo, vais ver que este sacrifício tornas-te um apostador mais “culto” mais frio e mais racional e menos emocional. Vais ver que com o passar do tempo, os ganhos vão aparecer e vais sem dúvida agradecer por todo o esforço que passas-te anteriormente.

Parece um conto de fadas, sim talvez, sabendo que no fim se pode colher bem o esforço feito podemos dizer que é um final feliz.

Temos que ser sinceros muitos não conseguem, não são capazes de ser frios, não têm paciência. Mas nestes caso o futuro passará mesmo por serem apenas apostadores lúdicos. Quem quer um dia pensar em viver das apostas online tem que sem dúvida passar pelo “purgatório” da criação do seu método de apostas.

Antes de terminar, apenas fazer uma ressalva. Quando dizemos aqui que devemos manter o nosso método até ao fim, sim é verdade, mas temos que ter a consciência e ir avaliando se está a correr bem ou não. Se algo está errado, PARAR IMEDIATAMENTE e reflectir. Se for preciso voltar a fazer de novo.

Vamos ser sinceros, um apostador está sempre em “mutação”, ele encontra-se sempre aprender, é natural que o método criado um dia já se tenha afastado do que o apostador se tornou. Mas nada melhor que ir ajustando, muito ligeiramente e introduzindo as devidas alteração ao seu método.

Vou dar um exemplo prático. No meu método que eu utilizo, que tem por base a velha máxima nas apostas que é ganhar mais do que perder, prefiro estar mais atrás, defendendo-me, e com isto muito provavelmente numa odd mais baixa, do que expor-me em demasia.

No meu caso em concreto a minha mais valia era o ambas marcam e over’s. Lentamente ajustei os meus ambas marcam para os over’s 2 e 2.25 e passei a explorar também os handicaps, sobretudo os positivos, ou melhor, explorando os underdogs.

Esta introdução foi lenta, e mais informo que no caso dos handicaps positivos, fez alguma moça, o que me fez ponderar em desistir deste mercado. Mas rapidamente ajustei e voltei a seguir o meu caminho.

Bem espero que tenhamos ajudado neste guia de como criar ou construir um método de apostas.

Voltamos a frisar o melhor método é o seu e não o do outro apostador ou lado. Seja frio, resistente e verá que vai chegar ao seu método e obter os dividendos necessários pelo esforço.

Boa sorte e boas apostas.

Autor: Ricardo Matos

13 Comentários

  1. thiago alves

    21 de Setembro de 2017 at 20:41

    execelente…me endentifiquei muito com o artigo …passarei a seguir a aparti de agora..obrigado

  2. Pedro Lopes

    22 de Setembro de 2017 at 17:05

    Parabéns pelo artigo Ricardo. Tenho um método a algum tempo e por vezes é difícil não “pular a cerca”. Mas como dizes e bem, temos que nos manter firmes e frios ao método. Por vezes fico em pulgas quando não há jogos das ligas que aposto, mas lá tem que ser, esperar uns dias…
    Abraço

  3. Fernando Costa

    23 de Setembro de 2017 at 14:09

    Muitos parabéns pela a análise, já a algum tempo que me foquei apenas no meu método e confesso que é esse o caminho sem dúvida.

    • Ricardo Matos

      23 de Setembro de 2017 at 23:33

      Obrigado, também acredito que seja o caminho mais lúcido que um apostador possa ter.

  4. Rui Pedro

    24 de Setembro de 2017 at 17:38

    Em total desacordo com o artigo.
    Pode haver métodos, o que não existe é a garantia da curto, medio ou longo prazo haver lucros.
    Tudo depende do factor sorte, ou se assim não fosse as casas de apostas online existiriam? Para ter prejuizo?

    • Rodrigo Cesar ApostaGanhaBR

      26 de Setembro de 2017 at 6:32

      Mas quem disse que método é garantia de lucros? há alguma atividade humana que oferece garantia de lucros? nas apostas e na vida se ganham e se perdem…claro que o factor sorte está presente nas apostas…assim como está presente em tudo na vida…desenvolver um método adequado e condizente com o seu perfil como explicitado no artigo do Ricardo é justamente para controlar os fatores externos como sorte ou azar…releia o artigo…não há promessas aqui…há um caminho.

    • Ricardo Matos

      27 de Setembro de 2017 at 19:21

      Rui jamais falei que este método iria trazer lucros? Não verá em alguma linha que o método vai trazer lucro. Aliás eu digo apenas como ajudar a chegar a esse mesmo método. Não quer dizer que no fim esse método seja ideal para obter lucro.

      Mais uma vez deverá reler o artigo, pois não explicamos qualquer método para chegar ao lucro. Apenas explicamos como devemos construir um e à maneira do apostador.

  5. Rui Pedro

    28 de Setembro de 2017 at 17:52

    Com todo o respeito caro Sr. Ricardo, cito o seu ultimo parágrafo:
    “Voltamos a frisar o melhor método é o seu e não o do outro apostador ou lado. Seja frio, resistente e verá que vai chegar ao seu método e obter os dividendos necessários pelo esforço.”
    Obter os dividendos será ter prejuizo?
    Respondendo ao Sr.Rodrigo: Sim há uma actividade humana que garante de lucros: trabalhar cada vez melhor , produzir 🙂

    • Rodrigo Cesar ApostaGanhaBR

      29 de Setembro de 2017 at 0:14

      Nem essa atividade dá dinheiro sem risco…

    • Ricardo Matos

      8 de Outubro de 2017 at 16:46

      dividendos necessários pelo esforço, nem que seja ganhar um amigo no mundo das apostas looool

      Abraços Rui Pedro

  6. Rui Ferreira - Tugarasca

    11 de Outubro de 2017 at 15:57

    Muito bom artigo, parabéns.

    Procurar um método que se adapte à nossa pessoa, não só trará os “dividendos necessários pelo esforço”, como também um sentimento de vitória e confiança. Uma casa não se começa pelo telhado e como em tudo na vida, as coisas planeadas e pensadas acabam sempre por correr melhor. Ser cada um a estudar e planear o seu método penso ser o caminho ideal para cada apostador, até porque não existem dois apostadores iguais e o que funciona bem para um, pode não funcionar tão bem para outro.

    Abraço e Siga aos Greens!

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *