O campeonato acabou de terminar no passado fim-de-semana e a época desportiva ainda nem está concluída, mas já são vários os clubes da Liga NOS que oficializaram as mudanças nos respetivos comandos técnicos.

CARVALHAL: «O MEU ADN É BRAGA»

Os destaques, naturalmente, vão para as contratações de Carlos Carvalhal, pelo Braga, e de Tiago Mendes, pelo Vitória Sport Clube.

Depois de ter guiado o Rio Ave ao 5.º lugar e, consequentemente, às pré-eliminatórias de acesso à fase final da Liga Europa em 2020/21, Carlos Carvalhal deslocou-se mais para norte e representará, pela duração de dois anos (segundo o contrato assinado), o Sporting de Braga.

Este é um regresso a casa, uma vez que Carvalhal é nascido na cidade minhota e lá habita. Em 2006/07, o técnico de 54 anos teve uma aventura pouco duradoura no Braga, de onde saiu ao fim de menos de cinco meses.

Na conferência de imprensa de apresentação, ladeado do presidente António Salvador, o antigo treinador, entre outros, de Besiktas, Basaksehir, Sheffield Wednesday e Swansea City, proferiu declarações fortes:

«Quando entro num clube, costumo dizer que vou vestir a pele desse clube. Desta vez é mais simples. Não vou vestir a pele, esta é a minha pele», atirou, declarando mesmo que «o meu ADN é Braga» e referindo-se à instituição como «o clube do meu coração».

Já Salvador mostrou-se bastante satisfeito com o “regresso a casa” daquele que «é dos melhores treinadores do nosso campeonato.

A dança de treinadores no futebol português

É um treinador à imagem do Sporting de Braga», declarou o presidente dos “guerreiros”, elogiando ainda o futebol praticado pelas equipas de Carlos Carvalhal.

Está encontrado, assim, o sucessor de Artur Jorge Amorim, que foi o quarto treinador do Braga em 2019/20. A temporada começou com Ricardo Sá Pinto (que já surgiu apontado ao comando do Rio Ave), prosseguiu com Rúben Amorim, que deu lugar a Custódio, que precedeu Artur Jorge.

TIAGO MENDES ESTREIA-SE NA CIDADE-BERÇO

É caso para dizer que, no atual planeta futebolístico, os empresários fora de campo têm cada vez mais peso nas opções a tomar tendo em vista o rendimento das equipas dentro de campo.

Formado no Braga, o antigo médio Tiago Mendes já foi oficializado como novo treinador do Vitória Sport Clube, mais conhecido como Vitória de Guimarães, que seguiu orientado por Ivo Vieira durante a época 2019/20.

Com passagens, durante a sua carreira de jogador, por clubes como Benfica, Chelsea, Lyon, Juventus e Atlético Madrid, o ex-internacional português fará a sua estreia como treinador principal, aos 39 anos de idade, depois de ter passado algum tempo como adjunto de Diego Simeone no Atlético Madrid.

Segundo a informação divulgada pelo Vitória, a duração do contratado celebrado entre ambas as partes é de dois anos. Uma aposta de elevadíssimo risco, visto que este será o primeiro passo de Tiago Mendes como treinador, pelo que o retorno que poderá gerar é uma completa incógnita.

Ao longo dos últimos dias, haviam sido apontados dois nomes ao comando técnico do Vitória, para suceder a Ivo Vieira, que já tinha levantado a ponta do véu em declarações prestadas a propósito dos últimos jogos do campeonato. Esses nomes foram João Henriques e Mário Silva, dois técnicos que, para já, estão livres.

SANTA CLARA E BOAVISTA TAMBÉM COM NOVOS TREINADORES

As duas equipas foram protagonistas de campanhas tranquilas na luta pela manutenção e apontam a voos ligeiramente mais altos na próxima temporada, depois de alcançada a consolidação entre a elite do futebol português.

Orientado por João Henriques nas duas últimas temporadas, o Santa Clara já confirmou a contratação de Daniel Ramos (ex-Boavista), treinador de 49 anos que está de regresso aos Açores e à ilha de São Miguel, depois de lá ter orientado os “encarnados” de Ponta Delgada nos primeiros meses de 2016/17, antes de rumar ao Marítimo.

daniel ramos pt

Depois de passar por Marítimo, Chaves, Rio Ave e Boavista (onde terminou 2019/20, depois de ter entrado em dezembro de 2019), Daniel Ramos assinou por uma temporada com o Santa Clara, que aponta a uma campanha que lhe permita alcançar tranquilamente a manutenção e apontar à primeira metade da classificação em 2020/21.

O Boavista, que viu Daniel Ramos seguir o seu caminho rumo aos Açores, não teve tempo a perder e os rumores que já se falavam nas últimas semanas vieram mesmo a ser confirmados.

A aposta feita pela direção do clube “axadrezado” recaiu em Vasco Seabra, jovem técnico de apenas 36 anos, que teve como última experiência o Mafra, na Liga Pro, onde conseguiu mostrar um bom futebol e resultados.

Este será, de resto, o regresso do treinador à Liga NOS, onde já orientou o Paços de Ferreira, em 2016/17. A duração do contrato assinado com o Boavista, segundo informação prestada pelo clube da cidade do Porto, é de dois anos.

IVO VIEIRA E JOÃO HENRIQUES LIVRES E APETECÍVEIS

Depois de ter-se destacado ao serviço do Moreirense, em 2018/19, Ivo Vieira fez as malas rumo a Guimarães, onde orientou o Vitória Sport Clube na época 2019/20.

É verdade que os falhanços no campeonato e na Taça de Portugal aumentaram a pressão sob os ombros de Ivo, mas o futebol que a equipa demonstrou durante toda a época, até mesmo em jogos de grande exigência (quer a nível interno, contra Benfica e FC Porto, por exemplo, quer na Liga Europa, diante de equipas como Arsenal ou Eintracht Frankfurt), talvez merecesse um tratamento diferente.

Este é, na minha opinião, um treinador de grande futuro e que mostrará o seu valor, assim tenha condições para o fazer, já numa próxima aventura, que, ao que parece, até poderá passar pelo estrangeiro.

ivo viera pt

Também João Henriques, que chegou a ser apontado como o sucessor de Ivo Vieira na “cidade-Berço”, fez um bom trabalho nas duas temporadas em que liderou o projeto do Santa Clara, mostrando, a espaços, um futebol entusiasta e muito bem articulado nos vários momentos do jogo.

O Rio Ave até poderia ser um destino interessante para João Henriques, mas segundo as notícias das últimas horas a aposta do clube de Vila do Conde, para suceder a Carlos Carvalhal, recairá em Mário Silva, técnico que deixou recentemente o Almería (para onde se mudou José Gomes, proveniente do Marítimo) e que venceu a UEFA Youth League ao serviço do FC Porto, em 2018/19.

MARÍTIMO E GIL VICENTE COM MUDANÇAS A CAMINHO

Um autêntico reboliço esta dança das cadeiras na Liga NOS. Às alterações já oficialmente confirmadas, que descrevi anteriormente, juntam-se alguns rumores, que carecem de confirmação.

No entanto, nos casos de Gil Vicente e Marítimo é certo que ambas as equipas terão novos treinadores. Em Barcelos, Vítor Oliveira anunciou há várias semanas que a equipa «não pode ter dois treinadores» e que, por isso, estaria de saída.

O provável sucessor, do que se falou na ocasião, é Rui Almeida, atualmente desempregado e que conta com experiências sobretudo no futebol francês, ao serviço de Bastia, Troyes e Caen.

Na Madeira, José Gomes abandonou o projeto liderado por Carlos Pereira para rumar aos espanhóis do Almería (lutam, em play-off, pela subida a La Liga) e o presidente maritimista não teve tempo a perder.

Segundo informações divulgadas pelo jornal A Bola, é Lito Vidigal o senhor que se segue, depois de ter conseguido manter o Vitória de Setúbal na I Liga.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Chat no Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Casas de Apostas
Solverde Apostas

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.

Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.