Derrota de Djokovic e triunfo de Federer aguça o apetite para quinta

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / Derrota de Djokovic e triunfo de Federer aguça o apetite para quinta

Pois é, quando estamos na presença dos oito melhores tenistas mundiais do ano tudo pode acontecer a cada jogo, e mesmo jogando bem, Novak Djokovic foi derrotado por um sensacional Dominic Thiem e agora terá de jogar a sua continuação em prova frente a Roger Federer esta quinta-feira. Que clássico!

Nunca subestimem Dominic Thiem!

Como é sabido pelos entendidos do ténis, o tenista austríaco Thiem é um dos mais talentosos jogadores do planeta na atualidade, embora não seja particularmente beneficiado por pisos mais rápidos que lhe retiram algum tempo para armar a sua destrutiva pancada de direita.

Derrota de Djokovic e triunfo de Federer

Ainda assim, ele esteve a um nível estratosférico na noite passada frente a Novak Djokovic conseguindo bater o sérvio pela primeira vez na sua carreira em pisos duros.

Mas engane-se quem pensa que uma exibição sublime foi suficiente para vencer confortavelmente o tenista sérvio, afinal Thiem precisou do tie-break do terceiro set para cantar vitória num verdadeiro clássico do ténis que se prolongou por quase três horas.

Assim, Thiem já bateu Federer e Djokovic nesta fase de grupos do ATP World Tour Finals e já garantiu passaporte para a fase seguinte enquanto vencedor do grupo Borg.

O austríaco está agora cotado enquanto segundo favorito ao título com cotações de 3.80 na Betclic, na sequência de dois escalpes sonantes em Londres, podendo inclusive fazer gestão de esforço diante do italiano Matteo Berrettini na quinta-feira.

E subitamente temos um clássico decisivo em mãos!

Com Dominic Thiem a superiorizar-se a dois vultos do ténis mundial, teremos um embate Novak Djokovic vs Roger Federer absolutamente decisivo esta quinta-feira do qual só um poderá sair com vida, isto é, só um transitará para as semifinais do ATP World Tour Finals.

Ora, olhando ao atual momento dos dois jogadores e ao seu histórico de confrontos recente podemos concluir que é o sérvio quem parte com vantagem teórica, afinal venceu seis dos últimos oito duelos com o suíço, sendo que sete deles aconteceram em pisos duros.

Por essa razão, não surpreende que Novak Djokovic surja como favorito a vencer o embate desta quinta-feira com cotações de 1.36 na ESC Online, uma das principais casas de apostas de Portugal, face aos 2.90 de Roger Federer.

Por outro lado, o tenista sérvio teve uma partida muito desgastante na terça-feira enquanto a lenda helvética só necessitou de uma hora de vinte minutos para despachar Berrettini em dois sets, despendendo assim menos uma hora e meia em court do que o sérvio.

Terá isto influência nos níveis físicos dos dois jogadores? Se tiver, isso tenderá a tornar a partida ainda mais renhida e então poderemos estar perante um autêntico clássico do ténis mundial com dois ‘monstros’ da modalidade a digladiarem-se por um lugar entre os quatro melhores no ATP Tour Final em Londres.

Nole com motivação acrescida face a Roger

Em termos motivacionais poderá dizer-se que Novak Djokovic terá um aliciante extra para vencer este embate pois ainda pode terminar o ano como nº1 mundial, enquanto Roger Federer se limita a procurar vencer o torneio e, em última instância, defender o seu 3º lugar das investidas do russo Daniil Medvedev.

Com Rafael Nadal em dificuldades no primeiro encontro e consequentemente em risco de ser afastado logo na fase de grupos, o tenista dos Balcãs tem uma séria oportunidade de recuperar o primeiro lugar do ranking mundial poucos dias após o ter perdido para o espanhol, portanto esse pode ser um aliciante chave no desfecho deste desafio, pois Djokovic estará com o pensamento em recuperar o ‘cinturão de melhor do mundo’ antes do final da temporada.
Condição física pesou neste final de época

djokovic federer

Roger Federer teve um final de temporada algo dececionante com uma eliminação precoce no Open dos Estados Unidos frente a Grigor Dimitrov, uma presença pouco notada em Shanghai e um título habitual conquistado na sua terra natal, em Basileia.

Sim, dizer que termina mal o ano quando na verdade até conquista um torneio ATP 500 pode parecer exagerado, mas atendendo aos pergaminhos do tenista suíço creio que ele próprio o sentirá, e os seus comentários recentes alegando que a sua carreira se aproxima do final surgiram um pouco como consequência disso.

Depois de ter mencionado por largos anos que continuaria a jogar ténis enquanto se sentisse bem e capacitado em court, esse tipo de comentários que rompem com o passado podem ser sinais de um final de ciclo no ténis mundial e certamente que Roger Federer deixará um enorme vazio na modalidade.

Pois bem, sugiro que desfrute do magnífico ténis de Roger Federer enquanto for possível, portanto não perca o jogaço desta quinta-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Casas de Apostas
Solverde Apostas

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.

Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.