Dortmund perde gás no ataque à hegemonia bávara

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / Dortmund perde gás no ataque à hegemonia bávara

Com um começo promissor de temporada, e em oposição ao Bayern de Munique que entrou mal, o Borussia Dortmund pareceu intocável na corrida ao título durante muitas semanas, no entanto, a sua quebra de forma é agora evidente, contrastando com a melhoria do hegemónico Bayern de Munique…

Lucien Favre está a realizar bom trabalho

Apesar de já ter estado numa situação bem mais cómoda na Liga Alemã com uma liderança destacada, a verdade é que o trabalho efetuado por Lucien Favre até ao momento é francamente meritório.

A formação do Borussia Dortmund partilha a liderança da tabela com o poderoso Bayern de Munique e certamente continuará a fazer os possíveis para quebrar este período dominador dos bávaros, vencedor das últimas seis edições da prova.

De qualquer modo, tem sido evidente a quebra de rendimento desta equipa, fundamentalmente no aspeto ofensivo nas suas deslocações.

A equipa venceu em apenas uma das suas últimas quatro deslocações e no único triunfo obtido necessitou de um golo tardio de Marco Reus para assegurar três pontos em casa do Hertha de Berlim (2-3). Nas restantes três partidas, a equipa somou dois empates e uma derrota, marcando apenas dois golos nesse período.

Mas porque razão os auri negros têm vindo a decair no decorrer da temporada? Bem, aqui creio que existem duas explicações fundamentais:

Dortmund perde gás no ataque à hegemonia bávara

– Por um lado, trata-se de uma equipa relativamente jovem com muitas promessas do futebol internacional que, naturalmente ainda não possuem o tipo de consistência exibicional que lhes permita exibirem-se ao mais alto nível durante uma época inteira.

– E por outro, parece clara a falta de um verdadeiro finalizador que coloque a bola no fundo das redes em situações aflitivas. Após a saída de Pierre-Emerick Aubameyang tem sido o capitão Marco Reus a assumir a artilharia da equipa com 15 golos marcados, seguido do instável Paco Alcácer com 14.

O atacante espanhol chegou de Barcelona para suprir a lacuna criada com a saída do atacante gabonês que era garantia de golos, no entanto Paco Alcácer nem sempre tem sido titular, para além de ter recorrentes problemas físicos, e tal tem comprometido a sua afirmação no clube, algo prejudicial aos interesses de jogador e clube, pois seria importante terem uma referência no coração da área que fosse garantia de eficácia junto à baliza.

Por todas estas razões, a que se junta a clara melhoria do Bayern de Munique, é natural que as cotações do Borussia Dortmund tenham subido até 2.80 na Betclic para se sagrarem campeões sete anos depois da sua última conquista, ainda no reinado de Jurgen Klopp.

Eliminação europeia benéfica, mas rival está no mesmo patamar

A frustrante eliminação da Liga dos Campeões às mãos do Tottenham Hotspur nos Oitavos de Final da prova terá sido algo difícil de digerir, especialmente pela fraca resistência oferecida aos ingleses.

Mas vendo as coisas por outro prisma, isso até pode beneficiar o ataque ao título alemão visto que terão uma agenda bem menos preenchida e muito mais focada na competição doméstica.

Mas será esta uma real vantagem em relação à concorrência? Não, porque o Bayern de Munique teve o mesmo destino do Borussia nos Oitavos de Final da Champions, acabando eliminado em sua própria casa pelo forte Liverpool aos comandos de Jurgen Klopp.

Assim, ambas as equipas irão concentrar todas as suas forças e energias na Bundesliga pelo que suspeito que poderão ser poucos os pontos perdidos de parte a parte até ao fim do campeonato, tornando ainda mais fulcral uma eventual perda de pontos por parte de uma das equipas.

Qual das formações irá ceder primeiro? Bem, olhando ao histórico recente e à superior experiência do Bayern de Munique, creio que poderão ser os amarelos a perder esta batalha, algo que é consubstanciado pela Bet.pt que avalia o título do Bayern em somente 1.29.

Niko Kovac não terá muitos fãs na Baviera, mas é competente

O jovem técnico croata Niko Kovac não tem tido uma temporada de estreia propriamente auspiciosa na Baviera, no entanto, parece ter endireitado o barco após um começo algo á deriva.

É certo que uma das prioridades do clube, a Liga dos Campeões, já caiu por terra, porém nas competições domésticas a equipa reergueu-se e está em trânsito para cumprir os serviços mínimos que passam pelos títulos da Bundesliga e da Taça da Alemanha.

Com um plantel idêntico ao da época anterior, Kovac teve alguma dificuldade em moldar o seu estilo de jogo a uma nova equipa depois de ter dado excelente conta do recado no Eintracht Frankfurt.

Mas as coisas têm voltado ao lugar, isto é, o Bayern tem regressado à sua habitual máquina trituradora no contexto interno vencendo as últimas seis partidas na Liga Alemã, sendo de destacar as últimas três onde goleou sucessivamente num impressionante acumulado de 17 golos em 270 minutos de futebol.

Bayern

E com o Bayern neste tipo de nível futebolístico torna-se difícil imaginar outro desfecho que não a conquista do título alemão pelo sétimo ano consecutivo. Para além disso, este período de ferocidade bávara trouxe de volta o seu grande goleador polaco Robert Lewandowski.

Após um período algo apagado em termos de finalização, o ex-atacante do Borussia Dortmund apontou cinco golos nas últimas três partidas e lançou-se a solo na lista de Melhores Marcadores da Bundesliga.

Ele tem agora 18 golos marcados, mais três do que Luka Jovic e Marco Reus, e está claramente destacado como favorito a vencer o troféu de melhor marcador, a 1.20 na Bet.pt, pela terceira vez em quatro temporadas (Aubameyang venceu o troféu há duas épocas).

Clássico de 6 de Abril pode ser crucial

Com apenas a jornada deste fim-de-semana a separar o confronto entre Borussia Dortmund e Bayern de Munique do próximo dia 6 de abril, parece claro que muito do que será o novo campeão alemão passará por esse embate na Allianz Arena de Munique, e o passado recente diz-nos que a equipa da casa tem sido mais forte neste duelo em sua casa.

O Borussia Dortmund venceu em apenas uma das últimas oito deslocações a Munique, mas atendendo à sua atual situação na tabela classificativa, será muito importante somar os três pontos na Baviera pois só assim poderão forjar uma vantagem no topo da tabela, ao passo que qualquer outro resultado deixará o Bayern na cadeira do poder.

O Bayern é apontado ao triunfo nessa partida a 1.55 na ESC Online, porém ainda alguma tinta correrá até à realização dessa partida.

Este fim-de-semana regressa a Bundesliga e ambas as equipas terão de se concentrar em cumprir a sua obrigação de somar os três pontos, sendo igualmente verdadeiro que uma eventual lesão de um jogador importante até 6 de abril pode influenciar as cotações atualmente disponíveis.

De qualquer modo, o Dortmund parece correr claramente por fora nesse clássico visto estar a negociar em avantajados 5.20 para conquistar uma vitória que se poderia revelar absolutamente crucial nas suas ambições de quebrar um ciclo vitorioso do seu rival bávaro.

Bayern já pensa mais além

A hegemonia bávara em termos domésticos ao longo das últimas décadas – venceu 13 dos últimos 20 campeonatos – acentuou a sua ambição europeia que, ainda assim não tem tido grandes repercussões sob a forma de títulos.

O clube venceu a Liga dos Campeões em apenas uma ocasião (2012-13) nos últimos 18 anos e tem tentado sistematicamente dotar o seu plantel de recursos suficientes para lutar por novas conquistas europeias.

Para a próxima temporada, o conjunto de Munique já contratou o promissor lateral esquerdo francês Lucas Hernández numa milionária transferência de 80 milhões de euros.

O Atlético de Madrid terá assim que procurar um sucessor para essa posição, mas pelo valor recebido certamente que terá argumentos financeiros para suprir essa lacuna.

Mas as compras gaulesas não se ficam por aqui, pois o clube também garantiu o outro lateral da seleção francesa. Lucas Pavard, autor do melhor golo do Campeonato do Mundo da Rússia, chega do Estugarda por 35 milhões de euros e confirma a reestruturação da formação bávara, que pelos vistos parece estar a começar de trás para a frente.

Mas segundo a imprensa internacional, o Bayern de Munique pode prosseguir esta renovação de plantel durante o verão com o germânico do RB Leipzig, Timo Werner no topo das possibilidades como opção alternativa para a frente de ataque.

Também o jovem promissor Callum Hudson-Odoi pode ser forte aposta visto não ter muito tempo de utilização ao serviço do Chelsea.

O jovem atacante inglês tem-se destacado na Liga Europa sempre que chamado, por oposição à sua fraca utilização na Premier League.

A sua qualidade individual coloca-o ao nível de Eden Hazard no que diz respeito a dribles por jogo pelo que poderá funcionar como um autêntico abre-latas na formação do Bayern caso o clube germânico consiga bater a forte concorrência pelos seus serviços.

Mas essas são contas de outro rosário, pois por agora o Bayern centraliza as suas atenções na conquista de mais um título na alemanha.

Poderá o Borussia Dortmund surpreender, ou irá tratar-se de mais uma oportunidade perdida, visto terem tido uma vantagem tão dilatada em determinado momento da época?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




CASAS DE APOSTAS
3,8 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis com o Código Promocional: apostaga
mais Bónus no primeiro depósito até um máximo de 100 euros.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
4,0 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.