Numa jornada marcada pelo regresso do Benfica às vitórias após a saída de Bruno Lage do comando técnico, sendo já oficial a permanência de Veríssimo até final da temporada, o destaque maior vai para a goleada, de 5-0, do FC Porto na receção ao Belenenses.

“CHAPA 5” AOS AZÚIS DE BELÉM

Um triunfo que deixou a equipa de Sérgio Conceição a duas vitórias de se sagrar campeã nacional e preparada para colocar um ponto de interrogação na apregoada hegemonia “encarnada”.

O jogo começou relativamente equilibrado e a primeira oportunidade de golo até foi para o Belenenses. Como quem não marca sofre, Soares (31’) abriu a contagem para os “dragões”, com um cabeceamento eficaz solto de marcação.

Na segunda parte, o FC Porto chegaria ao 2-0 da tranquilidade por Marega (57’), a finalizar com sucesso um passe de Corona a rasgar a defesa. Alex Telles (75’), de grande penalidade, o jovem estreante Fábio Vieira (81’), de livre direto, e Luis Díaz (90+1’), com um grande golo, completaram a ficha.

“ÁGUIA” VOLTA A SORRIR COM SINAIS DE RETOMA

Uma boa resposta do Benfica à ligeira pressão imposta pelo Porto, que venceu, no dia anterior, na receção ao Boavista, por 3-1.

No primeiro jogo sob o comando de Nélson Veríssimo, que substituiu Bruno Lage no imediato, as “águias” nem conseguiram entrar bem, mas superiorizaram-se com clareza após André Almeida inaugurar o marcador (13’). Pizzi (32’) e Gabriel (43’) ampliaram a vantagem ainda antes do intervalo.

Na segunda parte, o Benfica não mostrou a mesma dinâmica na frente, mas conseguiu controlar o jogo, mostrando um crescimento anímico notável, por comparação às últimas exibições.

O golo de honra do Boavista (Dulanto, 64’) surgiu, uma vez mais, após nova falha de abordagem dos “encarnados” numa bola parada defensiva, um problema recorrente nas últimas semanas.

VERÍSSIMO ATÉ FINAL DA ÉPOCA, JESUS EM 20/21?

Durante a manhã de hoje, o Benfica tornou pública, em comunicado enviado à CMVM, a continuidade de Nélson Veríssimo como treinador da equipa principal até final da temporada.

O antigo adjunto de Bruno Lage estará, assim, no comando das “águias” nos quatro jogos que faltam no campeonato e na final da Taça de Portugal, contra o FC Porto. Esta poderá ser a ponte estabelecida pela direção “encarnada” tendo em vista a próxima temporada.

Não é crível que o presidente do Benfica, que tem estado sob contestação em ano de eleições, queira correr o risco de manter Veríssimo em 2020/21. Fica toda a ideia de que o objetivo é ter tempo suficiente para convencer um treinador de créditos firmados a assumir o projeto após o final da época.

Nas últimas horas, a imprensa aborda um possível princípio de acordo entre Jorge Jesus e Luís Filipe Vieira, para o regresso do treinador do Flamengo a Lisboa.

As notícias apontam no sentido do treinador de 65 anos, que tem contrato até 2021, se mostrar disponível para ouvir as condições do eventual regresso ao Benfica.

O objetivo de Jesus passará mesmo por reunir-se com os responsáveis do “Mengão”, após a final da Taça Rio, do Campeonato Carioca (agendada para a madrugada da próxima quarta para quinta-feira, contra o rival Fluminense), de forma a negociar uma futura saída amigável do Brasil.

“LEÃO” TROPEÇA EM MOREIRA DE CÓNEGOS

Na conclusão da jornada 30 da Liga NOS, o Sporting empatou (0-0) na visita ao Moreirense e chegou aos 56 pontos, naquela que foi apenas a segunda vez em que os “leões” perderam pontos, em seis jogos sob o comando de Rúben Amorim.

Uma exibição de pouco futebol conseguida por parte da formação leonina, que só conseguiu criar verdadeiro perigo através de situações de bola parada.

Mesmo a jogar em superioridade numérica a partir do minuto 51, por expulsão de Halliche, o coletivo de Amorim não se conseguiu impor de forma clara e deixou escapar o sonho do 2.º lugar, permitindo, igualmente, a aproximação do Braga (4.º classificado, com 53 pontos).

CORRIDA PELA EUROPA CADA VEZ MAIS QUENTE

A quatro jornadas do fim do campeonato, Famalicão (48 pontos), Rio Ave (47) e Vitória de Guimarães (46) continuam numa disputa acesa pelo 5.º lugar, que garante o acesso às pré-eliminatórias da Liga Europa 2020/21, após uma ronda em que o Braga (com vitória de 4-0 ao Aves, tal como acreditava) voltou a distanciar-se na 4.ª posição.

Famalicenses e vimaranenses cumpriram na ronda 30, ao vencer fora de casa contra o Tondela (0-1) e o Portimonense (0-1), respetivamente.

Quem se atrasou e até perdeu o 5.º posto foi o Rio Ave, de Carlos Carvalhal, que saiu surpreendentemente derrotado da visita ao Gil Vicente (1-0), mesmo a jogar com mais um homem desde os 54 minutos.

LUTA PELA SALVAÇÃO REDUZIDA A QUATRO

Ao somar por vitórias as partidas relativas à última jornada, Gil Vicente, Marítimo (que cumpriu, ao vencer fora o Santa Clara) e Paços de Ferreira (com uma reviravolta incrível de 2-0 ao intervalo, para 2-3 na segunda parte, na visita ao Setúbal) deram um passo muito firme rumo ao objetivo da permanência.

A equipa de Vítor Oliveira segue com mais nove pontos que o Portimonense, sendo que madeirenses e pacenses estão agora com sete pontos à maior sob a zona de descida.

Quem continua com a corda na garganta são os próprios algarvios (17.º com 27 pontos), após a derrota frente ao Vitória de Guimarães (0-1).

No entanto, as contas do fundo da tabela não se alteraram, visto que Belenenses (31 pontos, derrota com o FC Porto, 0-5), Tondela (30 pontos, derrota com o Famalicão, 0-1) e Vitória de Setúbal (30 pontos, derrota com o Paços Ferreira, 2-3) também saíram derrotados dos respetivos compromissos.

PODE HAVER CAMPEÃO JÁ NA 5.ª FEIRA

Com o FC Porto a duas vitórias de confirmar a conquista do título (defronta, até final, Tondela, Sporting, Moreirense e Braga) as casas de apostas portuguesas já nem estão a disponibilizar linhas para o evento.

Já o Benfica, que teria de ganhar os seus quatro jogos e esperar que os “dragões” perdessem sete de 12 pontos, surge cotado a 9.13 para revalidar o título, na ESC Online.

Na próxima quinta-feira, os dois candidatos entram em campo, sendo que o FC Porto tem razões para preparar já a festa. Se a equipa de Conceição vencer em Tondela (1.35 na nas casas de apostas online) e vir o Benfica sair derrotado (5.50) da visita ao Famalicão, estão fechadas as contas do título.

odds nos

Perante um Famalicão obrigado a vencer para segurar o passaporte para a Liga Europa por mais uma jornada, o Benfica pretende dar seguimento à recuperação dos sinais vitais demonstrada contra o Boavista.

Um jogo que olho como propenso a ter várias ocasiões, havendo, por isso, valor em mais de 2,5 golos, a 1.72 na ESC Online.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Chat no Tegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Casas de Apostas
Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.