Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

Dragão de Conceição desfila sóbrio e eficiente

Dragão de Conceição desfila sóbrio e eficiente Com a conclusão da Jornada 16 da Liga Portuguesa que

culminou com mais um triunfo portista, é tempo de analisar a excelência da temporada do FC Porto até ao momento…

A formação portista lidera a Liga Portuguesa com uma saudável margem de seis pontos para o SC Braga, sete para o Benfica e oito para o Sporting após a derrota leonina em Tondela.

Os comandados de Sérgio Conceição voltaram a vencer na noite anterior (3-1 ao Nacional) de um modo sóbrio, mas autoritário.

Continuando a demonstrar uma solidez de jogo que parece difícil de contrariar pelos seus mais directos rivais que, na realidade vêm denotando debilidades indisfarçáveis por comparação com o Porto.

Caminhada triunfal desde inícios de Outubro

A 7 de Outubro de 2018 o Porto perdia no Estádio da Luz por 1-0 e cedia a liderança da tabela ao rival lisboeta e tudo parecia indicar que o Benfica iria realizar uma temporada de retoma oferecendo grande resistência aos portistas na luta pelo título.

Porém os meses seguintes foram contraditórios em relação ao que sucedeu nessa partida onde o Benfica deu sinais de ser mais dominador e intenso em campo.

Dragão de Conceição desfila sóbrio e eficiente

Desde então, Sérgio Conceição deu o toque a reunir junto dos seus jogadores e o Porto encetou uma série que já vai em 18 partidas consecutivas sempre a vencer, nove delas na Liga Portuguesa.

Em sentido contrário, o Benfica como que desbaratou os esforços desse importante triunfo ao perder nas duas partidas seguintes, permitindo que o Porto forjasse uma vantagem de quatro pontos.

Ora, com o Porto tão sólido a vencer todas as suas partidas e o Benfica a denotar dificuldades nas suas partidas, acabou por ser novamente a formação lisboeta a perder pontos na derrota em Portimão originando a actual diferença de sete pontos entre os dois mais fortes candidatos ao título.

Enquanto no Benfica se vive um período de transição como consequência da saída de Rui Vitória e a incerteza em relação ao novo treinador, no Porto reina a estabilidade com Sérgio Conceição de pedra e cal com um plantel suficientemente profundo para atacar todas as competições.

É certo que Yacine Brahimi e Hector Herrera estão em final de contrato e podem sair a custo zero no verão, mas o Porto parece disposto a aguentar esse fardo em troca do bi-campeonato nacional.

Eder Militão tem igualmente sido muito associado a grandes clubes europeus, mas os Dragões só parecem na disposição de libertar o talentoso defesa brasileiro pelo valor da cláusula de rescisão estabelecido em 50 Milhões de Euros.

Rivais tremidos

Enquanto o Porto transborda saúde e confiança, Benfica e Sporting vivem tempos de instabilidade no seio das suas equipas profissionais tendo em conta que passam por uma fase de transição no comando técnico das respectivas equipas.

Bruno Lage assumiu recentemente o comando interino do Benfica e apesar da estreia vitoriosa (4-2 ao Rio Ave) é provável que seja substituído brevemente por um treinador de outra dimensão.

Já o Sporting, continua a revelar preocupantes problemas defensivos no novo sistema táctico de Marcel Keizer que pressupõe um futebol de ataque, no entanto a componente defensiva tem sofrido com isso de modo inequívoco.

Curiosamente, o Braga tem sido a equipa mais consistente do grupo de três perseguidores e até ocupa a 2ª posição neste momento.

Ainda assim, a sua derrota no Estádio da Luz frente ao Benfica (6-2) demonstrou que ainda falta alguma dimensão à formação de Abel Ferreira para se afirmar nos grandes jogos onde geralmente acabam por se decidir os títulos.

Neste momento, o Porto segue líder destacado da tabela e está avaliado a somente 1.13 na ESC Online para ser Campeão Nacional 2018/19.

O Benfica é a equipa que surge mais próxima como segunda favorita a 8.70 ao passo que Sporting e Sp. Braga estão muito mais longe em termos de probabilidade, a 20.50 e 21.50 respectivamente.

Componente física tem sido chave.

Um dos alicerces do sucesso portista até ao momento tem sido, na minha opinião, a sua componente física. Com diversos jogadores de grande estatura e poder físico, o Porto tem ganho muitos jogos depois de entrar a perder.

Isso terá certamente que ver com a questão física, e com a tendência do Porto em se superiorizar aos seus rivais na fase complementar das partidas quando o cansaço dos seus adversários se torna mais visível.

Componente física

Travar jogadores como Moussa Marega ou Tiquinho Soares dá muito trabalho, e ultrapassar defesas competentes como Felipe, Eder Militão, Alex Telles ou Maxi Pereira também contribui para gastar imensa energia aos adversários, sendo ainda de notar a força do meio-campo portista com Danilo Pereira e Hector Herrera.

Além disso, este poder físico traz outro tipo de vantagens, nomeadamente a capacidade que o Porto vem demonstrando para fazer golos de bola parada.

Com a excelência dos cruzamentos de Alex Telles e a especial apetência de jogadores como Felipe, Soares ou Militão para marcarem na sequência de bolas paradas este é outro trunfo muito sério da equipa portista que certamente ajuda a desbloquear situações complicadas em várias partidas.

Resta saber se Sérgio Conceição terá a capacidade de gerir o esforço dos seus jogadores ao longo de uma segunda fase de temporada que se avizinha altamente desgastante.

Com a presença na Final-Four da Taça da Liga, nos Quartos de Final da Taça de Portugal e nos Oitavos de Final da Liga dos Campeões, o Porto terá uma agenda altamente preenchida nos próximos meses e o fator físico poderá ser decisivo para as suas pretensões de conquistar vários títulos esta época.

Clássico de Alvalade será nova prova de fogo

No próximo fim-de-semana temos Clássico entre Sporting e FC Porto pela Liga NOS no Estádio de Alvalade com os leões praticamente obrigados a bater os Dragões para continuarem a sonhar com o título nacional.

Este será um teste sério à tal solidez portista de que tenho falado neste artigo, embora também seja evidente que o Porto não irá comprometer a sua época em caso de derrota, uma vez que continuará líder destacado mesmo que quebre o seu ciclo vitorioso de 18 partidas em todas as competições.

O bom momento portista aliado a um momento menos bom do Sporting torna a formação visitante favorita em Alvalade com odds de 2.43 na Betclic. Apesar disso, é importante destacar que o FC Porto não vence na ‘casa do leão’ desde 2008 numa série que já vai em 13 partidas em todas as competições.

Assim, o Porto procura juntar o útil ao agradável, ou seja, vencer o Sporting para afastar o seu rival definitivamente da luta pelo título e ao mesmo tempo quebrar o longo enguiço vivido nas deslocações até à zona do Campo Grande.

Os Leões de Keizer estão avaliados a 2.82 para vencer e assim regressarem às contas do título no final da primeira volta do Campeonato, no entanto serão precisas melhorias face ao rendimento evidenciado em Tondela caso queiram realmente somar os três pontos frente a um adversário tão forte.

O Empate está a 3.18 na Bet.pt e favorece as cores azuis e brancas que assim concluiriam a primeira volta com pelo menos quatro pontos de vantagem em relação ao segundo classificado, o que seria uma margem relativamente confortável depois de já ter visitado o Estádio da Luz e o Estádio de Alvalade.

Futuro risonho para Sérgio Conceição

O facto de ter quebrado um ciclo vitorioso de quatro temporadas do Benfica já seria demonstrativo das qualidades de Sérgio Conceição como treinador, no entanto o contexto particular em que o conseguiu, com o Porto impedido de contratar jogadores devido ao fair-play financeiro da UEFA foi realmente uma demonstração inequívoca de competências.

Depois de ter feito bons trabalhos em clubes portugueses menores e se ter destacado em França ao serviço do Nantes, o técnico portista atingiu o seu expoente máximo ao serviço dos Dragões.

Sérgio Conceição

A forma como conseguiu reunir um plantel ‘remendado’ com alguns jogadores que tinham sido emprestados em épocas anteriores e vencer o Campeonato assumiu nota de destaque, embora muitos também considerem que o Benfica abriu a porta a essa possibilidade.

Já esta época, e com um plantel fortalecido, o seu desafio seria manter os índices motivacionais da equipa em altas e, apesar de um início de época mais tremido, a equipa estabilizou e parece muito comprometida com o objectivo de renovar o título nacional.

E caso tal se confirme, poderá tornar-se impossível à direcção do FC Porto segurar o seu treinador por mais uma época visto que o assédio internacional se deverá acentuar e os valores envolvidos numa transferência desse género serão certamente aliciantes para o clube e para o próprio treinador.

Ainda assim, por agora só estamos a falar de cenários hipotéticos e Sérgio Conceição tem demonstrado muita força mental no que concerne a olhar ao curto prazo e não planear em demasia pois tal pode ser prejudicial às suas ambições e do clube que actualmente representa.

Portanto, a prioridade actual do técnico portista será o embate do próximo Sábado, às 15:30 em Alvalade, diante do Sporting.

Um triunfo pode, não só alicerçar a liderança portista, como também deixar os seus rivais desmoralizados tendo em conta a superioridade portista na tabela classificativa, em caso de vitória, evidentemente.

Quem poderá parar o Porto? Entra no nosso fórum de apostas Apostaganha e partilha sua opinião.