No início da semana que se seguiu à confirmação de um arranque avassalador na Liga Portuguesa, o FC Porto celebrou as comemorações do seu 127.º aniversário. O sinal é de pujança e da força com que os “dragões” pretendem abordar uma temporada onde os holofotes recaem sob o rival Benfica, que juntou o regresso de Jorge Jesus a um investimento sem par.

‘UNDERDOG’ MAS NEM TANTO…

Passaram-se apenas duas jornadas da nova edição do campeonato nacional, mas o FC Porto já deu mostras de que pretende lançar um feroz ataque à revalidação do título conquistado em 2019/20, não obstante o favoritismo das casas de apostas recair no rival Benfica.

À pequena revolução que tem sido implementada para os lados da Luz, com várias mudanças estruturais, dentro e fora do relvado, o FC Porto responde com a máxima de que “em equipa que ganha não se mexe”.

Um dos principais ou até o maior trunfo mesmo dos “dragões” nesta disputa pelo título português em 2020/21 será sempre a continuidade de um trabalho desenvolvido ao longo dos últimos três anos, sob a liderança técnica de Sérgio Conceição e a manutenção da espinha dorsal da equipa.

EXIGÊNCIA DE SÉRGIO TORNA DIFICIL TAREFA DOS REFORÇOS

Que com Sérgio Conceição o lugar não se ganha pelo nome ou estatuto, isso já sabemos. Mas no arranque da nova temporada, tem ficado novamente provado que quem chegou de fora terá de suar bastante nos treinos para convencer o treinador a apostar em si.

Isto porque, duas jornadas decorridas na Liga Portugal, foram apenas dois os reforços que foram utilizados e já na reta final das partidas contra o Braga (3-1) e o Boavista (5-0): Zaidu Sanusi (ala-esquerdo ex-Santa Clara) e Mehdi Taremi (ponta-de-lança contratado ao Rio Ave).

EXIGÊNCIA DE SÉRGIO TORNA DIFICIL TAREFA DOS REFORÇOS

Nos dois jogos, Conceição apostou numa equipa titularmente inteiramente composta por jogadores que já vestiam a camisola azul-e-branca anteriormente, num 4x3x3 puro com Moussa Marega móvel no eixo do ataque, Otávio e Corona a cair nas alas e um meio-campo sólido e trabalhador composto por Danilo, Uribe e Sérgio Oliveira.

Os resultados obtidos foram uma demonstração de um caráter pragmático e coeso durante 135 minutos (o jogo com o Braga e a primeira parte do Bessa) e de um futebol envolvente e ofensivo durante os restantes 45.

Sinal de que a vida não está fácil para as contratações do FC Porto, com destaque para o brasileiro Evanilson, contratado por cerca de 10 milhões de euros ao Fluminense, que nem no banco de suplentes marcou presença na visita ao Boavista.

Dúvidas houvessem, Conceição fez questão de reforçar o pensamento de que, no FC Porto, «não basta ter contrato, é preciso senti-lo». Foram estas as palavras do técnico, que em tom elogioso se referia a Soares, que deixou o Estádio do Dragão para rumar aos chineses do Tianjin Teda.

CONCEIÇÃO, CORONA, PEPE E FÁBIO VIEIRA DISTINGUIDOS NAS COMEMORAÇÕES DO 127.º ANIVERSÁRIO

Num dia marcado por uma grande azáfama nas imediações do Estádio do Dragão, associada às celebrações dos 127 anos de existência como instituição desportiva, o FC Porto divulgou nas redes sociais os vários prémios atribuídos relativos à última época.

O internacional português Pepe foi nomeado Atleta do Ano, naquela que foi a segunda vez que recebeu a edição do prémio, recebido pela primeira vez aquando da sua primeira passagem pelo FC Porto, em 2006.

«Receber o segundo é gratificante, mostra o que dou diariamente ao clube e aos companheiros. Ser desta família do FC Porto é um sentimento que não dá para descrever», declarou o defesa.

Ainda relativamente ao sucesso futebolístico alcançado nos tempos mais recentes, o mexicano Jesús Corona foi o escolhido para receber o Dragão de Ouro referente à categoria de Futebolista do Ano do FC Porto.

Num sinal dos tempos, em que a formação azul-e-branca já deu e pode continuar a dar muitos frutos – do plano financeiro, será um passo, assim queira Conceição quebrar a ideia de que é relutante em apostar nos jovens, até chegar ao desportivo –, Fábio Vieira foi o Atleta Jovem do Ano.

CONCEIÇÃO “PICA” BENFICA COM HEGEMONIA E DESEMPENHO EUROPEU À MISTURA

Além de outros prémios de menor visibilidade, quanto à atribuição da distinção ao Treinador do Ano, outro nome não seria de esperar.

Sérgio Conceição, obreiro de dois títulos em três possíveis desde que chegou ao Dragão, foi o escolhido.

CONCEIÇÃO “PICA” BENFICA COM HEGEMONIA E DESEMPENHO EUROPEU À MISTURA

Em declarações prestadas aos meios do clube, o técnico aproveitou para puxar dos galões, além de deixar uma pequena bicada ao principal rival de Lisboa.

«Passados três anos de cá chegar, podemos orgulhar-nos de ter a hegemonia em Portugal e de ser o clube que leva mais alto a nossa bandeira nas provas da UEFA. Que continuemos a ser uma fonte de alegria para os adeptos neste momento tão difícil que vivemos», sentenciou.

No próximo sábado, o FC Porto volta a entrar em ação, com a receção ao Marítimo, no Estádio do Dragão, agendada para as 19h30 portuguesas. Na Betano, não há dúvidas sobre o favoritismo (1.15) dos “dragões”, por contraponto com a hercúlea missão que esperará os madeirenses (14.50).

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube e assiste aos nosso Podcasts de Apostas. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Chat no Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Casas de Apostas
Solverde Apostas

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.

Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Ultimos Artigos