Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

El Clasico na Copa do Rei com Messi no centro das atenções

É já esta quarta-feira que teremos a segunda edição do ‘El Clasico’ na presente temporada, e depois dos 5-1 aplicados pelo Barcelona ao Real Madrid no Camp Nou em partida da La Liga, espera-se que desta vez a formação merengue deixe melhor imagem…

Máquina trituradora em Camp Nou

O Barcelona é uma das mais fortes equipas da actualidade com um plantel de grande qualidade e um modelo de jogo ímpar que permite aos seus jogadores trocarem muito a bola sem precisarem de correr tanto quanto outras equipas.

Na presente temporada, o Barcelona tem mantido o seu alto padrão exibicional, exceptuando uma pequena fase durante o mês de Novembro.

A equipa tem demonstrado uma especial apetência para os grandes jogos em Camp Nou, com destaque para o recente 6-1 aplicado ao Sevilha que permitiu inverter uma desvantagem de 2-0 trazida da primeira mão dos quartos de Final da Taça do Rei de Espanha, no Estádio Ramon Sanchez Pizjuán.

El Clasico na Copa do Rei com Messi no centro das atençõesE apesar de já ter tido alguns deslizes na sua casa esta época, a verdade é que o Barcelona tem tendência a elevar o nível nas grandes ocasiões, tendo já batido o Real Madrid por 5-1 em jogo da La Liga, o Inter por 2-0 e o PSV por 4-0 na Liga dos Campeões, e tendo aplicado a tal ‘chapa seis’ nos sevilhanos.

Agora, é tempo do segundo round diante do Real Madrid num jogo que pode ser crucial para colocar os Blaugrana com um pé na final da Taça do Rei de Espanha.

Depois de ter rodado praticamente todo o onze inicial na primeira mão das duas anteriores rondas, não se espera que Ernesto Valverde repita a dose frente ao seu maior rival, até porque todo o cuidado é pouco já que o embate da segunda mão acontece no Santiago Bernabéu.

A consistência catalã em sua casa e os resultados recentes nessa condição tornam a formação visitada claramente favorita para vencer este primeiro confronto de titãs a 1.65 na Betclic.

Com ou sem Lionel Messi?

Lionel Messi sofreu uma pancada diante do Valência que o obrigou a treinar condicionado durante os dias seguintes, no entanto tudo indica que o astro argentino estará em condições de alinhar esta quarta-feira á noite diante do Real Madrid.

O atacante dos catalães falhou o embate da La Liga em que o Barcelona bateu o Real por 5-1 numa partida onde muitos disseram que a sua presença não era assim tão decisiva, no entanto os meses seguintes provaram o contrário, com a equipa a sofrer bastante sempre que Messi esteve ausente.

É evidente que o Barcelona não é apenas Messi, mas a sua influência na equipa é enorme, não só em termos de golos e assistências, mas também na moral dos seus colegas que tendem a estar mais confiantes com a sua estrela em campo.

Sim, a goleada ao Real contradiz esta ideia, no entanto não podemos ignorar que na altura os merengues estavam mergulhados numa séria crise de resultados com o seu treinador Julen Lopetegui praticamente na porta de saída.

Em circunstâncias normais, Lionel Messi seria poupado nesta partida, porém este é um jogo especial em que nenhuma equipa quer perder, assim como os jogadores que desejam estar dentro de campo quando o apito inicial soar.

Messi não é diferente dos outros nesse aspeto, e após falhar o primeiro ‘El Clasico’ da temporada estará altamente galvanizado para dar o seu contributo à equipa rumo à qualificação para mais uma Final da Taça do Rei – prova que o Barcelona venceu nas últimas quatro edições.

Ousmane Dembélé pode ser arma secreta

Outra das dúvidas na equipa catalã é Ousmane Dembélé que está a concluir um processo de recuperação de lesão e já parece em condições de alinhar. Ainda assim, neste caso é provável que Ernesto Valverde não arrisque na sua imediata titularidade e opte por convocá-lo na eventualidade de necessitar de sangue novo no seu ataque no decorrer da partida.

O atacante gaulês vive o sue melhor período com a camisola Bluagrana e parece finalmente ter alterado a sua postura errática e pouco profissional que o vinha afastando muitas vezes das opções técnicas.

A sua qualidade individual é um trunfo muito importante para o Barcelona, e se ele conseguir manter a sua conduta dentro dos parâmetros exigidos, poderá muito em breve tornar-se numa das peças chave da formação catalã no seu ataque à Liga dos Campeões, prova que vem fugindo nas últimas épocas.

Ousmane Dembélé

A influência do jogador gaulês tem vindo a crescer de modo inequívoco, e numa das suas últimas aparições na equipa antes de se lesionar Dembélé apontou dois dos golos com que o Barcelona bateu o Levante por 3-0 para, na altura, inverter uma desvantagem de 2-1 trazida da partida fora de casa nos Oitavos de Final da Taça do Rei.

A sua versatilidade e irreverência com e sem bola confundem muito os jogadores adversários e ele é uma peça que pode surpreender nos jogos mais difíceis que o Barcelona terá pela frente ainda esta temporada.

Merengues em crescendo

O Real Madrid tem tido uma temporada muito complicada, marcada pela saída de Cristiano Ronaldo e uma aposta furada no treinador Julen Lopetegui.

Os dias de Santiago Solari também não têm sido fáceis, no entanto a equipa vive agora um período mais assertivo que lhe permitiu vencer sete das últimas oito partidas, sendo que a única derrota aconteceu na casa do Leganés por 1-0 em partida da Taça do Rei depois do Real Madrid já ter vencido o embate da primeira mão por claros 3-0, portanto não se pode considerar que esse resultado tenha sido um fiasco, já que a equipa esteve sempre no controlo dos acontecimentos.

Um dos rostos desta melhoria de Los Blancos tem sido Karim Benzema. O avançado francês já foi altamente criticado durante a presente temporada tal era a sua ineficácia em frente à baliza, mas a verdade é que parece ter deixado para trás toda essa pressão mediática e tem feito muitos golos nas últimas semanas.

Merengues

São já seis golos nas últimas quatro partidas a confirmarem esta súbita melhoria de forma que pode ser transportada até Camp Nou. Um golo fora de casa pode ser muito importante neste tipo de eliminatórias, embora a qualidade ofensiva das duas equipas indique que qualquer dos conjuntos pode marcar no terreno do rival com naturalidade.

Numa época em que o Real Madrid se viu privado de cerca de 50 golos após a saída de Ronaldo, é fundamental que outros dos elementos da equipa subam a sua produção e o francês parece ter-se convencido disso nas últimas semanas.

Não será fácil ‘sacar’ um bom resultado em Camp Nou com as casas de apostas a avaliarem um triunfo merengue na casa do rival em 3.70, mas um empate a 3.60 já seria um resultado que abriria boas possibilidades de qualificação para o embate da segunda mão em Madrid.

Vinícius Júnior pode semear o pânico na defensiva Blaugrana

Apesar de serem visíveis algumas melhorias na defensiva catalã nas últimas semanas, a verdade é que o empate a duas bolas na recepção ao Valência este fim-de-semana voltou a levantar sérias dúvidas quanto à solidez do sector mais recuado do Barcelona.

Ora, se há homem que pode testar essa suposta solidez é Vinícius Júnior que tem cimentado a sua posição no onze inicial do Real Madrid e estará desejoso de poder alinhar de início neste desafio.

Vinícius JúniorAinda assim, tal não é um dado adquirido com o regresso de Gareth Bale a poder remetê-lo para o banco de suplentes. Aparentemente, Santiago Solari não quererá apostar numa equipa demasiado ofensiva, pelo que deve optar por Lucas Vazquez como extremo direito a fim de dotar a equipa de maior capacidade defensiva, restando por isso uma vaga no flanco esquerdo para compor o trio atacante onde Karim Benzema jogará ao centro.

Com Bale de volta ao leque de opções, é provável que o jovem talento brasileiro seja remetido para o banco e surja no segundo tempo para tentar agitar o ataque merengue, no entanto tudo dependerá da postura que Solari pretende da sua equipa.

Em princípio, ele optará por montar um onze com um meio-campo muito povoado onde Lucas Vazquez poderá ser um auxílio importante a conter as investidas do lateral direito do Barcelona Jordi Alba, mas caso o técnico do Real deseje surpreender o seu rival com uma abordagem destemida, então poderemos ter um trio formado por Vinicius, Bale e Benzema embora tal seja pouco provável de acordo com as recentes indicações deixadas pelo técnico argentino.

O Barcelona é assim apontado ao triunfo diante de uma equipa que já atropelou na presente temporada, no entanto muito se passou desde então e o Real Madrid poderá ser mais mordaz e eficiente desta feita. Quem sairá a sorrir deste primeiro confronto entre dois colossos na Taça do Rei? Deixe-nos a sua opinião!