Não foi muito superior a um mês, mas a espera está a terminar. O futebol inglês regressou antes das duas semanas de paragem para os compromissos de seleções, com a Community Shield (que o Arsenal venceu ao Liverpool), mas desta vez é a Premier League 2020/21 que está pronta para arrancar. O tiro de partida será dado ao final da manhã do próximo sábado, com jogo entre Fulham e Arsenal.

UM MERCADO POUCO ANIMADO ATÉ AO MOMENTO…

Se a crise económica associada às consequências do aparecimento da pandemia do novo coronavírus não tem abalado propriamente as finanças de alguns clubes por esse mundo fora (que o diga, por exemplo, o Benfica em Portugal…), em Inglaterra o caso não é bem assim.

Tida nas últimas épocas como o campeonato que movimenta maiores quantias no fluxo de transferências, quer em entradas, quer em saídas (mas sobretudo no investimento feito para o reforço das suas equipas), a Premier League não está a ter um mercado muito mexido até à data – importa, contudo, lembrar que o limite para as transferências só expira em outubro.

Se excluirmos o Chelsea (ver abaixo) da equação, apenas seis transferências no top-10 dos maiores valores investidos superam os 30 milhões de euros – e há um português no 5.º lugar desse ranking.

Fábio Silva, que se mudou do FC Porto para o Wolverhampton a troco de 40 milhões de euros, entrou automaticamente para a galeria de um dos jogadores mais caros da Liga Inglesa neste defeso.

Sem contar com as contratações feitas pelo Chelsea, o jovem avançado português foi mesmo o segundo jogador mais caro deste mercado em Inglaterra, até à data.

UM MERCADO POUCO ANIMADO ATÉ AO MOMENTO…

Nathan Aké (contratado pelo Manchester City ao Bournemouth por 45.3 milhões de euros), Donny van de Beek (que se mudou do Ajax para o Manchester United por 39 milhões), Giovanni Lo Celso (por quem o Tottenham ofereceu 32 milhões ao Bétis para garantir o seu passe a título definitivo), Ollie Watkins (melhor marcador do Championship na última época ao serviço do Brentford, custou 30.8 milhões ao endinheirado Aston Villa) e Rodrigo (internacional espanhol que rumou ao Leeds, proveniente do Valencia, a troco de 30 milhões) fecham o top-10 (sem reforços “blues”).

…À EXCEÇÃO DO CHELSEA, QUE JÁ GASTOU MAIS DE 200 MILHÕES DE EUROS

Impedido de contratar no mercado de há um ano atrás devido a uma penalização imposta pela FIFA, o Chelsea tem sido o clube em todo o mundo que mais tem investido, por forma a dar a Frank Lampard matéria-prima para poder intrometer-se – quase que obrigatoriamente, tal o nível da fasquia – na luta pelo título com Liverpool e Manchester City.

Kai Havertz é o nome do momento em Inglaterra. Depois de uma longa novela, o jovem médio-ofensivo alemão abandonou mesmo o Bayer Leverkusen para rumar a Stamford Bridge, por uma verba de 80 milhões de euros, aos quais acrescem mais 20 por objetivos.

Mas não foi só o miúdo-maravilha do Leverkusen que deixou a Bundesliga para rumar ao Chelsea. Também Timo Werner, goleador internacional germânico, deixou o RB Leipzig para ingressar no clube londrino, por uma verba em torno dos 53 milhões.

Já Ben Chilwell, lateral-esquerdo que passou as últimas épocas no Leicester City, foi pescado no mercado interno, a troco de 50.2 milhões. A lista do avultado investimento completa-se com a aquisição de Hakim Ziyech, marroquino que deixou o Ajax por 40 milhões.

A custo zero, mas não menos importante, é preciso referir a contratação de Thiago Silva. Aos 35 anos, o defesa internacional brasileiro deixou o PSG para reforçar o eixo da defesa de Frank Lampard, uma das lacunas da época passada.

“POWER RANKING” DA PREMIER LEAGUE

Segundo as cotações da ESC Online, o Manchester City volta a ser o principal favorito a sagrar-se campeão inglês, com uma odds de 1.80, seguido por Liverpool (3.00), Chelsea (10.00) e Manchester United (15.00).

Na luta pelas posições de qualificação para as competições europeias, os principais candidatos serão, na minha opinião, o Tottenham, o Leicester City, o Wolverhampton, o Arsenal e o Everton.

A avaliar, no entanto, pelas cotações relativas ao vencedor da Premier League 2020/21 da ESC Online, também o recém-promovido Leeds, de Marcelo Bielsa, poderá estar na corrida.

UM MERCADO POUCO ANIMADO ATÉ AO MOMENTO…

A tarefa previsivelmente mais complicada na luta pela manutenção envolverá, naturalmente, os recém-promovidos West Bromwich e Fulham, que deverão ser acompanhados de perto por equipas como Aston Villa, Crystal Palace, Burnley, Brighton, West Ham, Sheffield United e Newcastle.

Fica apenas a faltar o Southampton, que é uma espécie de incógnita, tal a capacidade que mostrou na segunda volta da última época para caminhar com tranquilidade, por contraste com um primeiro turno muito pouco conseguido.

FAVORITOS A MELHOR MARCADOR

Ainda segundo odds disponibilizadas pela ESC Online, o recém-chegado Timo Werner (10.00) surge apenas em quinto na lista de favoritos ao título individual de melhor marcador do campeonato inglês em 2020/21.

No topo das probabilidades, surge curiosamente um avançado que nem é um “ponta” de raíz: Mohamed Salah, do Liverpool, a 6.00. Segue-se ao egípcio o mortífero Harry Kane, do Tottenham, a 6.50, e ainda de perto Pierre-Émerick Aubameyang, do Arsenal, a 7.00. O top-5 fica ainda composto por Sergio Agüero, experiente avançado do Manchester City de Pep Guardiola.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube e assiste aos nosso Podcasts de Apostas. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Chat no Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Casas de Apostas
Solverde Apostas

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.

Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.