Depois da realização das duas primeiras eliminatórias, com a presença exclusiva de equipas do segundo escalão para baixo do futebol português, o fim-de-semana fica marcado pela entrada em cena das equipas da Liga NOS na presente edição da Taça de Portugal. Estão previstos jogos em “modo passeio” para FC Porto, Benfica e Sporting, mas todo o cuidado é pouco, até porque na Taça há sempre festa.

FESTA DA TAÇA SEM O COLORIDO DE OUTRORA

O cenário não é novo e, infelizmente, começa a fazer parte da estranha (a)normalidade que marcam os tempos atuais no desporto um pouco por todo o Mundo, mas com particular enfoque no que se passa em Portugal, onde os números da pandemia estão a ter uma evolução muito negativa nos últimos dias.

A subida exponencial do número de novos casos de infeção pela covid-19, a superar largamente a estatística da primeira vaga da pandemia no país, levou o Governo português a voltar a colocar em vigor o Estado de Emergência, com recolher obrigatório aos fins-de-semana a partir das 13h00.

Assim, houve um natural retrocesso no regresso do público às bancadas e um dos destaques nesta Taça de Portugal será, até ver, a ausência de adeptos nos recintos desportivos, numa prova conhecida pela “Festa da Taça”, mas que, pelo menos neste início de 2020/21, não terá, nem de perto, o mesmo colorido.

DRAGÃO COMEÇA DEFESA DO TÍTULO NO BARREIRO

Um pouco à imagem do que o sorteio ditou no início da caminhada dos chamados “grandes” nesta Taça de Portugal, o FC Porto terá tarefa facilitada no início do trajeto que ficará marcado pela tentativa de repetir a presença na final do Jamor, onde os “dragões” bateram o Benfica no fecho da última época.

A equipa de Sérgio Conceição terá pela frente, este sábado com início às 14h30, o Fabril do Barreiro, uma equipa sediada no distrito de Setúbal e que compete no Grupo G do Campeonato de Portugal, onde não tem tido um bom arranque.

DRAGÃO COMEÇA DEFESA DO TÍTULO NO BARREIRO

O grupo liderado pelo treinador João Miguel Parreira ainda não venceu no campeonato, onde tem como prioridade a manutenção.

Ainda assim, o Fabril do Barreiro tem o sonho de vestir a pele de “tomba-gigantes” e dar sequência ao trilho iniciado com os triunfos contra o Rabo de Peixe (2-0) e o Vitória de Sernache (2-0), nas anteriores rondas da Taça de Portugal.

Para o FC Porto, esta será uma oportunidade de dar minutos de competição a alguns dos jogadores menos utilizados por Conceição neste início de época, marcado pelas dificuldades de adaptação de vários dos reforços contratados no defeso.

Na Betano, o favoritismo cego que o FC Porto detém para esta eliminatória traduz-se na odds de 1.02 para a vitória dos “dragões, cuja derrota (vitória do Fabril) paga a 11.00.

A linha no mercado de over/under está colocada em mais (1.95)/menos (1.45) de 4,5 golos.

INÍCIO DO SONHO BRACARENSE TEM INÍCIO NA TROFA

Na firme perseguição do objetivo de se intrometer entre os designados “grandes” do futebol português, o Braga alimenta a ambição de poder vir a ser uma presença assídua entre os conquistadores dos troféus nacionais.

Depois de ter vencido a Taça da Liga na época passada, o conjunto minhoto arranca a sua participação na Taça de Portugal, onde caiu em 19/20 frente ao Benfica, com legítimas aspirações a chegar à final do Jamor.

No início da caminhada, a equipa de Carlos Carvalhal terá pela frente um motivado Trofense, líder invicto do Grupo C do Campeonato de Portugal, onde o conjunto do jovem técnico António Barbosa alimenta o sonho de poder subir ao segundo escalão na próxima época.

Na estreia na Taça, o Trofense precisou dos “penaltys” para afastar o Vila Meã, antes de mandar para casa do Águeda (4-2) na 2.ª eliminatória.

Na última vez que se defrontaram, em 2010 para a Taça da Liga, o Braga foi derrotado fora de casa pelo Trofense, mas isso não parece ter grande influência no favoritismo exacerbado conferido ao conjunto de Carvalhal na Betano, com odds de 1.09 para o triunfo bracarense.

O jogo está marcado para este sábado, com início às 19h30.

BENFICA ARRANCA NA TAÇA A TENTAR ESQUECER O FANTASMA DOS ÚLTIMOS JOGOS

É na sequência de três jogos sem ganhar (um empate e duas derrotas, com nove golos sofridos) que o Benfica regressa à competição após a paragem de seleções.

O treinador Jorge Jesus já confirmou que não convocará os jogadores que estiveram ao serviço das respetivas seleções durante o interregno, pelo que jogadores como

Darwin Núñez (infetado com covid-19)

Luca Waldschmidt, Nicolás Otamendi ou Jan Vertonghen, entre outros, não viajarão até ao Porto.

O adversário dá pelo nome de União de Paredes, uma equipa que compete no Grupo C do terceiro escalão do futebol nacional, onde procura lutar pela subida de divisão à Liga Portugal 2.

BENFICA ARRANCA NA TAÇA A TENTAR ESQUECER O FANTASMA DOS ÚLTIMOS JOGOS

Para poder alimentar o sonho de vir a ser “tomba-gigantes”, e provocar cedo uma das maiores surpresas do ano na Taça, o conjunto orientado por Eurico Couto teve de afastar o Castro Daire (1-0) e a AR São Martinho (2-1).

Apesar das várias baixas com que o Benfica se apresentará em Paredes, é o cenário de goleada das “águias” o mais provável para as casas de apostas.

Na Betano, a vitória do Benfica está cotada a 1.08, ao passo que o triunfo inusitado do Paredes paga a 9.75.

SPORTING TEM TIRO DE PARTIDA MARCADO PARA… O JAMOR

É no habitual palco da final da Taça de Portugal que a equipa do Sporting vai arrancar a sua participação nesta edição da “prova-rainha” do futebol português.

A equipa de Rúben Amorim é crónica candidata a vencer os troféus em disputa no contexto nacional e, esta época, a esperança sobe de tom, muito por culpa da evolução que o conjunto verde-e-branco havia denotado nas últimas partidas antes da terceira paragem da Liga para os jogos internacionais.

O adversário dos “leões” será o Sacavenense, cuja prioridade de temporada é a manutenção no Campeonato de Portugal, onde compete no Grupo F, para já liderado pelo Alverca, curiosamente o “carrasco” do Sporting na última temporada, o jogo que resultou no despedimento de Silas, para a entrada… de Rúben Amorim.

A equipa natural de Sacavém superou a concorrência de Sintrense (2-0) e Ançã (2-2, gp) e o cenário mais natural e provável será o fim da sua aventura nesta 3.ª eliminatória.

As odds e mercados para esta partida, que tem arranque marcado para as 21h15 da próxima segunda-feira, no Estádio Nacional do Jamor, ainda não foram publicados nas casas de apostas, mas dificilmente teremos cotações acima de 1.10 para o triunfo leonino, em mais um jogo de teórico desequilíbrio e com expectativas de goleada.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube e assiste aos nosso Podcasts de Apostas. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Canal de Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Casas de Apostas
3,8 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis mais Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
4,0 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Aposta de 5€ Grátis com o Código Promocional: APOSTAGANHA1 mais 50% de Bonus até um máximo de 50 euros.