Prognósticos para Apostas Desportivas Online - Aposta Ganha

Essencial para Passar de Apostador Amador a Profissional

Essencial para Passar de Apostador Amador a Profissional

Hoje trago até vós alguns passos, ou melhor uma linha orientadora para passar do apostador amador para o sector que todos desejam, o profissional.

Antes de mais, e mais uma vez as minhas ressalvas, este salto não se faz em um dia, uma semana, um mês, pode demorar anos até.

Saltar do amadorismo e passar para a área profissional por vezes pode demorar anos, muitos anos mesmo. Esqueçam o salto rápido, isto não será feito numa corrida de 100 metros mas sim uma maratona.

Já estamos certos que esta etapa é demorada e longa, e digamos que também vai depender muitos de vós, sim de ti mesmo.

Reparem, tomar uma decisão destas é assumir que vamos deixar de trabalhar ou largar os estudos ou o que seja, para nos dedicarmos totalmente às apostas desportivas.

Para ganhar o vosso dinheiro atualmente, apenas têm que ir trabalhar e executar o trabalho que o vosso patrão vos pede durante aquelas horas.

Agora a coisa é diferente, és patrão de TI mesmo, e agora terás a responsabilidade de se não trabalhares não recebes, ou se falhares, podes não ter o suficiente para pagares as contas no final do mês.

Bom, esta pressão é a primeira que um apostador profissional sente, mas é obvio, e aqueles que entram neste patamar “suavemente” com algumas garantias já, poderão viver perfeitamente com esta pressão económica.

A pressão económica será algo que um apostador profissional terá que lidar logo no primeiro dia que assume que o é. Muitos preparam-se durante anos, para entrarem neste patamar com mais certezas que duvidas.

Aqui volto atrás, lembram-se quando disse que o passar do amadorismo para o profissional poderia demorar anos? Aqui têm um belo exemplo.

Agora, depois de termos “avisado” as hostes, e é este o meu dever, para que não caiam numa armadilha destas, vamos passo a passo ajudar-te neste caminho penoso um irei ao essencial e abordar as tantas coisas que nunca ninguém pensou ou disse.

Todos falam que é preciso isto e depois aquilo mas esquecem da parte do Apostador, a pate humana, mas vamos enumerar e explicar por tópicos aqueles que eu acho mais importantes abordar neste artigo.

Mentalidade

Primeiro deveremos prepararmos mentalmente para este passo, ter a consciência do que vamos passar e preparar a mente para o que aí vem. Antever cenários catastróficos, cenários que nos podem fazer desistir e ter já solução para eles.

Quem tiver um backup bom será mais fácil preparar-nos para o que aí vem. Ter a mentalidade e a força mental necessária para lidar com as perdas sabendo que podemos estar no limite de chegar ao fim do mês sem dinheiro suficiente para pagar contas é um belo handicap.

Ser forte mentalmente pode ser um dos pontos fortes para este estágio que vem aí. Ser calmo, ponderado e sobretudo antever situações, podem fazer de vós um melhor apostador e obviamente estarem preparados para o que aí vem.

Ser forte mentalmente, calmo, ponderado é algo que terão que lidar, treinar o que for, mas sem estes requisitos poderão não ser bem-sucedidos.

Estratégia/ Objetivos

Ter uma estratégia ter um objetivo mensal servirá para que não saiam do traço, e que andem sempre atrás do vosso próprio objetivo. Traçar metas, objetivos mensais, semanais, depende de cada um, poderá ser uma boa maneira de não se desviarem do caminho. Ter um rumo um sentido no vosso trabalho é importante para que no fim atinjam os objetivos e que obviamente tenham sucesso.

Estar ciente até onde queremos chegar nesse objectivo usando essa estratégia, leva-nos sempre a saber o que falta para chegarmos lá. Ficamos mais focados centrados do que devemos fazer e não nos abstrairmos do objectivo final. Esta será uma das principais ferramentas a ter quando passarmos para o mundo profissional.


Segunda fonte de rendimento – Extra

O mundo das apostas é grande e enorme, e um apostador profissional pode arranjar maneira de conseguir uma rendimento extra, estando este ligado as apostas e até não.

Muitos apostadores quando virão profissionais vêm com um histórico muito bom em registos de apostas é nessa base que muitos são contactados para se tornarem profissionais. Quem tem um bom registo de apostas, com um bom ROI e com anos de experiencia nas apostas, consegue passar esse registo a pago e com isso usufruir de um rendimento extra.

Muitos deles até já estão neste patamar, muitos do apostadores antes de chegarem a profissionais já têm o seu serviço de Tips/Picks pago.

Esta pode ser a solução mais utilizada para ter um rendimento extra e que permita, num mês menos bom, que o apostador possa respirar e não depender única e exclusivamente das apostas que faz. Muitos apostadores também emprestam os seus serviços em sites sobre apostas, documentários, entrevistas e outros até conseguem fornecer conteúdos na internet.

Utiliza-se baste as redes sociais, até para dar a conhecer o seu próprio trabalho, mas também para as pessoas conhecerem quem está por trás daquele nome/Tipster. Outros até chegam a produzir cursos de formação sobre apostas desportivas.

Como será de imaginar são várias as soluções que um apostador profissional poderá abraçar para obter um rendimento extra, para que naqueles meses mais complicados, consigam obter um rendimento extra e colmatar o que em cima referi – pressão financeira.

Estas opcções também devem ser levadas como extra, com isto quero dizer, que o apostador deve apenas centrar-se no seu trabalho principal, pois acredito que ao misturar as coisas possa distorcer a sua própria qualidade, fazendo que outros duvidem do seu trabalho como retirar o foco nas apostas. Muitos optam mesmo por não fazerem mais nada, apenas assumem um trabalho e apenas se dedicam a isso mesmo.

Nunca estar só

Bem parece que este tópico nada tem a ver com apostas, mas preparem-se para a realidade se é que já não sentem isso na pele. Vamos à realidade, jogos ao fim de semana de manhã à noite. Se for uma semana cheia, temos as ligas acabar à segunda-feira, Champions league na terça e na quarta. Liga europa na quinta-feira e mais uma jornada completa das ligas europeias.

Já para não falar dos jogos sul-americanos que sabemos muito bem a que horas começam e que acabam muitas das vezes. E quando não temos Champions League? Bem lá vem as taças das ligas europeias ou as seleções. E agora pergunto, quantas horas passamos na análise e depois a ver os jogos nessas alturas?

Se formos olhar para os calendários das competições será poucas as vezes que teremos um tempo normal para…. Passear, estar com os amigos/família. Daí este conselho é dos mais importantes a ter e sobretudo a reter.

Um apostador profissional chega ao fim do dia super desgastado. A pressão, o nível de atenção que tem que se estar a ver jogos e a tomar decisões nas apostas e isto amigos, cansa mesmo. A disciplina é essencial aqui, como já o disse anteriormente, estar com a família e amigos revitaliza seja quem for.

Por isso futuro profissional de apostas, nunca fique só, faça um esforço por ter horários para se divertir, para estar com a família, para estar com amigos. Uma vida social é importante para o bem-estar físico e psicológico. E se estes dois fatores estiverem de boa saúde, maior será o sucesso nas apostas também. Um apostador profissional que eu conheço pessoalmente, tem uma rotina diária exímia e chamou-me bastante atenção.

Esse profissional é Trader e infelizmente tive que o ver abandonar o nosso Portugal, pelos motivos que todos sabem. Então esse apostador sai de casa bem cedo, digamos que acordava bem cedo, quando não tinha jogos no brasil para fazer, e vai até ao ginásio.

Depois tomava o pequeno-almoço nas pastelaria onde mais gostava, e passava na banca de jornais para comprar os jornais desportivos e lá ia ele para casa para começar analisar o dia. Fazia questão de parar para almoçar e respeitava a hora de jantar, com a exceção quando havia Liga dos Campeões.

Quando não tinha nada para fazer mais a noite/madrugada, retirava-se descansava, saia ia jantar fora e fazia o que mais gostava Via filmes, séries jogava no pc até.. Em conversa com esse profissional perguntei, como consegues? E mais uma vez ele disse-me, disciplina, tento sempre não abusar de muitas horas á frente do PC.

Mais vale poucas mas produtivas do que muitas e sair de lá estoirado, cansado, rabugento e no dia seguinte ter que fazer tudo novamente, e aí com cansaço acumulado. Este apostador respeitava muito também as suas horas de sono, era religioso, obrigava-se a dormir no mínimo 8 horas.

A reter é que um apostador profissional não se pode isolar no seu escritório de apostas, e deve obrigar-se a trabalhar só aquelas horas que destinou. Digamos que fazemos como num trabalho normal ou por turnos, só trabalhamos x horas por dia/noite.

Nas apostas deveremos fazer o mesmo, obedecer a estas regras é essencial para a nossa saúde física e mental. Fazer desporto também é importante e já o é mesmo quando até estamos reformados não é?

Voltando ao estar só, reparem quantos fim-de-semanas um apostador abdicou de ir com os amigos á praia, com a namorada aquele sítio fantástico que está na moda. De sair á noite, só porque o Atlético Mineiro joga às 2 da manhã.

Estas decisões em prol do profissionalismo pode por em causa a nossa relação com a pessoa com quem vivemos, namorada e os amigos, família ect ect. Saber gerir isto é capaz de ser tão ou mais difícil do que gerir a nossa banca. Mas com método e com compreensão de todos, acredito que tudo tem solução e que no meio se pode arranjar tempo para estar com quem mais gostamos.

Claro haverá muitos outros elementos importantes que deverão saber antes de se profissionalizarem, eu apenas tentei aqui mostrar aqueles que muitos não falam. Muitos falam que devem apostar nas casas asiáticas, num brooker, ter isto e aquilo.

Mas e o resto? Já tinham pensado nestes tópicos que enumerei em cima e que fiz questão de explicar cada um deles? Para quê dizer que se vai profissionalizar quando não consegue ser disciplinado.

Para que apostar em casas asiáticas quando passamos horas e horas á frente de um PC e vimos os amigos a desistirem de estar connosco.

Para que ter bastante rendimento nas apostas desportivas, quando não temos a nossa cara-metade para podermos ir de férias, passear, conhecer novas culturas. Para quê ter sucesso e ser conhecido no mundo das apostas, quando essa pessoa nem sai de casa para nada. Para que ter dinheiro para comprar o carro dos seus sonhos se depois não o tira da garagem?

Pensem um pouco nestes pormenores, antes de pensarem em ter brookers, ou casas asiáticas para apostar.

Este artigo já vai longo, e acredito que o sonho de ser um apostador profissional deve primeiro alimentar-se destes requisitos antes de passarem aos actos.

Até ao próximo artigo e boas apostas.

4 Comentários

  1. Jocineia

    26 de Fevereiro de 2018 at 15:39

    Equilibrio na vida é a chave do sucesso …

    • Spinosa

      3 de Março de 2018 at 13:52

      Concordo nas apostas e na vida mesmo!

  2. ljferreira

    5 de Março de 2018 at 19:56

    Muito bom artigo!

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *