Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

Estatísticas ≠ Analíticas

Vamos a mais um artigo que penso que pode ajudar a quem nos lê e acredito também que possa trazer controvérsia.

Mas vamos a isso!

Todos os dias ouvimos falar de estatística e de análises estatísticas e ainda “analytics” coloco em inglês porque a tradução não realça o importante da palavra.

O título de hoje deste artigo é simples as “Stats” são diferentes de “analytics”.

Muito já devem estar a pensar, mas não é a mesma coisa?

Não!

Vamos começar por um pequeno exemplo, as “Stats” são dados concretos do que aconteceu no jogo.

Por exemplo: A equipa A marcou mais de 2.5 golos em casa! A equipa B marcou mais de 1.75 golos fora.

Isto são “Stats” são numero que “realmente” acontecerem, é com base nestes números que conseguimos ver o que realmente as equipas conseguem fazer.

As “Stats” são muito importantes para o estudo de um evento desportivos, seja ele de futebol, basquetebol ou outra modalidade.

Muitos apostadores dizem “ Eu não olho para a estatísticas” mas muitos olham e dão um certo valor!

Agora que já sabemos o que são “Stats” veio à tona uma velha questão! Deve-se ou não olhar para as estatísticas?

Atenção esta é a minha opinião, eu acho que devemos “olhar” e ponderar sobre elas. Podem não ter muita relevância, mas podem ser decisivas. Como disse muitos apostadores não olham para as estatísticas, mas como já dissemos em anteriores artigos, é o método adotado desses mesmos apostadores.

De alguma maneira e aqui sim chamo atenção as “Stats” podem induzir-vos em erro! Sim uma equipa lá por marcar mais de 3.5 golos em casa não quer dizer que naquele jogo o vai fazer, certo?

Como em qualquer análise as “Stats” devem ser sempre “ponderadores” de decisão e não “verdade suprema”. Acredito que uma boa análise qualitativa somando as “Stats” conseguimos olhar para esse evento de outra maneira.

Surge outra questão, as “Stats” que temos acesso as próprias casas de apostas também as têm! Sim é verdade, e ainda têm mais dados e com “n” épocas para trás!

As casas têm uma Data base enorme, está logo à partida à nossa frente neste requisito. Mas poderá faltar então a parte qualitativa e aí só o “homem” consegue intervir pelo menos para já!

Voltando ao assunto…

Quem nos lê deve sempre olhar para as “Stats” de maneira branda, soft, como queiram, devem ponderar sobre elas e não fazer uso delas na sua aposta.

Muito deixam-se levar pelas “Stats” mas amigos a importância daquele evento pode mudar e muito esta questão!

Vamos a outro exemplo para verificarem que as “Stats” devem ser ponderadas!

Imaginemos que a equipa A tem a tal média de golos de 3.5 em casa! Mas o avançado, o seu melhor marcador está lesionado, e só ele soma 10 golos marcados!
Não acham que se deve baixar em tese a média de golos esperados para este jogo?

Eu faço assim, baixo logo a média, se o melhor marcador está fora, não podemos esperar algo semelhante se as “Stats” no dizem que terão mais golos!

ATENÇÂO! – Reparem se esse tal jogador esteve ou não nessa totalidade de golos, este factor é muito importante!

Como vêm esta pequena explicação, já dá “água pela barba”. E por isto que muitos apostadores não olham para as “Stats” pois elas são “enganadoras” e ao mesmo tempo tão assertivas!

Penso que os apostadores novos devem ter especial cuidado com as “Stats” e um conselho que vos dou, é: não olhem como uma verdade real, equalizem as “Stats” no vosso estudo! Não olhem só para elas, tentam explica-las de maneira a que estas vos ajude no estudo e não vos engane!

Era mais fácil dizer simplesmente, não olhem para as “Stats” – Mas estaria a cometer um erro ao dizer isto, pois temos que olhar um pouco para elas dando a “real” importância para nós!

Em suma, caros apostadores temos que dar a importância que nós mesmos a queremos dar, e o valor real das mesmas!

Penso que tenha ficado claro, tudo sobre as famosas “Stats”!

Agora vamos ver o porquê das “Stats” não são iguais as “analytics”!

As “analytics” são analises e projeções tendo como base as próprias “Stats”

Quem usa muito as “analytics” são os grandes computadores que as casas de apostam têm e usam para prever o provável desfecho daquele evento.

As casas usam como ninguém estas “analytics” pois sem elas as casas ficavam a mercê de um apostador!

Prever um evento como o futebol é muito complicado, saber o que os 11’s de cada lado vão fazer é muito complexo. Saber se vai haver mais de 2.5 golos também não é fácil!

Então as casas usam modelos estatísticos e usam a “analytics” para prever o que pode acontecer no jogo.

Os modelos estatísticos “analisam” em primeiro as “Stats” e depois correlacionam com as “analytics” e depois assumem vários ponderadores e funções para chegar a uma “aproximação”!

Parece confuso? Sim mas para um matemático é algo que é simples! Acreditem que estes sistemas de inteligência como eu lhes chamo, foram projetados por grandes matemáticos.

É usual andar por aí sistemas de apostas tendo como base estes modelos matemáticos, mas como é óbvio requerem muito trabalho e para nós apostadores “comuns” está fora do nosso alcance!

Os computadores as fórmulas e os modelos são caros e custam muito dinheiro e só as casas conseguem possuir.

Nós apostadores apenas conseguimos prever 10% no máximo comparando-nos com estes sistemas de inteligência.

Dá para desistir não dá? Sim é verdade, mas não é a toa que por isto e por outras razões as casas têm lucros astronómicos com as apostas desportivas!
A conclusão que quero chegar hoje e neste artigo é que vocês apostadores percebam, em primeiro a diferença, entre as “Stats” e as “analytics” e que percebam o que cada uma faz e a importância de ambas!

Agora cabe a nós decidir o que devemos valorizar e ponderar. Estas duas vertentes são importantes para o apostador e também para as casas de apostas e é obvio que cada um dá os real valor a estas duas situações!
Projetar um evento é complicado é necessário ter muitos fatores e fugir ao “erro” que se comete quando se faz uma projeção!

Este será o mote que vocês apostadores irão passar e muitos passam nos dias que analisam os vossos jogos antes de efetuarem uma aposta.

Curioso, ouvi um matemático que ajudou a desenvolver através das “analytics” um sistema para uma casa de apostas, que dizia: “ Quanto mais factores e valores, maior é a margem de errar na projeção”


Esta declaração deixou-me a pensar, se olharmos para os dados que estes sistemas analisam, podemos ter a certeza que a margem de erro pode aumentar e é aqui que as coisas podem equilibrar para o lado do apostador!

Se os sistemas analisam tantos factores assim como dizem então podemos deduzir que podem errar mais, poderam existir erros nas projecções das odds por exemplo!

Eu acredito que sim, acredito que as casas com os sistemas colocam-se a mercê do erro e não é a toa que existe um “odd maker” para “fiscalizar” as linhas e as odds oferecidas!

É necessário colocar a decisão final na mão de um Homem? Então isto quer dizer que o sistema é falível, erra ou tem erros! Então o Homem tem que “ajustar” o sistema!

E agora o mais curioso, o Homem também erra, está desatento, está cansado, está distraído… e pode não conseguir dar conta do recado!


O melhor a culpa poderá ser do “estagiário” que não lhe passou as informações todas sobre aquele evento!

Caramba, afinal o sistema das casas de apostas não é assim tão bom, pois não?

Bom hoje um artigo ligeiramente mais curto, mas para apenas vos deixar a pensar, que não existem sistemas perfeitos, nem as “Stats” são a razão da toda a verdade!

As casas mesmo com grandes sistemas erram, e vocês têm testemunhos disso mesmo!

Então a luta poderá não estar assim tão desigual como anteriormente se pensava, e a meu ver, apenas temos que estar no sítio certo à hora certa e colocar aposta no ponto certo…. Para se apostar para ganhar!

Por estas e por outras que muitos continuam nesta luta e muitos “fazem vida” disto!

Boa semana, boas apostas.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *