Estoril vs Sporting – Primeira Liga

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / Estoril vs Sporting – Primeira Liga

Liga Sagres O Estoril de Praia é 8º classificado do maior campeonato de futebol profissional de Portugal e vem de uma derrota, fora de casa, frente ao Marítimo, por 2-1.

Em termos de registos, a jogar no seu estádio, neste campeonato e até ao momento, esta equipa soma 4 vitórias, 2 empates e 4 derrotas, o que revela que é no seu estádio que esta equipa, mais vezes, consegue impor o seu futebol e sair vitoriosa face às demais equipas que compôem esta liga.

Totalizando os golos deste conjunto, neste campeonato e até ao momento, o mesmo tem 27 golos marcados e 28 sofridos, que correspondem, respectivamente, a um dos 4ºs ataques mais eficazes e a uma das 6ªs defesas que menos golos permite, o que perfaz a 6ª melhor diferença de golos, desta prova.

Tacticamente, este conjunto joga num 4-3-3, que tem em Luís Leal o melhor marcador da equipa e o 8º melhor marcador do campeonato, até ao momento, com 8 golos marcados em 19 jogos disputados, o que perfaz 0,42 golos por jogo e 29% do total de golos desta equipa.

Em termos de ausências, Yohan Tavares está castigado, Tiago Gomes está lesionado e João Paulo ainda recupera a melhor forma física, pelo que o treinador não poderá contar, para este jogo, com estes 3 jogadores.

È também de referir que este lote de 3 jogadores indisponíveis soma 11 entradas em campo, mas estando os habituais titulares disponíveis, não será de esperar que estas ausências se façam notar, nesta equipa.

Lista de convocados do Estoril de Praia: Vagner e Mário Matos, Jefferson, Anderson, Mano, João Pedro, Steven Vitória e Bruno Miguel, Gonçalo Santos, Evandro, João Coimbra, Diogo Amado e Carlos Eduardo, Luís Leal, Gerso, Mendy, Carlitos, Tony Taylor e Licá.

Onze provável do Estoril de Praia: Vagner, Mano, Jefferson, João Pedro, Steven Vitória, João Pedro, Evandro, Diogo Amado, Carlitos, Licá e Luis Leal.

O Sporting Clube de Portugal é 9º classificado da Liga Sagres e vem de uma vitória por 3-2, fora de casa, frente ao Gil Vicente, que certamente voltou a motivar a equipa após uma série de 3 jogos consecutivos sem vencer que esta equipa vinha atingindo.

Em termos de registos, a jogar fora do seu estádio, neste campeonato e até ao momento, esta equipa soma duas vitórias, 4 empates e 3 derrotas, um registo bastante semelhante ao dos jogos efectuados no seu estádio, o que revela que esta equipa tem sentido bastantes dificuldades para conseguir competir com as demais equipas que compoêm este campeonato e que ainda precisa de melhorar a sua mentalidade, postura e abordagens em relação aos jogos, para assim, continuar a subir na tabela classificativa, deste campeonato.

Totalizando os golos desta equipa, nesta prova e até à data, a mesma tem 19 golos marcados e 22 sofridos, que correspondem, respectivamente, a um dos ataques menos eficazes e à 4ª defesa que menos golos permite, o que perfaz a 7ª melhor diferença de golos, deste campeonato.

Tacticamente, este conjunto joga num 4-5-1, que pode ser descrito, na horizontal e a pormenor, como um 4-2-3-1, que tem em Ricky van Wolfswinkel o melhor marcador da equipa, neste campeonato e até ao momento, com 6 golos marcados em 19 jogos disputados, o que perfaz 0,31 golos por jogo e 31% do total de golos desta equipa.

Em termos de ausências, Joãozinho está castigado, Boulahrouz e Schaars estão lesionados e Adrien e Viola estão de fora desta convocatória, por opção técnica, que terá Marcos Rojo e Jeffrén de volta às mesmas, após recuperarem das respectivas lesões.

É também de referir que o lote de 3 jogadores indisponíveis soma, neste campeonato nacional, 18 entradas em campo, pelo que ainda será de esperar que estas ausências se continuem a sentir, nesta equipa.

Lista de convocados do Sporting Clube de Portugal: Rui Patrício e Marcelo Boeck, Arias, Cedric, Rojo, Ilori, Fokobo, Miguel Lopes e Eric Dier, Rinaudo, Zezinho, André Martins, Labyad, Capel, Jeffrén, Bruma e Carrillo, Van Wolfswinkel e Rubio.

Onze provável do Sporting Clube de Portugal: Rui Patricio, Miguel Lopes, Tiago Ilori, Erick Dier, Cedric, Rinaudo, Labyad, Bruma, Zezinho, Carrillo e Ricky Van Wolfswinkel.

É esperada uma temperatura a rondar os 12 graus, à hora do jogo, com possibilidades de chuva, o que, certamente, ajudará a manter os níveis físicos dos jogadores, durante toda a partida, e portanto, também ajudará a manter os níveis de espectacularidade deste jogo entre duas equipas do meio da tabela classificativa do maior campeonato de futebol profissional de Portugal, a menos que a chuva apareça em força e prejudique muito o estado do relvado.

Em confronto teremos, então, o 8º classificado, contra o 9º, da Liga Sagres, pelo que, desde logo, o favoritismo para vencer esta partida está do lado da equipa visitante, que conseguiu ir ao campo do Gil Vicente arrancar uma vitória por 3-2, num jogo em que esta equipa conseguiu estar a vencer por 2-0, bastante cedo no jogo, depois se deixou empatar, e viria consecutivamente a conseguir a vitória após algumas substituições bem sucedidas, por parte do técnico Jesualdo Ferreira.

Em termos de comparação táctica, teremos a equipa da casa a jogar em 4-3-3, ao passo que a equipa visitante actuará em 4-5-1, mas sendo que ambos os esquemas tácticos se equivalem, pela descida ou subida da linha de alas de qualquer equipa, será de adivinhar que iremos ter algum equilibrio posicional e numérico dos jogadores a meio-campo, o que deixará os desiquilibrios deste jogo para os planos físicos, técnicos, de disciplina táctica, eficácia ofensiva, capacidade de criação de linhas de passe, de desmarcações, de eficácia nos lances de bola parada e velocidade nas transições ofensivas, onde, a meu ver, a equipa da casa apresenta resultados mais consistentes, mas onde considero que estas equipas têm níveis de prestação semelhantes.

A questão da consistência, na equipa visitante, tem agora e será sempre de ser levantada, ou pelo menos esta época, pois a partir do momento em que esta equipa consegue, já às ordens do novo técnico, uma série de 3 vitórias consecutivas, ao qual procederam outra série de 3 jogos consecutivos sem vencer, culminando com esta vitória por 3-2, que perfez 4 meses e meio que esta equipa não conseguia marcar mais de 2,5 golos num jogo, e em que deu a ideia que apenas o fez porque foi absolutamente necessário, e porque tinha opções no banco capazes de o fazer.

A injecção de sangue novo no plantel fez bem à equipa, nota-se que a mesma teve imediatamente e consecutivamente, mais pulmão, sobretudo, para as tarefas defensivas, mas com esse mesmo sangue novo vem alguma da inexperiência que já conheciamos desta equipa, o que nos faz questionar o porquê de tanto talento não ter sido lançado mais cedo, talvez uns meses antes, à experiência ou em ‘pacote’, como foi o caso, num jogo com menos relevância, pois não consigo ver como o resultado não poderia ser melhor.

De repente, jogadores como Bruma e Zezinho fazem parte do meu 11 ideal do Sporting, fazendo esquecer outros tantos valores que por lá passaram e por lá estão, com este ou outro problema ou lesão, ou falta de condição.

Para a escolha do meu prognóstico e tendo em conta que a deslocação para o Estoril será relativamente curta para o Sporting, que provavelmente veremos um estádio bastante composto ou mesmo lotado, fruto da vitória esplendorosa com tantos golos da equipa visitante, e que deverá ter dado bastante moral aos seus adeptos, ainda que com bastante resiliência fruto da tal inconsistência de que falei, optei pelo mercado de golos, pois acredito que com estes novos valores, poderemos ter, nesta partida, uma das melhores 3 da jornada, ou pelo menos uma das mais espectaculares, pois teremos dois adversários na tabela classificativa, sendo que do lado da casa, existe a motivação de jogar contra um grande e por isso a entrega ao jogo andará nos 110%, ao passo que da equipa visitante, a obrigatoriedade da consistência, não defensiva, pois essa existe, na 4ª defesa menos batida do campeonato, mas sim ofensiva, faz-me acreditar que teremos outro jogo com o perfil do jogo com o Gil Vicente, podendo ser, na minha opinião, e devido ao facto dos dois primeiros classificados, que terão duas recepções bastante complicadas e estando em ‘sobrecarga’ de jogos devido às competições europeias, o jogo com mais golos da jornada, mais emotivo e talvez até, mais interessante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Casas de Apostas
3,8 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis mais Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
4,0 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Aposta de 5€ Grátis com o Código Promocional: APOSTAGANHA1 mais 50% de Bonus até um máximo de 50 euros.