Apostas Online em Portugal – Aposta Ganha
Apostas Online

        Apostas Online em Portugal. Prognósticos, Tips e Guias de como apostar nos sites de apostas

Euro adiado para 2021 por razões de segurança

A tão aguardada decisão da UEFA foi finalmente tomada nesta terça-feira com o órgão máximo do futebol europeu a decidir-se pelo adiamento do EURO 2020 para o ano seguinte, abrindo assim espaço no calendário para que se concluam as ligas domésticas e europeias até finais de Junho.

Campeonato da Europa oferece necessária folga no calendário

Naturalmente, muitos apontavam a hipótese de adiamento do Campeonato da Europa como a solução mais plausível para que pudéssemos ver a temporada de clubes ser concluída de modo a não influenciar a época seguinte.

Euro adiado para 2021 por razões de segurança

O EURO só acontece de quatro em quatro anos pelo que adiá-lo por um ano não terá grandes repercussões na edição seguinte, que assim ocorrerá apenas três anos depois, em 2024. Esta é uma decisão aparentemente positiva por parte da UEFA que assim protege as competições nacionais e europeias de clubes, ao mesmo tempo que não prejudica em demasia um país em específico, uma vez que o Campeonato da Europa iria decorrer em variadas cidades europeias.

Com esta decisão, as seleções já qualificadas podem desde já olhar a médio prazo para a competição e esquecer a prova daqui por cerca de três meses, algo igualmente benéfico tendo em conta que a decisão surge atempadamente e numa fase em que as equipas nacionais ainda não tinham tomado decisões como convocatórias finais para o torneio.

Resumindo, a prova que prometia animar o início de verão de 2020 irá transitar para o mesmo período do ano de 2021, estando calendarizada para decorrer entre os dias 11 de Junho e 11 de Julho do próximo ano.

A UEFA também anunciou que irá reembolsar todos os adeptos que já tivessem adquirido os seus bilhetes para o evento numa decisão obviamente justificada e que só credibiliza a instituição em tempos de crise mundial.

Ligas domésticas podem finalmente respirar de alívio

Com esta abertura no calendário e a certeza de que os jogadores não estarão com a cabeça no Campeonato da Europa, os clubes podem agora cumprir o seu período de isolamento social com maior tranquilidade tendo em conta que terão até 30 de Junho – aproximadamente – para concluir as suas temporadas.

Um bom exemplo é a Liga Espanhola que ainda tinha 11 jornadas por disputar, algo que agora poderão fazer com maior à vontade, fazendo fé que esta paragem por conta do coronavírus não se estenda em demasia. Jogando duas vezes por semana, a Federação Espanhola pode concluir a sua competição em cerca de mês e meio, embora não possamos ignorar que também as competições europeias entrarão na equação pelo que idealmente seria importante que os clubes voltassem a competir no inícios de Maio.

Também a Liga Italiana está ainda muito atrasada pois foi a primeira a parar as suas atividades tendo em conta a forte propagação do vírus no seu país. Com 12 partidas por realizar até final da época e ainda muitas pessoas e jogadores infetados, é provável que este seja um dos casos mais complicados de resolução, podendo mesmo a Serie A avançar para playoffs de Campeão, Liga dos Campeões ou Manutenção.

Tudo isto são cenários em cima da mesa que continuarão a ser estudados enquanto o problema persistir, mas claro que o melhor para todos nós seria realmente erradicar este problema o quanto antes para que tudo pudesse correr normalmente até finais de Junho.
Competições Europeias devem correr o pano sobre a temporada

Contrariando a expetativa inicial de que seria o EURO a encerrar a temporada 2019-20, e na sequência do seu adiamento, tudo indica que serão as Finais da Liga Europa e Liga dos Campeões a encerrarem as festividades de uma temporada que ficará indelevelmente marcada por esta frustrante paragem competitiva.

Com ainda várias eliminatórias por realizar, e um calendário relativamente apertado consoante o evoluir da pandemia, a possibilidade de termos uma FinalFour num país menos afetado a decidir cada uma das competições continua a ser um cenário ponderado.

CONMEBOL seguiu as pisadas da UEFA e adiou Copa América

Este seria um final de temporada particularmente animado ao nível do futebol por seleções uma vez que a CONMEBOL havia decidido migrar a realização da Copa América para o mesmo período do Campeonato da Europa.

Esta decisão visava aproximar os calendários dos dois continentes, até porque muitas das estrelas sul-americanas jogam nos melhores campeonatos europeus. Assim, também a organização sul-americana decidiu adiar a Copa América para 2021, precisamente nos mesmos moldes em que estava projetada, decorrendo na mesma data do EURO, ou seja, de 11 de Junho a 11 de Julho de 2021.

Deste modo, teremos um final de época atribulado com as competições de clubes a tentarem concluir-se, mas já temos a garantia de que 2021 será igualmente fértil em futebol uma vez que duas das mais importantes competições de seleções do mundo serão realizadas dentro de um ano.


Outros links Apostaganha onde podes obter mais informações:

  • Youtube –  Podes assistir todos os nossos podcast e dicas de apostas no nosso canal.
  • Instagram e Twitter – Se gostas de outras redes sociais segue-nos.
  • Canal Oficial – Queres Receber todos os Prognósticos, Destaques, Tutoriais, Promos e muito mais?
  • Chat Telegram – Se queres conversar com mais de 2.500 apostadores é aqui.
  • Tipsters Profissionais – Tips exclusivas e gratuitas dos melhores apostadores.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *