O campeão nacional oficializou nos últimos dias as contratações de Carraça (ex-Boavista) e Cláudio Ramos (ex-Tondela), aquelas que são as primeiras contratações dos “dragões” para a próxima temporada, numa altura em que o futuro de Sérgio Conceição ainda é uma incógnita.

CARRAÇA E CLÁUDIO RAMOS SÃO “DRAGÕES”

A mudança de Cláudio Ramos, que passou os últimos anos no Tondela destacando-se como um dos melhores guarda-redes do campeonato português (tendo, inclusive, já sido chamado por Fernando Santos aos trabalhos da Seleção Nacional), já tinha sido veiculada na imprensa portuguesa há algumas semanas.

O anúncio oficial, por via de uma publicação nas redes sociais, contudo, só chegou na última quinta-feira. Cláudio Ramos parte, aos 28 anos, para o Estádio do Dragão a custo zero, depois de ter terminado o contrato que o ligou ao Tondela durante oito épocas (e outra por empréstimo do Vitória Sport Clube).

O “guardião” procurará demonstrar a qualidade que lhe colocou na montra dos melhores guarda-redes portugueses da atualidade ao serviço do FC Porto, mas não terá vida fácil, até porque a concorrência de Marchesín, titularíssimo na baliza “azul-e-branca” na última época, é forte.

Outro dos nomes confirmados pelo FC Porto como reforço para a próxima época caiu como uma surpresa. Trata-se do defesa (polivalente, mas que joga preferencialmente pelo lado direito) Carraça, de 27 anos, que tinha terminado recentemente contratado com o Boavista, o outro grande clube da cidade do Porto.

INVESTIMENTO SÓ DEPOIS DE ENCAIXE FINANCEIRO

A contratação de dois jogadores provenientes do mercado interno e a custo zero é sintomática da situação financeira que o FC Porto atravessa.

Muito se tem falado na imprensa nacional sobre o desejo da SAD “azul-e-branca” realizar um significativo encaixe financeiro, até porque está sob alçada da UEFA, que anunciou recentemente que os “dragões” só cumpriram o acordo de fair-play financeiro de forma parcial, pelo que se mantêm algumas restrições a nível financeiro e desportivo.

CARRAÇA E CLÁUDIO RAMOS SÃO “DRAGÕES”

O jovem Fábio Silva, que renovou em dezembro passado com uma cláusula de rescisão astronómica de 125 milhões de euros, pode ser um dos primeiros a abandonar o Dragão, por uma verba bastante inferior.

Isto depois do FC Porto ter instruído Jorge Mendes a procurar colocação para vários dos vencedores da UEFA Youth League sob o comando de Mário Silva (novo treinador do Rio Ave).

O jornal A Bola garante que Pinto da Costa e os seus pares estarão na disposição de deixar sair aquele que é visto como o avançado mais promissor do futebol português da atualidade por uma verba a rondar os 40 milhões de euros, o que já não seria nada mau, visto que Fábio Silva não se conseguiu impor na época de estreia na equipa principal sob o comando de Sérgio Conceição.

Outras das pérolas que poderão abandonar o FC Porto e garantir um retorno considerável para os cofres do Dragão são Fábio Vieira (multa rescisória de 30 milhões de euros), Romário Baró, Tomás Esteves e Diogo Leite.

Os dois últimos nomes mencionados são valores de qualidade que parece indiscutível, apesar da tenra idade (Tomás Esteves tem 18 anos, enquanto Diogo Leite contabiliza 21), que garante grande margem de progressão aos interessados no seu concurso.

O Valencia tem sido apontado insistentemente como provável destino para os dois defesas, que poderão permitir ao FC Porto um encaixe na ordem dos 40 milhões de euros, com cada um a custar, mais coisa menos coisa, 20 milhões.

SÉRGIO CONCEIÇÃO APONTADO AO INTER DE MILÃO

Já aqui esteve sob escrutínio o futuro do treinador do FC Porto, sobre o qual ainda não há fumo branco, nem notícias que reforcem nem a continuidade, nem a saída.

Ainda assim, em Itália o nome de Sérgio Conceição foi inserido numa lista de possíveis sucessores de Maurizio Sarri na Juventus (que acabou por contratar Pirlo) e voltou a ser, nos últimos dias, falado, desta feita para substituir Antonio Conte, caso se confirme a saída do italiano do Inter de Milão.

Para precaver a saída de Conceição, o FC Porto tem incluído no seu vínculo contratual uma cláusula de rescisão de 20 milhões de euros, um valor que deverá manter longe o alegado interesse do Inter, que olha também para Massimiliano Allegri, livre depois de ter saído da Juventus em 2018/19.

OS NOMES ASSOCIADOS AO CAMPEÃO

Numa altura em que o FC Porto pretende garantir a permanência de nomes fortes do seu plantel, como Alex Telles, Otávio, Sérgio Oliveira e Marega, não é líquido que a SAD dos “dragões” consiga manter jogadores como Corona (30 milhões é o valor da sua cláusula de rescisão) e Danilo (o jogador já assumiu publicamente o desejo de sair e Inglaterra poderá ser o destino).

Talvez por ainda não ter garantido qualquer venda, o clube “azul-e-branco” esteja a tardar em movimentar-se no mercado por jogadores cujos passes pertencem a outros clubes.

Ainda assim, a imprensa desportiva tem atirado para o ar o nome de alguns jogadores, sobre os quais o FC Porto parece bastante interessado.

Para o setor defensivo, Zaidu (Santa Clara) e Rúben Semedo (Olympiakos) são vistos como potenciais reforços e até já terão o aval de Conceição, numa lista a que se junta Lucas Veríssimo (Santos).

Para o ataque, Stiven Mendoza (Amiens) foi apontado ao Dragão pela imprensa francesa, que refere que o clube que desceu à Ligue 2 pede cerca de 4 milhões pelo jogador. Nas últimas horas, foi o uruguaio ‘Colo’ Ramírez (23 anos, 24 golos em 34 jogos em 2019), do Liverpool de Montevideo, a ser apontado para vestir de azul e branco na próxima época.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Chat no Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Casas de Apostas
Solverde Apostas

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.

Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.