Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

FC Porto em missão europeia quase impossível – Liga dos Campeões

Depois da derrota em Anfield por 2-0, o Porto precisa de inverter a eliminatória no Estádio do Dragão, no entanto o Liverpool está em claro crescendo de forma e certamente não irá facilitar a difícil tarefa que o Porto terá em mãos na noite de quarta-feira na Liga dos Campeões.

Porto: É preciso fazer o que ainda não foi feito

A magnitude da tarefa que o Futebol Clube do Porto terá pela frente é refletida nos dados históricos do clube nas competições europeias: nunca a formação portista conseguiu virar uma eliminatória na qual tenha perdido a primeira mão por dois ou mais golos de diferença, e tal já sucedeu em quinze ocasiões.

Estes são números que espelham na perfeição a dificuldade adjacente a virar eliminatórias europeias, particularmente numa competição como a Liga dos Campeões e já numa fase a eliminar onde só as melhores equipas europeias ainda estão presentes.

Porto em missão europeia quase impossível - Liga dos Campeões

Mas os Dragões ainda não atiraram a toalha ao chão e vão tentar confirmar as boas indicações deixadas em Anfield Road, apesar da derrota por dois golos. Isto porque Moussa Marega foi uma autêntica dor de cabeça para a defensiva dos Reds comandada pelo holandês Virgil van Dijk.

Só o maliano terá desperdiçado duas ou três boas oportunidades para marcar, algo que o Porto ainda não conseguiu ao longo das três partidas que já disputou diante do Liverpool na Liga dos Campeões nas últimas duas épocas.

Depois de perder em casa por 0-5 no embate da primeira mão dos Oitavos de Final da prova na época passada, o Porto viria a empatar em Anfield sem golos, pelo que a derrota por 2-0 da semana passada ampliou para 270 o número de minutos dos Dragões sem marcar ao Liverpool nas provas europeias.

Portanto, para além de precisar de inverter um agregado que nunca conseguiu superar anteriormente nas provas europeias, o Porto também irá necessitar de furar – de uma vez por todas – a sólida defensiva da formação às ordens de Jurgen Klopp caso queira disputar a qualificação até final dos 180 minutos de jogo.

Liverpool: Verticalidade pode não surtir o mesmo efeito

O principal trunfo ofensivo do Porto na partida em Inglaterra foi claramente a verticalidade de jogo através de um endiabrado Moussa Marega, mas será que Jurgen Klopp não percebeu isso e vai permitir novamente veleidades nesse departamento do jogo?

Não acredito muito nisso, e um pouco há semelhança do que sucedeu na época passada no jogo do Dragão, o Liverpool tenderá a baixar um pouco mais as linhas no sentido de se proteger desse método de agressão do ataque portista, ao mesmo tempo que se coloca em posição de sair muito rápido para letais contra-ataques com a sua armada ofensiva.

Mohamed Salah, Roberto Firmino e Sadio Mane marcaram todos em Portugal na época passada, e com a provável tentação ofensiva dos portistas neste duelo podem voltar a desfrutar da noite da Invicta.

Não espanta, portanto, que o Liverpool seja considerado favorito a vencer o encontro da segunda mão com cotações de 2.08 na ESC Online, uma das maiores casas de apostas de Portugal.

Jurgen Klopp

Ainda assim, o Porto terá de tentar explorar essa componente do jogo sempre que possível, pois a sua criatividade a meio-campo não é propriamente a sua principal arma.

Mesmo que Yacine Brahimi alinhe de início, o Porto tem poucos argumentos do ponto de vista das rápidas trocas de bola pelo centro do terreno, beneficiando mais de um jogo esticado com bolas para as costas das defensivas contrárias a fim de explorar a força e velocidade dos seus atacantes, nomeadamente de Moussa Marega e Tiquinho Soares.

Com Virgil van Dijk e Lovren provavelmente avisados para esses perigos poderá ser um pouco mais difícil explorar essa forma de jogar, no entanto o Liverpool tem intrínseco ao seu jogo um futebol mais positivo de ataque que pode levar os seus defesas a avançarem no terreno em alguns momentos do jogo, e será aí que o Porto poderá extrair dividendos caso seja expedito na exploração dos mesmos.

Não é possível travar este tridente ofensivo

Depois de no encontro da primeira mão o Liverpool ter feito dois golos durante o primeiro tempo e ainda ter esbanjado uma situação de golo feito por Mohamed Salah, voltou a ficar visível que é praticamente impossível suster este poderoso ataque dos Reds.

Tal voltou a ficar patente no embate deste fim-de-semana onde o Liverpool bateu o Chelsea por 2-0.

Com os Blues muito organizados defensivamente, a formação da terra dos Beatles teve de ser paciente até chegar ao golo por parte de Sadio Mane e, pouco depois sentenciaria a contenda com um golaço do egípcio Mohamed Salah.

Basicamente, em dois/três minutos toda a estratégia defensiva do Chelsea ruiu com dois bons momentos de ataque da formação do Liverpool.

E isso poderá acontecer no Estádio do Dragão. O Liverpool até poderá não atacar tanto quanto em casa, mas provavelmente chegará com elevado grau de perigosidade nas ocasiões em que rondar a baliza à guarda de Iker Casillas.

Mohamed Salah

Roberto Firmino marcou ao Porto na época anterior e voltou a marcar na semana passada em Anfield, e está cotado em 3.50 pela Betclic para fazer golo aos Dragões pela terceira vez em quatro jogos no espaço de duas épocas.

Também Sadio Mané brilhou no Dragão na época passada, apontando um hat-trick na vitória por 5-0, e apesar de não ter marcado em Anfield na semana passada, marcou ao Chelsea no fim-de-semana e está cotado em 2.60 para o fazer novamente esta quarta-feira.

Curiosamente, Mohamed Salah está com cotação ligeiramente superior ao senegalês, surgindo a 2.65 para bater Iker Casillas depois de não o ter conseguido na semana passada de modo incrível.

Mas o golo que apontou diante do Chelsea terá restabelecido a sua confiança e o grande dilema aqui é escolher qual dos três estará melhor colocado para fazer golo no Dragão.

Ok, todos eles marcaram lá na época passada, mas isso dificilmente voltará a ocorrer pelo que talvez Firmino, que apresenta cotações mais altas, possa ser a opção mais atrativa.

Um milagre que tem de ser perseguido

É certo que adotar uma estratégia demasiado ousada frente a uma equipa da qualidade do Liverpool contém riscos assinaláveis, no entanto os adeptos portistas devem preferir que a sua equipa mostre ambição de perseguir algo extremamente difícil de alcançar ao invés de se conformar e jogar para um resultado que não destoe.

Sim, isso pode abrir possibilidades a um novo festival atacante do Liverpool, porém os ingleses estão numa muito dura fase do calendário e altamente comprometidos com a tentativa de finalmente vencerem o título da Premier League pelo que deverão moderar a sua intensidade de jogo se a eliminatória estiver resolvida, afastando assim um cenário mais negro para o Porto.

Um triunfo portista vale 3.50 na Bet pt, mas tal pode não ser suficiente para obter a qualificação, embora de qualquer modo o simples facto de bater o Liverpool já fosse motivo de regozijo para a formação portuguesa.

Os Reds não perdem há 16 partidas, tendo enfrentado nesse período o Bayern de Munique (por duas ocasiões), Chelsea, Manchester United, Tottenham e Porto.

Por outro lado, esta eventual postura mais audaz por parte dos portistas poderá render o tal golo que tem fugido diante do Liverpool em anteriores ocasiões.

Assim, e prevendo que também o Liverpool deverá acabar por fazer pelo menos um golo na noite do Dragão, é provável que ambas as equipas marquem golos e tal está cotado em 1.64 pela Betclic.

O Porto terá uma missão altamente espinhosa pela frente, mas os adeptos só pedem à equipa que pelo menos caia de pé e a lutar frente a um peso pesado que almeja o título da Liga dos Campeões.

Duelo exclusivamente inglês ao rubro

Na outra partida desta quarta-feira teremos um decisivo duelo no Etihad entre Manchester City e Tottenham Hotspur.

No embate da primeira mão, no novo e esplendoroso Tottenham Hotspur Stadium, a equipa da casa venceu por 1-0 com golo de Heung Min-Son após Sergio Aguero ter desperdiçado uma Grande Penalidade durante a primeira parte do jogo.

Por essa razão, os Citizens de Pep Guardiola estão obrigados a uma noite gloriosa para inverter essa desvantagem com a ESC Online a oferecer 1.32 por um triunfo caseiro.

Pep Guardiola

Do lado dos Spurs, há que lamentar nova lesão com alguma gravidade da sua estrela e principal goleador Harry Kane.

Para além dele, também Dele Alli contraiu uma lesão e estará em dúvida até à hora de partida pelo que teremos uma formação dos COYS comandada por Mauricio Pochettino algo desfalcada, mas obviamente motivada pelo resultado obtido no embate da primeira mão.

Um empate (5.80) pode ser suficiente para os visitantes, no entanto a qualidade ofensiva do Manchester City pode ser difícil de neutralizar pelo que o Tottenham poderá ver-se forçado a procurar pelo menos um golo nesta partida que dificulte ainda mais a missão da formação de Manchester.

Um golo dos Spurs forçará o Manchester City a marcar três golos esta quarta-feira, e embora tal não seja – de todo – impossível para uma formação desta qualidade, certamente que criará dificuldades acrescidas no seu objetivo de se qualificar para as Meias-Finais da competição.