Apostas Online em Portugal – Aposta Ganha

Federer obrigará Nadal a colocar o pé no pedal – Roland Garros

Aí está o capítulo 39 do mítico ‘Fedal’ que opõe o helvético Roger Federer ao espanhol Rafael Nadal. Ambos os jogadores têm tido percursos seguros no Roland Garros até ao momento, e chegam à Meia-Final apostados em proporcionar um grande espetáculo aos fãs da modalidade.

Domínio recente de Federer efémero em terra batida

Apesar da liderança de 23-15 em confrontos diretos por parte de Rafael Nadal, a verdade é que Roger Federer saiu vitorioso dos últimos seis embates entre os dois jogadores.

De qualquer modo, é preciso contextualizar as circunstâncias em que tal sucedeu. Em apenas um desses sucessos estávamos numa partida de Grand Slam disputada à melhor de cinco sets que, tendencialmente favorece Rafa Nadal pela sua maior condição física.

Federer obrigará Nadal a colocar o pé no pedal

Além disso, no último embate ‘Rafa’ nem sequer entrou em court alegando problemas físicos, sendo atribuída a vitória ao seu rival, e para concluir, todos esses encontros foram disputados em piso duro onde ‘FedEx’ tende a ser mais forte que o espanhol.

Mas se olharmos ao histórico de embates entre os dois no mesmo tipo de superfície que Roland Garros – terra batida – então Rafael Nadal lidera com grande à vontade por 13-2.

Basicamente, se excluíssemos este tipo de piso Federer estaria na liderança no confronto direto por 13-10 face ao espanhol, porém será mesmo em terra batida que este encontro se disputará, o que representa uma óbvia vantagem para o ‘Rei da Terra Batida’ e histórico dominador do torneio francês.

Ambos os jogadores na plenitude física

Tanto Rafael Nadal como Roger Federer têm conseguido traçar um percurso seguro e autoritário na presente edição do torneio gaulês, chegando a esta semifinal em ótimas condições físicas e com pouco tempo despendido em court.

Nadal só cedeu um set até ao momento na partida da terceira ronda diante de David Goffin, mas o triunfo dos quartos de final frente a um moribundo e desgastado Kei Nishikori foi verdadeiramente rápido e sereno.

federer stan

Já Roger Federer, só nos quartos de final diante do compatriota Stan Wawrinka consentiu o seu primeiro set, embora acabasse vitorioso em apenas quatro sets.

Para além disso, ambos os jogadores irão beneficiar de dois dias de descanso até ao embate desta Sexta-feira, e tal irá permitir-lhes quase certamente, se apresentarem na máxima força para um duelo histórico que voltará a concentrar grande atenção um pouco por todo o mundo.

Histórico em Roland Garros justifica cotações

Rafael Nadal é claramente apontado como favorito à vitória diante de Roger Federer a 1.10 na Betano, nova casa de apostas licenciada em Portugal.

E o histórico de confrontos entre os dois jogadores neste torneio só vem reforçar a ideia de que o favoritismo do espanhol é absolutamente indesmentível. Rafa venceu em todas as cinco anteriores ocasiões que defrontou o suíço neste local, sendo que Federer nunca conseguiu obrigar o espanhol a ir a um quinto set na sua terra prometida.

Nos cinco anteriores confrontos, Nadal venceu por quatro vezes em quatro sets e noutra ocasião venceria mesmo em apenas três sets, portanto estamos na presença de uma missão quase
impossível para Roger Federer.

O veterano e sensacional tenista helvético está cotado em largos 6.25 na Betclic para sair vencedor deste embate, mas só jogando ao mais alto nível durante três ou quatro sets poderá ter uma oportunidade de surpreender o ‘Touro Miura’, já para não falar da componente física onde o maestro suíço terá de estar sublime caso queira criar dúvidas no jogo do seu rival maiorquino.

Solidez vs Magia

Todos sabemos que Rafael Nadal é conhecido pela sua imponência física dentro de court de ténis, além de pancadas fulminante de direita, e a sua solidez em pisos tendencialmente mais lentos tornam-no virtualmente imbatível quando está em boa forma.

Ainda assim, ele chegou a Roland Garros com apenas um torneio de terra batida no bolso em 2019, algo atípico na sua carreira já que geralmente aqui chegava com três ou quatro troféus de amostra rumo ao Grand Slam de terra batida.

Quanto a Roger Federer, é um jogador mais talhado para surpreender os adeptos a cada jogada graças ao seu vasto leque de recursos que lhe permite acelerar, reduzir ou combinar o ritmo de pancadas numa só jogada, confundindo muito os seus rivais.

E será por aí que ele poderá criar dificuldades ao espanhol, nunca o deixando confortável no decorrer da partida, mas será que terá capacidade para o fazer numa partida desta importância onde Nadal estará altamente focado no seu objetivo?

Veremos até que ponto a magia de Federer pode contrapor a solidez de Nadal…

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *