Depois de um interregno que perdurou ao longo dos últimos meses – sendo que, a nível europeu, não vemos seleções em campo desde a reta final do apuramento para o Euro 2020 –, eis que o futebol internacional está de regresso já na próxima quinta-feira. Para abrir o apetite, há um Alemanha – Espanha no arranque da nova edição da Liga das Nações, onde Portugal é o campeão em título.

PORTUGAL ARRANCA DEFESA DO TÍTULO FRENTE À CROÁCIA

Campeão da primeira edição desta Liga das Nações da UEFA, criada para reduzir o calendário das partidas amigáveis e aumentar a competitividade ao nível das seleções, Portugal iniciará a caminhada da defesa da sua conquista no próximo sábado, no Estádio do Dragão, na cidade do Porto.

O primeiro teste da equipa orientada pelo engenheiro Fernando Santos após a vitória no Luxemburgo, do passado dia 17 de novembro (que serviu para confirmar a presença lusa no Euro 2021), será contra a vice-campeã mundial em título Croácia, ainda comandada por Zlatko Dalic. Estão, ainda, França e Suécia neste Grupo 3.

Para os jogos contra a Croácia e também a Suécia (dia 8, terça-feira, em Estocolmo), o selecionador que guiou a Seleção Nacional à vitória no Euro 2016 promoveu duas estreias: Francisco Trincão (que acabou de trocar o Braga pelo Barcelona) e Rui Silva (guarda-redes que se
destacou ao serviço do Granada em 19/20).

PORTUGAL ARRANCA DEFESA DO TÍTULO FRENTE À CROÁCIA

Numa lista que não conta com Ricardo Pereira, João Mário, Pizzi, entre outros presentes na última convocatória, o destaque vai para a inclusão da figura maior Cristiano Ronaldo, que já voltou aos trabalhos com a Juventus de Andrea Pirlo.

‘MANNSCHAFT’ E ‘LA ROJA’ EM DUELO COM CHUVA DE ESTRELAS

Apesar das várias novidades introduzidas pelos selecionadores Joachim Löw e Luis Enrique nas convocatórias da Alemanha e da Espanha para os primeiros compromissos relativos à Liga das Nações, não faltarão motivos de interesse, nem craques de alto gabarito, no relvado da Mercedes-Benz Arena, em Estugarda.

As campeãs mundiais de 2010 e 2014 militam no Grupo 4 da Liga A, lado a lado com Ucrânia e Suíça. Num formato em que apenas o vencedor do grupo garante a qualificação para os play-offs de apuramento do campeão, prevê-se grande entusiasmo.

No jogo da próxima quinta-feira, as chamadas de Adama Traoré (falhará o jogo depois de acusar positivo à covid-19) e Ansu Fati à lista de convocados de Luis Enrique ganham destaque, não faltando valores mais experientes, como Sergio Ramos, Sergio Busquets ou Thiago Alcântara.

Do lado da Alemanha, Joachim Löw deu descanso a praticamente todos os jogadores do Bayern (exceção feita a Niklas Süle) e do RB Leipzig, pela participação de ambos na “final eight” da Liga dos Campeões, que decorreu em Lisboa.

O benfiquista Luka Waldschmidt foi convocado, numa lista que conta com os estreantes Baumann (guarda-redes do Hoffenheim), Gosens (Atalanta) e Florian Neuhaus (M’Gladbach) e ainda com nomes como Timo Werner, Leroy Sané, Toni Kroos ou Kai Havertz.

A previsão é a de um jogo extremamente equilibrado, como podemos constatar na análise às odds do mercado de 1X2 disponibilizadas pela Betano: 2.40 para a vitória da Alemanha, 3.25 para o Empate e 2.82 para a Espanha.

FRANÇA ENTRA EM CAMPO NO SÁBADO DIANTE DA SUÉCIA

Entre o próximo dia 3 e 8 de setembro, não haverá um único dia sem jogos da nova edição da Liga das Nações, que, como já se sabe, possui quatro “divisões” com vários grupos cada.

FRANÇA ENTRA EM CAMPO NO SÁBADO DIANTE DA SUÉCIA

Já depois de Itália (recebe a Bósnia-Herzegovina na sexta-feira), Holanda (recebe a Polónia na sexta-feira) e Inglaterra (defronta fora a Islândia na tarde de sábado), a campeã mundial França, que milita no mesmo grupo de Portugal (com Suécia e Croácia), defronta os suecos em Estocolmo, na Friends Arena, à mesma hora (19:45) que Portugal encara a Croácia e que, também, a potência Bélgica defronta a Dinamarca (grupo 2 da Liga A).

Dois dos destaques na lista de convocados de Didier Deschamps vão precisamente para as ausências de Paul Pogba (Manchester United) e Tanguy Ndombelé (Tottenham), depois dos dois jogadores terem acusado positivo à covid-19.

Houssem Aouar (Lyon), Eduardo Camavinga (jovem de apenas 17 anos do Rennes) e Dayot Upamecano (RB Leipzig) foram convocados pela primeira vez para a Seleção Francesa, que só defronta Portugal em outubro próximo.

Os primeiros compromissos dos ‘Les Bleus’ são, tal como já referi, contra a Suécia e, posteriormente, diante da Croácia (dia 8, às 19:45), em Paris.

RÚSSIA, SÉRVIA E TURQUIA JUNTAS NA LIGA B

Os principais nomes do futebol europeu estão na primeira divisão desta Liga das Nações, sendo ainda de referir o Grupo 1 (Bósnia-Herzegovina, Itália, Holanda e Polónia) e o Grupo 2 (Bélgica, Dinamarca, Inglaterra e Islândia), além dos grupos 3 e 4, sobre os quais já me debrucei previamente.

Mas não se pense que não existem boas seleções nas outras divisões. Os casos mais flagrantes que encontro, em relação à Liga B, são os de Rússia, Sérvia e Turquia.

Os russos militam no Grupo 3, precisamente ao lado de sérvios, turcos e ainda a Hungria.

No Grupo 1, a composição faz-se com Áustria, Irlanda do Norte, Noruega e Roménia. O Grupo 2 é composto por República Checa, Israel, Escócia e Eslováquia, ao passo que o Grupo 4 conta com a presença de Bulgária, Finlândia, República da Irlanda e País de Gales.

Na terceira divisão (Liga C), o nome mais sonante é o da Seleção Grega, que aparece ao lado de Kosovo, Moldávia e Eslovénia no Grupo 3.

De resto, no Grupo 1 estão Azerbaijão, Chipre, Luxemburgo e Montenegro, enquanto que o Grupo 2 conta com Arménia, Estónia, Geórgia e Macedónia.

RÚSSIA, SÉRVIA E TURQUIA JUNTAS NA LIGA B

No Grupo 4 da Liga C, militam Albânia, Bielorrússia, Cazaquistão e Lituânia.

O quadro desta segunda edição da nova prova internacional da UEFA fica completo com os dois grupos da Liga D, onde estão as seleções menos cotadas no ranking do organismo europeu.

No Grupo 1, Andorra, Ilhas Faroé, Letónia e Malta competirão pela subida à Liga C, enquanto que, no Grupo 2, a disputa far-se-á entre os pouco expressivos Gibraltar, Liechtenstein e São Marino.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Chat no Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Casas de Apostas
Solverde Apostas

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de até um máximo de 100 euros.

Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.