Prognósticos para Apostas Desportivas Online - Aposta Ganha

Prognostico Getafe vs Eibar

la liga novo

Getafe vs Eibar – La Liga: Após uma ótima campanha na Liga Espanhola em 2017/18

O objetivo primordial do Getafe volta a ser a permanência, no entanto o clube tem argumentos suficientemente válidos para almejar algo mais,

nomeadamente consegui-lo com tranquilidade e alimentar o sonho de poder lutar por uma vaga europeia, algo que aconteceu durante parte da última edição do campeonato espanhol.

O Getafe manteve a estrutura da última época, o treinador José Bordalás já se mantém no cargo desde 2016 e arranca aquele que será o terceiro ano consecutivo no comando técnico,

apesar de ter começado a aventura já com a época de 2016/17 em andamento.

Relativamente ao mercado de transferências, a equipa madrilena viu sair três peças fundamentais no esquema da época passada, nomeadamente o guarda-redes Vicente Guaita (Crystal Palace), o defesa Molinero (Sp. Gijón) e o médio Fayçal Fajr (Caen).

Em sentido inverso, reforçou-se com nomes promissores (Jaime Mata e Sergi Guardiola foram dois goleadores na última edição da Liga Adelante, Oswaldo Alanís chega do México para acrescentar qualidade

e quantidade à linha defensiva e Miquel, defesa ex-Málaga de 20 anos de idade, custou 5 milhões de euros),

tendo no guardião David Soría e no médio sérvio Nemanja Maksimovic (ex-Valencia) as contratações mais consagradas feitas até ao momento.

Na primeira jornada, derby madrileno no Santiago Bernabéu, com a vitória a sorrir com alguma naturalidade ao Real Madrid.

Na estreia de Julen Lopetegui, o Getafe fez o que pode, perante um Real não avassalador, mas bastante competente defensivamente e com capacidade para criar algumas situações de golo, não muitas,

especialmente na primeira parte, que terminou sem qualquer remate do Getafe e com o Real na frente por apenas 1-0, num golo que nasce de um mau alívio de Soría).

Na segunda parte, a equipa da casa mostrou-se mais perigosa, mas só marcou mais um, curiosamente em mais um erro individual que nasce num lançamento lateral comprometedor,

apesar de ter atirado mais uma bola ao poste (já o havia feito nos primeiros 45′).

Se a derrota na estreia do Getafe acaba por ser relativizada pelo seu público, por ter acontecido contra e na casa de um crónico candidato ao título, o mesmo não se pode dizer do resultado que o Eibar obteve na primeira ronda.

A jogar em casa e depois de uma temporada onde escapou à manutenção com distinção e uma reta final da temporada muito boa e consitente,

diante do recém-promovido Recreativo Huesca, a equipa de Mendilibar (que transita no cargo de técnico principal desde 2015) foi surpreendida e acabou derrotada justamente por 2-1.

O Huesca aproveitou da melhor forma duas situações ainda na primeira parte que colocaram a nu algumas lacunas defensivas na equipa do Eibar,

que ofereceu muitos espaços fruto da forma atacante e do “pressing” alto com que se apresentou em campo, e saiu para o intervalo com uma vantagem de 2-0.

Na primeira parte, o Eibar procurou reagir ao golo sofrido bastante cedo (logo aos 5′), mas sem objetividade e sem criar reais oportunidades de golo,

exceção feita a um lance mal finalizado pelo português Bebé, que regressa após um ano cedido ao Rayo.

No segundo tempo, a equipa forasteira voltou a mostrar-se menos rematadora que o Eibar mas mais acutilante aquando das chegadas ao último terço e bem cedo ameaçou chegar ao 3-0,

que podia ter mesmo acontecido não fosse a excelente intervenção de Marko Dmitrovic.

O golo do Eibar surgiu aos 69′, numa jogada de insistência sob a direita do ataque, mas até ao final, apesar do “forcing” natural que exerceu a jogar em casa,

não conseguiu incomodar realmente o guardião do Huesca, que voltou a ficar muito perto de “matar” o jogo com o terceiro golo.

O Eibar entra nesta temporada com os mesmos objetivos da manutenção, mas com confiança reforçada pela forma como conseguiu concretizar esse objetivo na época passada.

Em termos qualitativos, o plantel perdeu alguma qualidade, a maioria dos reforços veio do segundo escalão do futebol espanhol,

sendo que saíram Takashi Unui (japonês que brilhou no Mundial e fez 34 jogos pelo Eibar em 2017/18, apontando 5 golos), Dani García (32 jogos), Ander Capa (33 jogos) e Iván Alejo (22 jogos/1 golo).

Saíram peças importantes da defesa e, especialmente, do meio-campo e creio que, tendo em conta os jogadores que chegaram, o Eibar ainda irá ao mercado até ao fecho reforçar-se.

Pelo que vi e analisei do desempenho das duas equipas na jornada inaugural do campeonato espanhol, o Getafe tem consideravelmente mais chances de ganhar este jogo.

O Eibar mostrou-se bem abaixo do esperado, sentiu muito a falta dos elementos que saíram no defeso e foram notórias as dificuldades sentidas nos dois extremos do campo, quer na passividade defensiva, como na dificuldade em criar verdadeiras oportunidades de golo.

Já a amostra que o coletivo madrileno deu no derby com o Real não serve de muito, pela disparidade de qualidade e obrigações entre ambos, no entanto gostei da organização defensiva do Getafe

e a jogar em casa contra um adversário do mesmo “campeonato” certamente vai apresentar outra dinâmica em termos ofensivos.

Prognóstico Getafe vs Eibar :

Acredito bem que o Getafe possa somar os três primeiros pontos neste campeonato, não só pelo trabalho que Mendilibar terá a fazer com o seu Eibar para conseguir chegar ao nível que conseguiu exibir na reta final da época passada, mas também pelo factor casa.

No entanto, opto pelo DNB, porque nem sempre a finalização está ao melhor nível em Espanha e o Getafe pode desperdiçar demasiado e comprometer a conquista dos três pontos. Perder? Não acredito.

Prognóstico para ApostasQuotaUn.CasaEstado
Getafe AH 0
1.39
10
ESC-Onlineganha

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *