Gold Cup com final anunciada

Aposta Ganha / Destaques do Desporto e das Apostas / Gold Cup com final anunciada

Enquanto grande parte da atenção futebolística recai por estes dias na Copa América, Taça das Nações Africanas e Mundial Feminino, também vai decorrendo em segundo plano a Gold Cup da CONCACAF que recolhe menor atenção fruto da fraca qualidade das equipas envolvidas.

Gold Cup: México e Estados Unidos a solo

A prova que congrega as equipas da América do Norte, Central e Caribe decorre desde 1991 e temos tido dois países a dominar quase por completo a história da mesma.

Ao cabo de catorze edições da Gold Cup, México (7) e Estados Unidos da América (6) venceram em conjunto treze delas num domínio avassalador que diz muito sobre a fragilidade das equipas desta zona do globo.

Gold Cup com final anunciada

Ora, na presente edição da competição não estamos a ter um diferente guião e nas Meias-Finais teremos a presença de México e Estados Unidos, ambos favoritos para vencerem a sua eliminatória e agendarem uma Final de colossos das Américas.

Mas engane-se quem pensa que tem sido um passeio para estas duas formações. Ok, a fase de grupos foi uma mera formalidade, no entanto os quartos de final impuseram testes mais exigentes que obrigaram a esforços extra.

O México, por exemplo, mediu forças com a boa seleção costa-riquenha e só nas Grandes Penalidades se conseguiu desenvencilhar do seu adversário, correndo assim enormes riscos de uma eliminação precoce e inesperada.

Agora, os mexicanos comandados por Tata Martino enfrentam o teoricamente acessível Haiti na noite de terça-feira por um lugar na Final, embora seja de relevar que os haitianos surpreenderam o Canadá nos quartos de final ao vencerem por 3-2.

De referir que o Canadá é a única seleção, para além dos dois dominadores, a já ter vencido esta competição – por uma vez, em 2000.

De qualquer modo, o México é muito superior em termos de qualidade individual e coletiva pelo que surge como destacado favorito a 1.30 na betano para seguir em frente até à Final da prova.

Com elementos da qualidade de Raul Jimenez, André Guardado, Jonathan dos Santos ou Antuna parece difícil imaginar um cenário de afastamento mexicano antes da grande Final.

Norte-americanos com teste mais exigente

Se a seleção mexicana parece ter caminho relativamente facilitado até à Final do torneio, o mesmo não poderemos dizer dos Estados Unidos que, apesar de serem claramente favoritos no seu encontro das Meias-Finais, terão de estar atentos ao perigo que pode vir da seleção jamaicana.

Trata-se de uma equipa em clara evolução nos últimos anos e o facto de ter afastado o Panamá nos quartos de final é disso sintomático.

Para além disso, a seleção jamaicana foi finalista vencida nas últimas duas edições da Gold Cup, tendo mesmo afastado os Estados Unidos nas semifinais de 2015 e perdido para eles na Final de 2017.

usa gold cup

Em suma, esta pode até considerar-se uma final antecipada onde os norte-americanos beneficiarão do fator casa, algo que pode ser crucial na hora de definir o desfecho da partida.

Com uma equipa onde pontificam Zardes, Christian Pulisic e o experiente Michael Bradley, a formação da casa parece ter argumentos para sair por cima deste desafio, embora as cotações para o seu triunfo talvez estejam um pouco curtas a 1.39 na Bet.pt

De qualquer modo, as probabilidades de termos a típica Final de Gold Cup entre México e Estados Unidos são fortes já que ambas as seleções figuram como favoritas nos seus embates.

Caso tal se concretize, esta será a sexta final entre as duas nações ao cabo de catorze edições da prova, sendo ainda de destacar que só em uma ocasião em toda a história da prova não tivemos pelo menos uma destas equipas a disputar a Final.

Aquela aposta dupla natural

Quando olhamos isoladamente às cotações de México e Estados Unidos para venceram as respetivas partidas e agendarem uma Final esperada não ficamos propriamente entusiasmados com o potencial retorno, no entanto se optarmos por juntar esses dois desfechos poderemos aumentar o nosso retorno.

Juntando os triunfos de México e Estados Unidos em Tempo Regulamentar na Betano conseguimos gerar uma aposta dupla de 1.95 que naturalmente se torna bem mais atrativa do que apostando isoladamente em cada evento.

Ainda assim, o equilíbrio crescente que a equipa jamaicana tem conseguido gerar frente às mais fortes do continente incita a alguma cautela quanto ao valor a apostar em tal seleção de aposta.

Mas olhando friamente para as armas de cada equipa presente nas Meias-Finais da competição torna-se perfeitamente aceitável pensar numa aposta que contemple os dois favoritos para assegurarem mais uma presença na Final da Gold Cup.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




CASAS DE APOSTAS LEGAIS
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a apostas desportivas online.
4,0 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis com o Código Promocional: apostaga
mais Bónus no primeiro depósito até um máximo de 100 euros.
3,0 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 100€ euros.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
3,8 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.