Apostas Online em Portugal – Aposta Ganha

Grande Prémio de Abu Dhabi F1 em 2019

Foi uma temporada recheada de peripécias no circo da fórmula um, embora o maior desejo dos fãs não se tenha realizado, e que passava por uma prova competitiva no que toca à discussão dos títulos mundiais de pilotos e construtores.

Mercedes igual a si própria

Esta foi uma temporada que confirmou a tendência recente de domínio da Mercedes, embora a sua superioridade tenha acabado por ser superior aquilo que era esperado tendo em conta a aparente rapidez da Ferrari nos testes de pré-temporada em Barcelona.

gp-abu-dhaib

Mas nem só de velocidade se faz a F1 e a Mercedes fez questão de o provar apresentando o carro mais fiável de toda a competição, que raramente deixou os seus pilotos ficar mal com avarias, a que se juntou a qualidade estratégica da equipa da Silver Arrows que, ao contrário da Ferrari, raramente colocou os pés pelas mãos.

Tudo isto contribuiu para uma grande diferença entre as duas principais equipas da modalidade com a Mercedes a preparar-se para encerrar a temporada com mais de 200 pontos de vantagem face à rival italiana numa tremenda demonstração de força perante a concorrência.

Lewis Hamilton já celebrou o sexto título mundial da carreira e tentará agora encerrar com chave de ouro vencendo em Abu Dhabi, prova na qual surge como favorito a 2.45 de acordo com a Betclic.

Valtteri Bottas também já assegurou o segundo lugar no Mundial de Pilotos pelo que o piloto britânico não necessitará de estender a passadeira ao seu colega, logo é natural que Hamilton seja o principal candidato a encerrar a temporada no mais alto lugar do pódio nos Emirados Árabes Unidos.

Um eventual triunfo do segundo piloto da equipa, o finlandês Bottas, está avaliado em gigantescos 5.10 e tal só tenderá a ser mais realista se o colega Hamilton tiver algum problema durante a corrida que o impeça de discutir a vitória.

Ferrari presa no seu próprio lodo

Esta será uma das temporadas mais dececionantes da Ferrari em muitos anos de vida atendendo às circunstâncias.

Em primeiro lugar, porque entrou na temporada com grandes esperanças de sucesso fruto das excelentes indicações deixadas pelo seu monolugar nos testes em Barcelona, e em segundo porque a relação entre os pilotos se deteriorou de um modo imprevisto e não anunciado.

A instabilidade do carro e os constantes erros táticos da equipa também não ajudaram a apaziguar os ânimos ou a estabilizar os resultados da equipa, mas aquilo que sucedeu no último Grande Prémio do Brasil foi realmente vergonhoso e demonstrativo do caos que foi esta temporada da Scuderia.

Com os seus pilotos bem colocados para atingirem lugares no pódio na prova sul-americana, foi penoso ver o modo como os dois colegas de equipa se quiseram impor um sobre o outro, ditando um toque que os afastou a ambos da corrida e terá lesado a equipa em imensos pontos na tabela do Mundial de Pilotos e Construtores.

Neste tipo de situações não há muito que fazer por parte dos restantes elementos da equipa, no entanto, é evidente que os pilotos tiveram um comportamento inaceitável numa equipa profissional que lhes paga a peso de ouro.

Agora, em Abu Dhabi espera-se que tanto Sebastian Vettel ( 5.50 para vencer a corrida) como Charles Leclerc ( 3.25) possam dar uma resposta mais condigna com as suas qualidades enquanto pilotos, deixando para trás um triste episódio que deverá servir de exemplo para a próxima temporada, pois erros deste tipo serão muito bem aproveitados pelos seus rivais.

Max Verstappen é uma certeza e precisa de uma Red Bull à sua altura

Já não restam dúvidas de que Max Verstappen é o piloto do futuro na Fórmula Um e o modo como venceu no Brasil só o veio reforçar.

Num carro francamente inferior ao da Ferrari, Verstappen prepara-se para encerrar a temporada na segunda posição do Mundial de Pilotos confirmando que operou um pequeno milagre ao longo de 2019.

Por essa razão, é natural que o piloto neerlandês de apenas 22 anos ambicione ter um carro mais competitivo ao seu dispor na próxima temporada e tudo indica que a Red Bull Honda fará os possíveis para se aproximar das duas equipas de elite com o intuito de colocar o seu prodigioso piloto em condições de rivalizar por algo mais do que um simples segundo lugar.

Com três vitórias numa temporada onde a Red Bull esteve claramente abaixo dos seus rivais, é normal que a equipa se sinta tentada a investir mais e melhor para dotar o seu piloto de boas condições para o ano seguinte.

Na corrida de encerramento da temporada de 2019, Max Verstappen está avaliado em 4.15 nas casas de apostas em Portugal para vencer as últimas duas corridas do ano.

Outros links Apostaganha onde podes obter mais informações:

Entra no nosso canal do telegram se queres Receber todos os Prognósticos, Destaques, Tutoriais, Promos e muito mais., assina o nosso CANAL . Se queres conversar connosco também no Telegram através de CHAT.

Assiste a todos os nossos podcast e dicas de apostas no nosso canal de Youtube. Se gostas de outras redes sociais segue-nos no Instagram e Twitter.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *