Apostas Online em Portugal – Aposta Ganha

Grande Prémio do Brasil com aliciante no último lugar do pódio

Com o título sentenciado para Lewis Hamilton e o vice-campeonato no bolso de Valtteri Bottas, resta-nos assistir à batalha pelo terceiro lugar no Mundial de Pilotos numa luta que contém dois pilotos da Ferrari e um da Red Bull Honda este fim-de-semana no Brasil.

Mercedes impiedosa quase todo o ano

Quando faltam disputar apenas duas corridas na temporada e com a Mercedes a ter já adjudicado todos os lugares de topo na modalidade em 2019, é tempo de começar a fazer um pouco o rescaldo de uma temporada de sonho para a Silver Arrows.

gp-do-brasil

Desde cedo se percebeu que teríamos um Mundial altamente polarizado com a Mercedes a dominar totalmente nas primeiras corridas do ano.

Esse domínio prolongou-se durante grande parte da temporada – salvo uma série de cinco/seis corridas onde Red Bull e Ferrari ‘roubaram’ algumas vitórias – e sempre foi uma questão de tempo até vermos os títulos mundiais de Pilotos e

Construtores voltarem a cair para o mesmo lado em 2019.

Lewis Hamilton avançou para seis títulos mundiais de pilotos e certamente ambiciona tornar-se no mais titulado piloto de F1 de todos os tempos, precisando de mais um para alcançar o germânico Michael Schumacher no topo da lista, e de mais dois para se tornar no maior piloto de todos os tempos na modalidade.

Aos 34 anos de idade parece evidente que terá oportunidade de o conseguir, embora as alterações nas regras previstas para 2021 possam baralhar um pouco as suas contas. Pelo menos, tudo indica que em 2020 terá chance de ouro para alcançar ‘Schumi’ caso a Mercedes mantenha o domínio na modalidade.

Em termos de construtores, a Mercedes somou o seu sexto título consecutivo na modalidade afirmando-se cada vez mais como uma força emergente no circo da F1.

São Paulo verá desfile de campeões

O Grande Prémio do Brasil deste fim-de-semana terá pouca emoção e drama no que concerne às grandes decisões da temporada, algo que os adeptos e organizadores brasileiros lamentarão, pois, o facto de ser a penúltima corrida do ano poderia abrir portas para um espetáculo inesquecível.

Infelizmente, a superioridade da formação alemã comprometeu essa expetativa e tudo indica que teremos apenas um desfile de campeões no Autódromo José Carlos Pace ao mesmo tempo que Ferrari e Red Bull lutam pelo último lugar do pódio do Mundial de Pilotos.

Com o segundo lugar no Mundial de Construtores assegurado, a Ferrari corre pela sua honra e procura ao menos terminar no terceiro lugar do Mundial de Pilotos com Charles Leclerc gerindo uma vantagem de 14 pontos face a Max Verstappen.

Sebastian Vettel não está longe – a 19 pontos do colega – mas a necessidade de garantir pontos para o monegasco deve coibir o germânico de almejar a altos voos no Brasil, optando por funcionar como aliado do seu companheiro no sentido de assegurar uma boa posição no confronto com Verstappen.

Hamilton pode voltar a carregar no acelerador

Depois de ter feito uma corrida segura em Austin nos Estados Unidos a fim de selar o título de campeão mundial, Lewis Hamilton poderá voltar a focar-se na vitória este fim-de-semana uma vez que Bottas já não necessita de pontos para o Mundial de Pilotos.

Nesse sentido, espera-se que o piloto britânico coloque mais um carimbo no seu estatuto de multicampeão este fim-de-semana e a Betclic aponta-o mesmo como favorito com cotação de 2.15.

hamilton-mexico

O seu colega Valtteri Bottas está nos 3.40., mas após vencer nos Estados Unidos não estará propriamente ansioso por lhe juntar novo triunfo pelo que poderá dar prevalência ao seu chefe de fila.

Max Verstappen ainda sonha com o terceiro lugar no Mundial de Pilotos e está avaliado a 3.40. para vencer no Brasil, enquanto Vettel está ainda mais acima nos 5.50..

Charles Leclerc terá corrida atribulada

O jovem piloto monegasco da Ferrari terá um fim-de-semana complicado por conta da mudança de motores no seu monolugar.

Assim, terá uma penalização de dez lugares na grelha de partida e terá de ultrapassar imensos carros até chegar a posições mais condizentes com os seus pergaminhos.

Por isso, está somente a 14.00. para vencer o Grande Prémio do Brasil e é altamente improvável que possa cantar vitória este Domingo na América do Sul.

leclerc-destaque

Por outro lado, figura como favorito a estabelecer a volta mais rápida do dia a 3.00. nas principais casas de apostas uma vez que terá uma recuperação para fazer e, provavelmente muita pista livre em determinados momentos da corrida.

Com este handicap negativo, Leclerc pode ver Verstappen e Vettel encurtarem distâncias no mundial de pilotos este Domingo, e tal pode conduzir a uma ainda mais emocionante corrida no fecho das cortinas da temporada nos Emirados Árabes Unidos no final do mês.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *