Guia para mercado de cantos

Aposta Ganha / Tutoriais e Dicas de Apostas / Guia para mercado de cantos

O mercado de cantos tem vindo a ser um tema muito discutido ao longo dos anos, e continua a ser uma discussão activa, onde vários apostadores tentam perceber se será um mercado fiável, uma vez que ainda há um grupo de apostadores que acredita que o número de cantos num encontro está sempre relacionado com sorte por isso, torna-se algo imprevisível.

Guia para mercado de cantos

Contudo, vários apostadores têm vindo a contrariar esta ideia, e temos visto ao longo dos anos, no Aposta Ganha, alguns apostadores que conseguem ser lucrativos neste tipo de mercado.

Guia para mercado de cantos

O objectivo deste guia é oferecer uma base de regras que permite selecionar e estudar jogos, de uma forma mais aprofundada, de maneira a obter lucro no mercado de cantos.

Para compreender o mercado de cantos, temos de partir de duas ideias chave. A primeira, é que há um argumento válido, por parte dos que não gostam deste tipo de mercado.

Embora não concorde que o número de cantos num jogo esteja exclusivamente relacionado com sorte, a verdade é que uma equipa não tem necessariamente de procurar cantos. Um jogo é ganho pelo número de golos, e os cantos não são um objectivo.

Um canto não é mais que uma oportunidade de criar perigo através de uma bola parada. E hoje em dia, as equipas estão cada vez mais preparadas para este tipo de jogadas.

Sabem como os adversários atacam nestas situações, e tentam estar bem preparadas defensivamente, pelo que não é um tipo de jogada que seja continuadamente forçada, uma vez que se espera defesas organizadas.

A segunda ideia, vem da minha própria experiência.

O normal num encontro, é esperar 1 canto a cada 10 minutos. Esta ideia está sempre presente na minha mente para todos os encontros, seja pré-live ou em apostas ao vivo.

Esta ideia ajuda a determinar o que são muitos ou poucos cantos num encontro. Sendo que um jogo tem 90 minutos, o normal será esperar 9 cantos.

Quer isto dizer, que o ideal será procurar linhas no 9,5 e tentar não ir muito mais além.

Apostas em cantos Em jogos em que se espera um elevado número de cantos, as casas de apostas oferecem linhas mais altas, que perdem valor.

É determinante evitar entrar em linhas em que se tenha de cumprir handicaps altos.

Neste caso, evitem jogos em que se espere 2 cantos a cada 15 minutos.

Partindo destas ideias, temos uma noção óbvia do que se pode esperar em relação ao número de cantos num encontro, e quais são as linhas a procurar e evitar.

Estamos num momento da temporada nos campeonatos europeus, que é ideal para começar a aplicar este método.

Eu nunca utilizo este método numa fase inicial da temporada, pois ainda não temos muitas informações, mas após a primeira volta estar concluída, conseguimos obter estatísticas das equipas que mais ganham e concedem cantos.

O que nos resta analisar, é o que faz com que certas equipas ganhem ou cedam mais cantos do que outras.

O primeiro grande erro que observo para quem explora este mercado, é procurar equipas que são dominantes.

A análise parte da ideia que uma equipa é tão dominante sobre a outra, que irá conseguir cantos.

É uma ideia errada.

Por exemplo, em Espanha, o Barcelona é a equipa mais dominante pelo seu futebol praticado, mas em cantos, é 18º com uma média de 8.7 cantos por encontro.

Cantos Barcelona

O Barcelona ganha em média 4.8 cantos por encontro, e concede apenas em média 3.9 cantos por encontro.

A razão é fácil de perceber. A primeira regra do mercado de cantos é evitar a todo o custo equipas que joguem com um estilo de posse de bola.

No caso do Barcelona, pode até dizer-se que a equipa não tem grandes ameaças aéreas e que até bate os seus cantos curtos, mas esta tendência é presente noutras equipas com um estilo de jogo semelhante.

Equipas que praticam um futebol de posse, jogam de uma forma mais lenta, e sendo favoritos na maioria dos jogos, acabam por defender com bola, fazendo circular a mesma e atacando com velocidade baixa, chegando mesmo a finalizar com segurança, ou seja, apenas rematam quando há uma clara oportunidade de marcar golo, sendo que têm indicações para evitar perder a bola.

Não só este estilo de jogo faz com que a equipa ganhe menos cantos, dá ao mesmo tempo, menos oportunidade aos adversários de criar jogadas ofensivas, baixando o número de cantos.

Então, primeiro devemos procurar equipas que joguem de uma forma mais rápida e vertical.

Este tipo de equipas não são as equipas dominantes, são normalmente, equipas com menos qualidade técnica.

Esta falta de qualidade técnica faz com que a equipa seja mais prática, porque sabem que se mantiverem a bola durante muito tempo em posse, arriscam-se a perde-la sem criar nada.

Levante A equipa com maior média de cantos em Espanha é o Levante, com 11.55 cantos por encontro. O Osasuna por exemplo, é a 3ª equipa que marca mais cantos, em média, com 5.40 cantos por encontro.

Desta ideia, podemos adicionar várias características chave.

O ideal será não só procurar equipas que joguem de forma mais rápida, mas equipas que explorem as alas e que têm clara tendência para finalizar as suas jogadas com cruzamentos, ou que não façam muitas cerimónias para rematar.

As questões que surgem, são o que faz com que uma equipa seja mais eficaz a cruzar?

E, o que faz com que seja mais provável um jogador cortar para canto?

No primeiro caso, devemos procurar equipas com avançados alvo, fortes fisicamente e que são ameaças no jogo aéreo, porque as equipas vão sempre tentar explorar esta virtude do avançado.

Este ano o Inter de Conte é um claro exemplo.

Num sistema de 2 avançados, que aparecem de forma constante na área quando a equipa tem a bola controlada, a equipa procura muito os cruzamentos, especialmente, porque um dos avançados é Lukaku, que tem 1,91 m e 93 kg.

Não é uma surpresa perceber que o Inter é o 3º clube que em média ganha mais cantos em Itália com 6.45 cantos por encontro.

Curiosamente o 1º é a Roma, que conta com Dzeko, que tem 1,93 m. A Roma em média consegue 7.40 cantos por encontro.

Roma

Na segunda questão, há duas condições importantes. A primeira, perceber que tipo de importância tem o encontro.

Se por um lado ao analisar o mercado over/under 2,5 golos percebemos que quanto menos pressão existe sobre os jogadores, maior é a probabilidade de haver golos, aqui é ao contrário.

Quanto mais pressionados estão os jogadores, maior é a probabilidade de haver cantos.

Num de elevada pressão, os defesas evitem com maior preocupação dar erros individuais, e, portanto têm uma maior tendência para afastar a bola de qualquer maneira.

Defesas confiantes e confortáveis, evitam muito cortar a bola para cantos, preferindo cortar a bola para as linhas laterais.

Não só tem a ver com pressão.

É importante procurar equipas com defesas com fraca qualidade técnica, pois estes defesas não gostam de controlar a bola e sair a jogar sob pressão adversário, sendo que desta forma, preferem afastar a bola da zona de perigo.

Nesta aspecto, temos o exemplo do Lecce em Itália, posicionado na 17ª posição, e que concede em média 7.55 cantos por encontro.

Há também equipas que se sentem confortáveis em defender cantos, e que por isso não têm grandes problemas em ceder cantos. Em Inglaterra o Manchester United é um grande exemplo disso.

Como tem um grupo de jogadores fortes fisicamente, é uma equipa com clara tendência em cortar bolas para canto.

No entanto, isto apenas se verifica quando o United joga de forma mais recuada e em contra-ataque, ou seja, quando enfrenta as melhores equipas da Liga.

Por exemplo, no último encontro frente ao Liverpool, concedeu 11 cantos frente ao Liverpool, e curiosamente sofreu o primeiro golo de canto aos 14 minutos, o que ainda assim, não mudou a confiança da equipa em defender este tipo de bola parada.

O único problema deste mercado pode ser os limites praticados pelas casas de apostas. Mas, seguindo a lógica e sendo coerente com as escolhas dos jogos, é possível obter lucro.

Outros links Apostaganha onde podes obter mais informações:

Receba Tips exclusivas e gratuitas no canal dos tipsters Profissionais Apostaganha: PROFISSIONAIS

Entra no nosso canal do telegram se queres Receber todos os Prognósticos, Destaques, Tutoriais, Promos e muito mais., assina o nosso CANAL .

Se queres conversar connosco também no Telegram através de CHAT Clica aqui….Assiste a todos os nossos podcast e dicas de apostas no nosso canal de youtube. Se gostas de outras redes sociais segue-nos no Instagram e Twitter.

Uma Comentário para “Guia para mercado de cantos”

  • Avatar
    Valter Manuel Domingos says:

    Boas Parabens pelo artigo aborda um tema que cada vez mais acho eu vai estar no pensamento do apostador pois é uma forma de ir buscar valor em um jogo tirando os mercados ditos tradicionais.
    Já tenho feito algumas incursões por este mercado e tenho me dado bastante bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Casas de Apostas
Luckia

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Nossa Aposta

Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.

Betclic

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Bet.pt

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.

Betway

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.

ESC Online

Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.

Betano

Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.