O anúncio de que testou positivo ao novo coronavírus foi feito pelo próprio Russell Westbrook, na sua página de Instagram, numa altura em que consta que também James Harden estará a recuperar da infeção antes de se juntar à “bolha” da NBA em Orlando.

HARDEN E WESTBROOK POSITIVOS À COVID-19

Segundo Westbrook, a sua viagem para Orlando juntamente com a equipa dos Rockets não chegou a acontecer, uma vez que o teste terá sido feito antes da partida para a “bolha”.

A ausência de James Harden no seio da comitiva de Houston em Orlando, sem um esclarecimento público quer por parte do jogador, quer por parte dos Rockets, tem gerado muitas dúvidas na cidade do Texas.

Há dois dias, a Elite Media Group assegurou que o camisola 13 dos Rockets também está infetado pela Covid-19.

Nas últimas horas, surgiram notícias de que James Harden está a “sentir-se bem” e deverá viajar para Orlando para se juntar à equipa
juntamente com Russell Westbrook, assim que o parceiro estiver recuperado.

Esta é uma situação que, por certo, condicionará a preparação de Mike D’Antoni para a retoma. No dia 31 de julho, os Rockets protagonizam “derby” texano com os Dallas Mavericks, de Luka Doncic, e no dia 2 de agosto defrontam os Milwaukee Bucks, de Giannis Antetokounmpo.

JOKIC JÁ ESTÁ “BOLHA” DE ORLANDO

Depois de ter testado positivo à Covid-19 na Sérvia, após ter estado em contato com o tenista Novak Djokovic, o poste Nikola Jokic já tinha feito teste com resultado negativo no seu país. Na passada terça-feira, o “Joker” juntou-se aos Denver Nuggets em Orlando, no “resort” da Disney, naquela que terá sido uma excelente notícia para Mike Malone.

Os Nuggets ocupam, por agora, o 3.º lugar da classificação na Conferência Oeste, com registo de 43-22, a um jogo e meio de distância da vice-liderança ocupada pelos Los Angeles Clippers (que voltam à ação no dia da retoma da NBA, onde são os favoritos, por 1.83, a vencer o “derby” com os Lakers, cuja vitória surge a 1.90 na Betano).

Numa breve viagem à Conferência Este, Victor Oladipo, que já tinha anunciado a decisão de não viajar para a “bolha” da NBA, de forma a recuperar a 100% de um problema físico, parece ter mudado de ideias e os rumores apontam no sentido de o base poder vir a juntar-se, em breve, aos Indiana Pacers em Orlando.

CORONAVÍRUS COM INFLUÊNCIA DIRETA NO RENDIMENTO DAS EQUIPAS?

A realidade pandémica que o Mundo enfrenta por estes dias continua a ser uma real ameaça ao regresso da NBA e, sobretudo, à forma como as equipas conseguirão exibir-se no retorno da competição.

Que o digam os Brooklyn Nets, que foram obrigados a reformular boa parte do seu plantel, depois de verem nada mais, nada menos que oito jogadores acusarem positivo nos testes à Covid-19.

O caso mais recente foi o de Michael Beasley, jogador que só testou positivo já depois de estar ncasa “bolha” de Orlando e que até pertencia à lista de recentes adições de Brooklyn para colmatar as baixas no regresso ao ativo.

O treinador Kenny Atkinson terá muitas dores de cabeça, depois de saber que não poderá contar, além dos “astros” Kyrie Irving e Kevin Durant, com Spencer Dinwiddie, DeAndre Jordan, Taurean Prince, Wilson Chandler e Nicolas Claxton.

No seio dos Sacramento Kings, que correm por um lugar nos “play-offs” da Conferência Oeste, Harrison Barnes foi o quarto jogador a ter teste positivo à Covid-19, antes da viagem da comitiva para Orlando.

Em junho passado, Jabari Parker, Buddy Hield e Alex Len tinham sido os primeiros infetados no plantel da formação californiana.

“KING” JAMES DEIXA ALERTA

Numa fase em que as publicações no Instagram, por parte das estrelas da NBA, já se tornaram bastante frequentes, a estrela dos Los Angeles Lakers (que perderam Rajon Rondo, por lesão, para a retoma da competição) decidiu juntar-se à festa e apontou à conquista do quarto anel da sua carreira.

“É quase altura de sair do Tanque Criogénico e estar de volta para destruir quem aparecer à minha frente. Estejam atentos!”, referiu.

A formação orientada por Frank Vogel reúne a principal dose de favoritismo a sagrar-se a próxima campeã da NBA, como demonstra a cotação de 2.75 na Betano.pt. Em matéria de odds para a conquista do título, os Lakers superam a concorrência de Milwaukee Bucks (3.75) e Los Angeles Clippers (3.75).

Faltam cerca de duas semanas para o regresso oficial da época regular da NBA, numa disputa completamente atípica, devido ao preocupante cenário de saúde pública que o planeta e os Estados Unidos, em particular, enfrentam.

Adam Silver, comissário da NBA, já deixou claro que um novo cancelamento da competição está em cima da mesa, caso o aparecimento de novos casos positivos de Covid-19 dentro da “bolha”, em Orlando, se torne descontrolado.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Chat no Tegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




CASAS DE APOSTAS LEGAIS
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a apostas desportivas online.
4,0 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis com o Código Promocional: apostaga
mais Bónus no primeiro depósito até um máximo de 100 euros.
3,0 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 100€ euros.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
3,8 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.