Apostas Online em Portugal – Aposta Ganha

Ilustre lista de candidatos ao cargo de treinador do Bayern

Após a saída de Niko Kovac como consequência da pesada derrota sofrida em Frankfurt (5-1), têm sido vários os nomes associados ao cargo de novo técnico do Bayern de Munique numa lista altamente conceituada onde até consta o nome de um português…

José Mourinho pode regressar pela porta grande

Numa altura em que está prestes a completar-se um ano desde a sua saída do Manchester United, José Mourinho já tem dado várias entrevistas onde mostra a sua ansiedade e vontade de voltar a abraçar um projeto aliciante na sua carreira.

treinador do Bayern

Recentemente, falou-se na imprensa internacional que o treinador português se tinha reunido com responsáveis do Arsenal e teria ficado agradado com o projeto futuro do clube para Premier League, no entanto, como se sabe, Unai Emery continua a comandar os Gunners e só com o seu despedimento esse cenário poderá ganhar realmente força.

Ora, enquanto esperava por essa possibilidade, eis senão quando surge a hipótese Bayern de Munique. O técnico croata Kovac não resistiu aos maus resultados e exibições paupérrimas das últimas semanas e o clube bávaro avançou já para uma mudança a fim de não comprometer as suas ambições na presente temporada.

Naturalmente, José Mourinho é um nome sonante no panorama internacional e provavelmente até agradará à maioria dos adeptos do clube, embora alguns ex-jogadores e comentadores já tenham saído a terreiro no sentido de dizerem que Mourinho não tem um perfil muito adequado à tarefa.

Por outro lado, Bastian Schweinsteiger – que foi treinado pelo português em Manchester – aconselhou os dirigentes do clube a contratarem o experiente técnico português alegando que o mesmo será uma bela opção nesta fase.

Se aliarmos o histórico de conquistas do treinador português ao histórico vencedor do clube, eu diria que os dois fazem um ‘perfect match’ para atacarem todo o tipo de conquistas daqui em diante, mas, claro está, tudo dependerá da opinião do diretor desportivo Karl-Heinz Rummenigge e do presidente do clube Uli Hoeness.

Massimiliano Allegri também é opção sólida

De entre o extenso leque de opções que têm sido apontadas pela imprensa internacional, salta igualmente à vista o muito titulado enquanto técnico da Juventus, Max Allegri.

O técnico italiano fez um excelente trabalho com a Vecchia Signora, conquistando títulos na Italia consecutivamente e atingindo ainda uma Final de Liga dos Campeões, mas estará o seu habitual modelo de jogo mais defensivo formatado para uma equipa como o Bayern?

Sim, a Juve deu-se relativamente bem nesse modelo por várias temporadas, mas estarão os bávaros na disposição de passar a praticar um futebol mais calculista e menos vistoso do que estão habituados?

Sinceramente, olho com alguma desconfiança para esta possibilidade tendo em conta o ADN do clube bávaro e a sua tendência para praticar um futebol atrativo de ataque que entusiasme os seus adeptos.

Estarei com isto a negar igualmente a hipótese José Mourinho?

Talvez, mas creio que o português tem uma bagagem e histórico de sucessos que lhe poderia possibilitar alterar o ‘modus operandi’ do clube sem que fosse demasiado cobrado logo de início.

Arsene Wenger pisca o olho ao futebol alemão

Ora, se estamos a falar de futebol mais atrativo, então temos de abordar a hipótese Arsene Wenger. O ex-técnico do Arsenal está há mais de uma temporada sem treinar e certamente que anseia pelo regresso ao trabalho num clube de boa nomeada.

O Bayern de Munique – e a própria Bundesliga – parece ser o tipo de local ideal para o gaulês prosseguir a sua carreira aos 70 anos de idade.

Mesmo não indo para novo, ele continua a ter ideias positivas que favorecem o bom futebol das suas equipas, embora, como se sabe, raramente consiga tornar os seus conjuntos em máquinas de conquistar títulos.

wenger

Na verdade, Wenger privilegia o futebol bonito em detrimento do futebol eficaz, e embora isso pudesse causar impacto positivo numa fase inicial, tenho dúvidas que esse modelo resultasse a médio prazo, tendo em conta que as derradeiras fases das grandes competições costumam exigir um futebol mais prático e eficiente, do que propriamente vistoso e
espetacular.

Potencialmente, e caso o Bayern não encontre um nome forte para suceder a Niko no imediato, Wenger poderá até ser escolhido para treinar a equipa de modo interino até final da época.

No caso de as coisas correrem bem nesse período, poderá até mesmo permanecer por mais tempo, mas esta é apenas uma possibilidade que tem sido avançada.

Desejo maior terá já sido descartado

Aparentemente, o maior desejo dos dirigentes do Bayern seria Erik tem Hag que tem deslumbrado com o excelente futebol praticado pela equipa do Ajax, mas o técnico holandês já refutou essa hipótese alegando que só no final da temporada pensará numa eventual saída.

Assim, permanece a incógnita sobre quem será o próximo comandante do comboio bávaro e José Mourinho parece ir nas carruagens da frente nesta fase…

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *