Ivo Karlovic vs Peter Gojowczyk – Beijing

Aposta Ganha / Ivo Karlovic vs Peter Gojowczyk – Beijing
Sem categoria

Ivo Karlovic é um tenista croata de 35 anos, número 29 do ranking ATP. Tem uma dúzia de títulos na carreira, mas já não vence nada desde Julho de 2013 e este ano de 2014 tem sido só perder finais, foi em Memphis (Nishikori venceu), foi em Dusseldorf (frente a Kohlschreiber), foi em Newport (com Lleyton Hewitt) e em Bogotá, onde seria bi-campeão (perdeu frente a Bernard Tomic).

Em termos de jogo, é unidimensional e básico perceber como joga o gigante de 2,08m pois tudo é baseado no seu poderoso serviço que é acompanhado por quase sempre cum uma subida rápida à rede, encurtando o ponto e é imensamente normal fazer pontos com apenas uma pancada ou 2.

Tem um jogo de rede interessante, bons reflexos e gosta muito de jogar em slice e com a sua backhand apenas com uma mão. É um jogador muito ofensivo e um dos meus preferidos.

Negativamente, é um jogador que já teve algumas lesões e que vai dando algumas mostras de já não ter o andamento de anos anteriores, por exemplo há 6 anos, quando nessa altura foi 14º, a sua melhor classificação. Uma desvantagem é também caso encontre um tenista que consiga fazer bons returns e que consiga o enganar quando está perto da rede nunca o conseguirá vencer.

Peter Gojowczyk é um tenista alemão de 25 anos, número 121 do ranking ATP. Com apenas 2 títulos, venceu neste ano o challenger de Heilbronn vencendo Igor Sijsling que é um jogador de bastante qualidade na final.

Em termos de jogo, é um tenista que adora jogar do fundo do court, tem um estilo de jogo muito defensivo, adorando jogar no erro do adversário mas mesmo que o seu oponente não falhe, este consegue manter o ponto jogável, tem muita qualidade nas suas pancadas e mesmo o seu serviço, bastante estranho pois é dos poucos tenistas que gosta de atirar a bola bem alta tem qualidade.

O seu return aos serviços é muito bom e estará de estar a 100% para conseguir responder a um dos melhores servidores do circuito. Negativamente, consegue muitas vezes tornar difíceis tarefas fáceis (este ano em Wimbledon perdeu para o 359º do ranking) e muitas vezes exagera na força das suas pancadas, não tendo muito controlo perante a situação colocando demasiadas bolas demasiado largas.

Porém, este ano tem sido a sua emancipação, apesar de não ser nenhum jovem tem estado muito melhor em 2014, já bateu Tsonga na Davis Cup (1ª vez que representou o seu país) e já bateu Raonic em Halle. Enquanto qualifier, já fez 2 jogos, bateu o argentino Maximo Gonzales por 6-4 e 7-6, tendo depois surpreendido Simone Bolelli por 6-3 e 6-4.

Apesar de Karlovic estar no meu top de jogadores favoritos, vou usar o cérebro e apostar em quem mais me parece credível.

O gigante croata não joga há exatamente 1 mês, desde que foi eliminado do US Open pelo espanhol Granollers-Pujol, uma derrota que me surpreendeu bastante e é quase certo que vai acusar falta de ritmo e logo num piso onde recentemente nem está assim tão bem (5 vitórias e 5 derrotas nos últimos 10).

O alemão já parte para o 3º jogo em 3 dias, ainda não acredito que haja muito cansaço nele e a vitória frente a Bolelli para mim é o tónico perfeito que aliado às suas fantásticas capacidades de return lhe provavelmente darão a vitória sobre Ivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CASAS DE APOSTAS
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50€ euros.