Prognósticos para Apostas Desportivas Online - Aposta Ganha

Prognostico Jesse Levine v Marc Gicquel – Indianapolis

TIPSTER
295
5.7
+1.93 %
UNIDADES INVESTIDAS
SALDO
ROI

Levine: é o actual número 116 do ranking ATP

Levine é um jovem que procura afirmar-se no circuito, depois de se tornar jogador profissional. Ainda é um jogador de challangers, com poucas e fracas aparições nos quadros principais dos torneios ATP. Este ano, em piso rápido, pouco há de relevante a apontar a este jogador, aliás, os seus bons resultados são todos em terra batida e em relva (esta época). Depois de uma boa época de relva, com terceira ronda em Wimbledon e quartos de final em Newport, Levine está de volta aos hardcourts.

Começou por passar o quailifying, vencendo Mamiit pelos parciais 7-5 6-3, salvando 8 dos 10 break points que teve contra. E depois venceu Malisse pelos parciais 7-6 7-5, salvando 9 dos 12 break points que teve contra e fez 13 duplas faltas. Passado o qualifying, jogou a primeira ronda do quadro principal, onde venceu Udomchoke pelos parciais 6-1 7-6, mas onde Udomchoke fez um jogo péssimo. Levine continua a ter de sofrer muito para vencer em hardcourt, o que é estranho, dado que é nesse piso que treina, mas o registo de 8 vitórias e 18 derrotas no circuito ATP em hardcourt fala por si.

Gicquel: é o actual número 82 do ranking ATP

Gicquel é um jogador já muito experiente que sempre foi consistente no que toca a apresentar resultados. É alto, pelo que possui um bom serviço, mas também é consistente e aguenta bem as longas trocas de bola. A época em hardcourt não foi das melhores, mas ao analisar vejo que as derrotas foram apenas com jogadores bem cotados. No circuito ATP, em piso rápido tem um registo de 28 vitórias e 41 derrotas, o que não é muito bom. Ainda assim, Gicquel tem de dar tudo por tudo nesta altura da sua carreira se se quiser manter dentro do top 100.

Na primeira ronda deste torneio venceu Gulbis facilmente, pelos parciais 6-2 6-3, salvando os 3 break points que teve contra, fazendo 6 ases e apenas uma dupla falta. Mostra um serviço forte, confiança e garra. Apesar de não ser um jogador que adore os pisos rápidos, tem tudo para conseguir bons resultados.

Head to head: Nunca se defrontaram.

Conclusão: Levine tem tido muitos problemas em se afirmar como jogador profissional, pois não se consegue desprender dos challangers. No circuito ATP os seus resultados são bastante pobres e em hardcourt ainda piores esta época. Já neste torneio, apesar de não ter cedido qualquer set, Levine teve de suar muito para vencer os seus jogos, ao passo que Gicquel despachou Gulbis sem qualquer problema. O serviço de Levine está muito tremido, cometendo muitas duplas faltas, enquanto que Gicquel este sólido e nunca tremeu. Levine joga em casa e treina em hardcourt, mas mesmo assim, os seus resultados não me convencem minimamente.

Acredito que o serviço e a maior experiência de Gicquel sejam suficientes para vencer este encontro e acredito mesmo na vitória em dois sets. De qualquer maneira, vou pelo seguro e aposto em:

Prognóstico para ApostasQuotaUn.CasaEstado
Marc Gicquel
1.84
5
Betfairganha

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *