Está confirmado, é oficial e só falta a assinatura do contrato: Jorge Jesus vai deixar o Flamengo e será o treinador do Benfica na próxima época, depois de uma curta-metragem com duração de aproximadamente três semanas.

VIEIRA CEDEU ÀS EXIGÊNCIAS DE JORGE JESUS

Está encontrado o sucessor de Bruno Lage como treinador principal da equipa do Benfica, com a confirmação do regresso pré-anunciado de Jorge Jesus ao Estádio da Luz.

O treinador, que completa 66 anos na próxima sexta-feira, está, assim, de regresso ao futebol português, onde representou por último o Sporting, até junho de 2018.

O Flamengo venceu, na última quarta-feira, a segunda-mão da final da Taça Rio, contra o rival Fluminense, sagrando-se campeão carioca, naquele que foi o sexto título de Jorge Jesus no comado dos “rubro-negros”.

Nos festejos, o clima de despedida estava no ar. Dois dias depois, o Flamengo confirmou, em comunicado, a saída do treinador, ao mesmo tempo que o Benfica confirmava à CMVM o acordo contratual com Jesus para o seu regresso a Lisboa.

Entre as exigências mais prementes de Jorge Jesus, esteve o desejo de trazer praticamente toda a sua equipa técnica mais próxima, que o acompanhou rumo ao Flamengo. O presidente do Benfica cedeu e a apresentação do treinador é esperada até ao final desta semana.

Jorge Jesus de volta à casa da primeira glória

As reações ainda são poucas. O Benfica já publicou nas redes sociais posts de boas-vindas a Jesus, bem como um vídeo alusivo ao sucesso que teve aquando da sua primeira passagem na Luz.

Da parte do treinador, terá dito ao jornal Record que “esta era a altura de regressar ao Benfica”. No Instagram, Jesus publicou um texto de agradecimento ao Flamengo e à nação brasileira em geral, referindo-se com grande carinho aos 13 meses que passou no Rio de Janeiro.

TRUNFO ELEITORAL OU ESPELHO DE DESNORTE?

A pouco mais de três meses das próximas eleições à presidência do Benfica, urgia a Luís Filipe Vieira apresentar um treinador de créditos firmados, que permitisse à massa adepta e aos sócios confiar num rumo ganhador a curto e médio prazo.

A imprensa referiu o interesse da direção encarnada em nomes como Mauricio Pochettino, Unai Émery ou Leonardo Jardim, mas Jorge Jesus sempre pareceu um nome consensual, no sentido de ser uma aposta perfeitamente justificada para promover o crescimento desportivo das “águias”, que têm dado, nos últimos anos, mais importância à consolidação financeira.

Cinco anos e dois treinadores depois de ter optado por não renovar o contrato de Jesus, sobretudo por considerá-lo um treinador que não promovia a desejada aposta na formação, Vieira fez “marcha-atrás” e terá muito a explicar aos sócios do Benfica antes das próximas eleições.

Desde que Jorge Jesus saiu do Sporting e rumou à Arábia Saudita que o que não faltaram foram notícias que apontavam no sentido de um possível regresso do ex-Flamengo à Luz.

Há cerca de dois meses atrás, o rumo desportivo do Benfica parecia ameaçado, mas Bruno Lage manteve o cargo de treinador, Jesus acabaria por acertar a renovação com o campeão brasileiro e o namoro parecia adiado por tempo indeterminado.

Luis Filipe Vieira

A verdade é que Lage não resistiu à derrota na Madeira e esse tempo acabou por ser inferior a dois meses.

Jesus é um treinador de qualidade indiscutível, que amadureceu e melhorou ainda mais desde que saiu de Portugal, mas torna-se, agora, o centro de uma opção que gera dúvidas acerca do (des)norte que guia o Benfica ao nível da gestão.

Segundo o jornal ‘A Bola’, o Benfica irá gastar qualquer coisa como 25 milhões de euros para poder contar com o treinador da Amadora durante três anos.

GERSON E BRUNO HENRIQUE A CAMINHO DA LUZ?

Desde que se tornou pública a iminente contratação de Jorge Jesus pelo Benfica que vários nomes do futebol brasileiro começaram a ser apontados ao vice-campeão português.

Alegadamente, o treinador quer poder contar com dois jogadores com quem trabalhava no Flamengo: Gerson e Bruno Henrique. Duas das principais figuras da conquista do Brasileirão e da Copa Libertadores. Mas não só.

Nas últimas horas, foram dadas a conhecer alegadas negociações para a contratação de Lucas Veríssimo, defesa-central brasileiro do Santos, por quem o clube paulista já terá recebido uma proposta a rondar os 5 milhões de euros, proveniente dos italianos da Sampdoria.

PORTUGUESES NA LINHA DE SUCESSÃO NO FLAMENGO

Segundo o GloboEsporte, os treinadores Leonardo Jardim e Marco Silva estão a ser cogitados pela direção do Flamengo tendo em vista a sucessão de Jorge Jesus no comando técnico da equipa carioca.

Nomes que se juntam aos de Marcelo Gallardo (River Plate), Miguel Ángel Ramírez (Independiente del Valle) e Domènec Torrent (New York City), para manter a equipa do Rio no topo do futebol brasileiro e a continuar a lutar pela revalidação na Libertadores.

 

Gostaste do nosso conteúdo?
Então regista-te no nosso canal do Youtube. Entra nas nossas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ainda tens o nosso Chat no Tegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




CASA DE APOSTAS
3,8 rating
10€ Gráris mais 200% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 50 de euros.
3,5 rating
5€ Grátis com o Código Promocional: apostaga
mais Bónus no primeiro depósito até um máximo de 100 euros.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,3 rating
Não tem bónus de Boas vindas para a postas desportivas online.
3,5 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito aposta sem risco até 50 euros.
3,3 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 50% até um máximo de 50 euros.
4,0 rating
Bónus de Boas Vindas para o primeiro depósito de 100% até um máximo de 100 euros.
4,3 rating
Freebet de 10€ mais 100% de bónus sobre o valor do seu depósito até um máximo de 250 de bónus.
4,5 rating
Aposta de 5€ Grátis com o Código Promocional: APOSTAGANHA1 mais 50% de Bonus até um máximo de 50 euros.