Prognósticos para Apostas Desportivas Online – Aposta Ganha

Juventus e Atletico reatam rivalidade da época passada

A Juventus produziu uma das reviravoltas mais sensacionais da Liga dos Campeões na época passada quando inverteu uma desvantagem de dois golos graças a um hat-trick de Cristiano Ronaldo para seguir para os quartos de final da prova. Agora, é tempo de desforra para Los Colchoneros, ou irá a Juve infligir mais sofrimento em Diego Simeone?

Derrota anunciada para o Atlético

Sim, o Atlético havia vencido as suas três primeiras partidas na Liga Espanhola, no entanto, o modo como as havia conseguido tinha sido tudo menos convincente com três resultados tangenciais e uma boa dose de sorte acumulada.

Juventus e Atletico reatam rivalidade da época passada

Este fim-de-semana, no Anoeta, o Atlético perdeu por 2-0 frente à Real Sociedad e comprovou que ainda está longe de ser aquela equipa de outrora, altamente consistente do ponto de vista defensivo e muito matreira na exploração dos espaços concedidos pelos adversários.

O técnico Diego Simeone foi o espelho do descontentamento nesse duelo, operando duas substituições antes da hora de jogo, porém tal não surtiu efeito e a derrota foi mesmo inevitável.

João Félix teve uma exibição para esquecer, tal como Thomas Lemar, ex-Mónaco, e existe a possibilidade de o treinador argentino proceder a algumas alterações para o embate diante da Vecchia Signora.

Apesar da recente derrota frente à Sociedad, o Atlético surge como favorito para bater a Juventus na estreia no Grupo D com cotação de 2.45 na Betano.

Álvaro Morata e Vrsaljko devem ser baixas na equipa Colchonera para o duelo.

Juve de Sarri ainda não convence

Se o início de época do Atleti não tem sido propriamente convincente, a Juve também não está melhor com duas vitórias tangenciais e um empate em Florença no passado fim-de-semana.

E se o triunfo em Parma foi merecido, o mesmo não poderemos dizer do afortunado triunfo caseiro sobre o Nápoles ou do empate frente a uma Fiorentina que dominou e criou boa parte das oportunidades de golo do desafio.

O técnico Maurizio Sarri parece estar ainda a tentar impor as suas ideias, no entanto, é provável que tal possa levar o seu tempo visto que a equipa precisa transitar de um sistema de jogo baseado na solidez defensiva para outro muito mais formatado para um futebol atrativo de ataque.

sarri juve 2

Este duelo com o Atlético de Madrid será uma boa ocasião para ambas as formações testarem a sua real valia no momento atual e ao mesmo tempo identificarem os aspetos a corrigir para o futuro próximo.

Estamos numa fase inicial da temporada e a equipa de Cristiano Ronaldo está muito a tempo de assentar as suas ideias e tornar-se numa séria ameaça na luta pelo título da Liga dos Campeões.

Para o embate no Wanda Metropolitano desta quarta-feira, a Juventus corre por fora na condição de ‘outsider’ com tentadoras cotações de 3.25 nas principais casas de apostas em Portugal.

Dois candidatos em formação

Atleti e Juve têm andado perto do título europeu em épocas anteriores com os espanhóis a perderem duas finais para o eterno rival Real Madrid e a Juventus a perder outras duas para Real Madrid e Barcelona.

De certo modo, e embora ambas as formações atravessem processos de reformulação, é natural que voltem a lutar por altos voos na presente temporada, sendo que a Juventus surge como quinta favorita ao título a 11.00 na Bet.pt, enquanto o Atlético se cifra nos 21.00 na condição de oitava equipa melhor cotada na lista de candidatos ao título.

cr7 celebrando

Ainda assim, nenhuma delas se deverá distrair em demasia nesta fase de grupos, pois o Bayer Leverkusen pode revelar-se um osso duro de roer e suscetível de baralhar as contas do grupo quanto à qualificação para a fase seguinte.

O Lokomotiv de Moscovo de Éder e João Mário parece ser o elo mais fraco do grupo, embora os jogos disputados na Rússia possam ter dificuldades acrescidas por conta da temperatura e das horas de viagem.

No Grupo D, a Juventus é favorita a sair com o primeiro lugar a 1.60 enquanto o Atlético de Madrid ronda os 2.50 na ESC Online, já o Bayer Leverkusen está acima de 10.00e certamente ficaria satisfeito com um segundo lugar.

Ronaldo procura recuperar o trono na Champions

O atacante português Cristiano Ronaldo deixou fugir o título de melhor marcador da Liga dos Campeões na época passada após três épocas consecutivas no trono, e agora tentará recuperá-lo a Lionel Messi, que na época passada se destacou pelos Blaugrana até à hecatombe sofrida nas meias-finais da competição em Anfield.

Mas é o argentino quem sai na linha da frente de acordo com a ESC Online, que o avalia em 4.90 para defender com sucesso o seu estatuto de goleador máximo da competição.

CR7 comanda o grupo de pretendentes com cotação de 5.70, mas existe um enorme rol de outros potenciais sucessores como Sergio Aguero, Mohamed Salah, Raheem Sterling, Harry Kane, Kylian Mbappé ou até mesmo o rejuvenescido Neymar (23.50).

Com tanto talento em cena, há algo que parece garantido: golos não irão faltar nesta edição da Champions League!